06/02/2017

Eike Batista: do luxo ao lixo

Shot 005

Embora Eike Batista seja hoje anunciado como um “quebrado”, ele ainda acumula uma fortuna estimada em R$ 502,4 milhões, o que não é “nada” comparado aos R$ 80,7 bilhões que o colocavam como o oitavo homem mais rico do mundo, quando ele vivia o auge do império X, mas para os padrões nacionais pode ser considerada uma fortuna de médio porte. 

A derrocada financeira de Eike Batista foi meteórica porque a sua fortuna foi valorizada por uma narrativa bem engendrada, em um delírio publicitário que se confundia com o próprio orgulho nacional.

O problema da narrativa delirante é que o marketing, seja ele de governo ou empresarial, mais dia menos dia se encontra com os fatos e esse encontro, para Eike, ocorreu cedo demais, sem lhe dar o tempo suficiente que a maioria precisa para fazer com que os fatos se pareçam com a narrativa.

A derrocada pessoal de Eike, todavia, é mais trágica que a sua queda nos rankings da Forbes: tão rápido quanto a sua fortuna evaporou, ele saiu do luxo que ela proporcionava para uma cela de cadeia.

A Folha de S. Paulo compilou a quantas anda o portfólio empresarial que Eike criou. A maioria da empresas X foi vendida. Algumas, mesmo depois de compradas, continuam em recuperação judicial.

01

Como estão as empresas X?

4 comentários:

  1. Bom dia..boa semana..tínhamos a mesma opinião a respeito desse senhor, só não sabíamos dos crimes cometidos....enfim.....quem restará no meio empresarial e político depois do tsunami da lava jato, quem?

    ResponderExcluir
  2. Nº 26, segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017 ISSN 1677-7069 101 COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    AVISO DE ANULAÇÃO PREGÃO Nº 1/2017
    Fica anulada a licitação supracitada, referente ao processo Nº
    2835/2016. Objeto: Pregão Eletrônico - Serviços continuados de fornecimento
    de mão de obra de telefonista, copeiro, garçom, recepcionista,
    auxiliar de almoxarifado e porteiro, de acordo com o termo
    de referência e demais condições estabelecidas no edital e seus anexos.
    INES DE FATIMA RAMOS ALVES
    Pregoeira
    (SIDEC - 03/02/2017) 399005-39814-2017NE243100
    AVISO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO
    Processo nº 250/2017 - Companhia Docas do Pará - CDP. Fundamentada
    no Artigo 26, da Lei nº 8.666/93 e alterações, foi autorizada
    a dispensa de Licitação para contratação do Escritório de
    Advocacia Afonso Arinos & Advogados Associados, para prestação
    dos serviços técnicos profissionais especializados de advocacia preventiva
    e contenciosa com prestação judicial, extrajudicial e de orientação
    e assessoramento nas áreas trabalhista e previdenciária com
    atuação em qualquer foro, juízo, instância, tribunal, repartições pú-
    blicas, cartórios, pessoas de direito público, TRT 8ª, TRT 14ª e TRT
    18ª Região, incluindo os Tribunais Superiores - STF, STJ, TST, Tribunal
    Regional Federal da 1ª Região, TJDFT visando atender aos
    processo e casos inerentes à Companhia Docas do Pará - CDP, pelo
    período de 180 (cento e oitenta) dias, no valor mensal de
    R$20.000,00 (vinte mil reais), de conformidade com o estabelecido
    no art. 24, inciso IV, da referida Lei.
    Belém, 3 de fevereiro de 2017.
    PARSIFAL DE JESUS PONTES
    Diretor Presidente Á INVERJA E UMA MERDA...!! IGUAL A QUE CARREGAMOS DENTRO DO EGO ?

    ResponderExcluir
  3. O Eike Natista ficou mais triste em aparecer na televisão, em cadeia nacional, no Fantatico, sem peruca, calçando uma chinela de dedo, e vestindo uma camiseta de malha simples, do que de ser preso.

    ResponderExcluir
  4. Ronaldo Gomes06/02/2017 23:10

    Será que existe alguma vertente da psicanálise que explica a ideia fixa de um anônimo, que insiste em transformar esse espaço em mural de pregões?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.