28/03/2014

Drops de gengibre

> 85 x 3,5 bilhões

oxfam

Reportou a Forbes, citando a Oxfam International, uma ONG de combate à pobreza, que “as 85 pessoas mais ricas do mundo têm uma fortuna equivalente à metade planeta”, ou seja, se 3,5 bilhões de pessoas juntassem todo o seu dinheiro empatariam com os 85 biliardários cuja fortuna soma US$ 1,7 trilhão.

linha

> A Índia é aqui

estu

Chocou o mundo a onda de estupros coletivos na Índia em meados do ano passado. Muito mais chocado ficou o mundo quando alguns congressistas e lideres espirituais indianos pronunciaram-se culpando as vítimas dos estupros, porque se vestiam inadequadamente.

Pesquisa do Sistema de Indicadores de Percepção Social, divulgada pelo Ipea ontem (27), revela que a maioria da população brasileira acredita que "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas" e que "se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros".

Portanto, meninas, contribuam com a diminuição de crimes de estupro: saiam vestidas de freiras.

Abaixo um quadro sumário da pesquisa sobre o assunto:

Shot011

Atualizado em 04.04.14 às 21:58:

O IPEA publicou errata retificando o primeiro item da pesquisa. Para ler a errata clique aqui.

linha

> O errático STF

pesos

O STF, ontem (27), decidiu que a renúncia do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG), um dos envolvidos no mensalão tucano, remete o seu processo, que já havia recebido alegações finais, à 1ª instância.

No caso Azeredo, o STF foi absolutamente legalista: cessado o mandato extingue-se o foro privilegiado, não importando o estágio do processo.

Em outras diversas ocasiões, o STF tem fechado os códigos e decidido conforme os ventos que a imprensa sopra, ou seja, hora o STF é legalista, hora o STF é imprensionista.

8 comentários:

  1. A fotografia do post sobre estupro é preconceituosa. Todos sabemos que homens de mãos tratadas e unhas aparadas também estupram. Belém tem gente importante metida nesse crime mas, que foi inocentada com $$$$$$. Se a ideia da foto é mostrar que o homem suja a mão ao estuprar, a mão poderia ser fotografada de outra maneira.

    ResponderExcluir
  2. Se você é contra o estupro, bem-vindo à minoria!

    ResponderExcluir
  3. O único caso em que o STF manteve o processo após a renúncia foi no Donadan que renunciou na véspera da sessão de julgamento

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o Anonimo das 7:43...existem de todas as mãos...me parece que estamos regredindo...nunca senti este país chamado Brasil...tão preconceituoso e violento...chega a dar medo!

    ResponderExcluir
  5. Ismael Moraes28/03/2014 17:31

    Desci ao comentário para dizer exatamente algo como disse o 1º Anônimo. Geralmente o estupradores pobres - e com as mãos embrutecidas - são aqueles que ainda são punidos, diferente dos mais perigosos, protegidos pelo anonimato da impunidade.

    ResponderExcluir
  6. O Brasil e nçao se outras nações são assim, mas aqui em nosso país, a justiça não está de olhos vedados, muito menos com os olhos abertos, ela é caolha. Com licença da expressão: " no Brasil a justiça é para pobre, preto, puta e petista

    ResponderExcluir
  7. Uma contribuição, deputado Parsifal:

    "A violência contra a vagina é disseminada no cotidiano, dentro de casa, no trabalho, no percurso entre a casa e o trabalho, em todos os espaços, mesmo os de lazer. As mulheres estão tão habituadas a ela desde que nascem que já a internalizaram como “normal”. Ou reagem muito menos do que deveriam, resignadas por uma vida inteira de agressões tão corriqueiras que fingem não ligar. Que neste contexto ainda consigam ter desejo sexual e prazer com suas vaginas é um tanto impressionante."

    http://brasil.elpais.com/brasil/2013/12/09/opinion/1386595765_588331.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, pela contribuição. Acabo de ler e está ótimo. Vou fazer uma postagem sobre o assunto.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.