31/01/2014

IASEP: caixa zerado?

Shot010

11 comentários:

  1. Aposto um mes de fatura do PAS Que aquele hospital da Humaita vai receber tudo como sempre,e ate a mais por estar atendendo sozinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FELIX JUNIOR01/02/2014 17:15

      Meu caros parceiro do blog Parsifal, já me manifestei aqui inúmeras vezes sobre o IASEP, e não irei de me furtar de colaborar de novo com a questão , mesmo sabendo que os poderes constituídos viraram as costas para os contribuintes pagadores dos seus salários, me sinto no dever de propagar que o ex-gestor KLEBER MIRANDA , é irmão do Pres. da ALEPA DEP. MARCIO MIRANDA, esse ex-Gestor foi secretario de Saúde de Castanhal, é condenado por desvio de recurso da referida secretária, não foi atoa que o ref. deputado MARCIO MIRANDA substituiu o irmão do IASEP, AS ELEICOES estão próximas, e o mesmo não pode corre o risco de estourar um escândalo, o que fez a dupla , colocaram a IRIS pra que continuasse a roubalheira, mais o povo do PARÁ vai responder aos mesmo da mesma forma que castanhal respondeu, e aqui fica o aviso vamos distribuir os panfletos alertando quem é esse cidadão que está em nossa terra só para roubar nosso dinheiro , não vamos permitir e vc que ler esse texto ajude a propagar quem é esse dep. MARCIO MIRANDA, vamos usar as armas que temos que a propaganda boca boca, vamos avante !!!!!!!

      FEKIX JUNIOR

      Excluir
  2. Meu irmão - dependente do IASEP - ficou ois dias esperando uma cirurgia no SAude da Mulher. Não deixaram voltar para casa pois assim ele perderia vaga. Nesse interim, não deram um medicamento para ele, apenas a refeição, nem fizeram exames preliminares ou algo que jutificasse sua estadia antes da cirurgia, sujeitando-o ao risco de infecção hospitalar. Questionei o procedimento, pois ele poderia fazer isso em casa. Desconfio que cobraram duas diárias a mais sem necessidade. Acho que o Iasep está sendo roubado, assim como roubam o SUS. A medicina é só bussiness, não vai ter resuuso suficiente para tanta ganância. Sou a favor de uma auditoria até nos prestadores de serviços.

    ResponderExcluir
  3. Parsifal;

    ========== REGISTRO ==========

    Em 1º de fevereiro de 2.014, quero registrar no seu blog uma consideração pessoal sobre a necessidade de uma perícia séria e rigorosa no prédio da Nova Santa Casa; caso seja possível, gostaria que a mesma coisa fosse feita por você na ALEPA. Não se trata de intriga política e muito menos daquilo que as oposições na política às vezes tratam como "quanto pior melhor".

    I. Qualquer pessoa que suba até o 7º piso da UMI Dr. Almir Gabriel vai achar estranhíssimo a vibração constante que se sente debaixo dos pés, principalmente no meio do prédio. Talvez por causa destas vibrações já estejam ocorrendo rachaduras e infiltrações neste piso, e o próprio governo assumiu que durante um temporal os internos tiveram de ser transportados para outro local.

    II. Não existe iluminação de emergência no bloco da escada (me refiro àquelas automáticas); durante as frequentes interrupções de energia elétrica (várias vezes ao dia) os elevadores param e descer pela escada é algo muito difícil pois não existe uma única luminária de emergência. Fica tudo em trevas. Não é difícil imaginar o que poderá acontecer numa emergência com pânico geral, havendo desligamento geral da rede - inclusive dos geradores de reserva.

    III. A planta elétrica trabalha forçada, principalmente na climatização. Um superaquecimento já foi registrado com muita fumaça escura e princípio de incêndio.

    IV. Placas do forro da laje que abriga a entrada principal estão soltando em quatro lugares; e até agora tudo o que fizeram foi prender com fechos de plástico (os quais estão visíveis para quem olha da rua). A queda de uma dessas placas sobre os usuários do hospital, é apenas uma questão de tempo.

    Para que depois não digam que não sabiam, fica registrado.

    ===============================

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação. Na segunda colocarei no FrontPage.

      Excluir
    2. Vibração gera fadiga de material então AFIRMO o prédio vai cair!

      Excluir
    3. Vibração gera fadiga de material, AFIRMO o prédio vai cair . se hoje ou amanhã vai depender apenas da intensidade, com a palavra o Dr. "DUDU" Presidente do Crea/Pa

      Excluir
  4. E o IGPREV deputado? Dizem que também está um buraco só. Contam que vários órgãos do governo descontam dos servidores mas não repassam. Na ALEPA, por exemplo, tem servidor que quando pede o seu direito do Abono Permanência, tem negado pela Procuradoria. A desculpa é bizarra: o impedimento é por conta do PCS. Como assim? O Abono Permanência é uma Lei Federal. Daí o Plano da ALEPA fica lá embaixo, certo? Homens com 35 e mulheres com 30 anos de contribuição deixam de recolher para a previdência. Se mudou me explique como, por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho conhecimento de mudanças na legislação do igeprev. Vou verificar.

      Excluir
  5. O atendimento de urgencia é uma porcaria pelo iasep,a dois anos atras meu filho de 3 anos quebrou o braço e teve que dormir de braço quebrado em casa pois no saude da mulher nao tinham medicos ortopedista de plantão as dez da noite...pela manha tive que ir ao PSM e ele foi encaminhado para o maradei,pelo SUS...
    Fim de ano agora estava em tucurui...e minha filha de dois anos teve uma crise de alergia e apos rodar em varios locais,e nenhum atendia o IASEP,o unico medico que atendia,não estava na cidade,tive que desenbolsar 250 reais e pagar uma consulta particular para minha filha...e pergunto,para que pago essa porcaria?E não é pouco não,más de cem reais..
    E para findar,o unico hospita infantil que atendia decentemente crianças em belém,cansou de pegar calote e não atende mais o IASEP,é a clinica do bebe da mundurucus com a generalissimo...Agora só no matadouro da mauriti,chamado mamaray....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, servidor público estadual em Tucuruí paga Iasep pra nada!
      Se quiser usar tem que ir para Belém.
      Para uma cidade com 100 mil habitantes, é quase uma aberração.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.