24/01/2017

Gravador de áudio do King Air está intacto e evidências apontam perda de controle de voo

Shot003

Cai por terra mais uma conveniência da teoria da conspiração envolvendo o King Air do Grupo Emiliano: o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) declarou que “o gravador de áudio do avião” está intacto e os últimos 30 minutos de voz – tempo máximo que esse tipo de equipamento arquiva – estão recuperados.

Aliás, foi a primeira vez que li o termo correto para o equipamento: “gravador de áudio”. O King Air sinistrado, assim como toda aeronave do seu porte, não comercial, não tem “Caixa Preta”, como vem se referindo a imprensa, ao artefato. Caixa Preta, além do áudio, grava os dados da navegação e o comportamento dos equipamentos de voo.

E as conversas registradas, oficiosamente reportadas pela Folha de S. Paulo, também deitam ao chão as conveniências da conspiração: o piloto não reporta problemas, limitando-se a coloquialidades e, por mais de uma vez, observando o mal tempo. Em certa altura, inclusive, afirma, “que vai esperar a chuva diminuir antes de pousar”. E eu já disse aqui que pousar um King Air, em pista sem instrumentos, sem copiloto, em mal tempo, é uma roleta russa.

Reporta a Folha ainda que, “na avaliação de técnicos do Cenipa o teor aponta, em caráter preliminar, que o piloto pode ter perdido o controle da aeronave, levando-a ao choque com a água”.

Caso se confirme o teor preliminar, se ratificará o que eu postei aqui desde o início e a conclusão virá sob a sigla LOC-I, o fatídico “Perda de Controle em Voo”.

Vou mais longe ao sugerir, com base nas evidências, que o LOC-I se deu por estol de asa, pois a imagem da ponta da asa esquerda espatifada indica que foi ela quem tocou primeiro a superfície do mar e tal tipo de inclinação, em queda, só acontece em estol transversal, ou seja, de asa, quando a aeronave estolada gira longitudinalmente no seu eixo transversal, o famoso “giro da morte”.

Veja abaixo, em um vídeo de um estol de asa em procedimento de pouso, quando a aeronave gira e perde imediatamente a sustentação.

E nesta circunstância, na altitude em que se encontrava a aeronave, em procedimento de pouso, é impossível retomar o controle de pilotagem, pois, como já escrevi aqui, só Deus consegue revogar as leis da física.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.