12/04/2017

Todos os ex-presidentes foram citados como tendo recebido “vantagens indevidas” da Odebrecht

Shot004

As delações de ex-executivos da Odebrecht trazem uma peculiaridade única que está repercutindo no Brasil e no exterior.

No sentido horário, na fotomontagem acima, no sentido horário, os ex-presidentes José Sarney (PMDB), Fernando Collor (PTC), Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT), todos citados nas delações premiadas dos executivos da Odebrecht e todos responderão a inquéritos.

Dos citados acima, apenas Collor consta na Lista de Fachin e responderá a inquérito no STF, porque é Senador e tem foro privilegiado.

Os demais não estão na lista porque não têm cargo que os garanta o foro do STF, portanto o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, remeteu os pedidos de inquérito feitos pela Procuradoria-geral da República para a instância inferior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.