20/01/2014

A Mão de Deus

mao

A imagem acima foi capturada pelo Telescópio Nuclear Espectroscópico (NuSTAR), da Nasa: trata-se de uma nuvem de partículas e radiação formada após a explosão de uma estrela, localizada a 17 mil anos-luz de distância da Terra.

Devido à forma de uma mão humana, a equipe do NuSTAR denominou a formação de “A Mão de Deus”.

A estrela que explodiu tem mais de 10 vezes a massa do Sol. Após a explosão, um corpo dessa magnitude passa a se chamar supernova.

Os detritos da explosão formam um pulsar, cujo campo gravitacional é mais de 1 bilhão de vezes maior que o da Terra, portanto, se você for viajar para essas plagas siderais, por questões de segurança, não se aproxime a menos de 10 ano luz disso, ou será sugado.

Um comentário:

  1. E se o pessoal de lá quiser dar um rolezinho por aqui, vá tirando o cavalinho da chuva: o aeroporto de Belém é inseguro, conforme reconhece o governo brasileiro.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.