03/12/2016

Com recursos do erário

Shot 004

Eis aí O Liberal acusando o procurador-geral de Justiça do Estado do Pará, de fazer campanha eleitoral, para eleger o seu sucessor, “com recursos do erário”.

Políticos também costumam fazer isso, mas no caso do políticos, a prática é crime eleitoral, improbidade administrativa, peculato, corrupção ativa et caterva, e o Ministério Público referente, que antes mandava primeiro um oficial de justiça citar, agora já manda a polícia para prender e perguntar depois.

Mas longe de mim querer sugerir alguma coisa para acabar com a lambança, pois tudo o que eu sugerir pode ser interpretado como tentativa de acabar com a Lava Jato.

5 comentários:

  1. Depois querem que a população vá as ruas para defendê-los!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito. É isso mesmo. Sem contar que o pau que bate em Chico não bate em Francisco. Que motivos levaram o Ministro Gilmar Mendes só agora contestar o juiz Moro?

    ResponderExcluir
  3. O "napoleão-de-hospício" é uma "metástase" do esquema de poder de Simão Jatene que vem tentando corromper o MP há alguns anos, em associação com as outras "metástases" no TJ-PA. O remédio não é podar o MP e sim fazer uma quimioterapia e radioterapia para livrar o Pará dessa turma. O seu amigo esteve bem perto disso mas...

    ResponderExcluir
  4. Francisco Màrcio05/12/2016 13:14

    Dr. Parsifal, V.Exa que é "assim com os homens"... Explique a esse plebeu: o Governo do Estado e a Prefeitura de Belém ficaram, assim, não mais que de repente tão ruim ou foi a TV e o Jornal Liberal que contrataram um editor mais crítico? Ou seria um alinhamento com seu grupo, visando 2018?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “Tão ruim”, toda administração pública brasileira, em todos os níveis, é, pois, o nosso sistema ainda cheio dos ranços das edições manuelinas, faria de Mr. Galbraith, apenas um gestor razoável, caso ele fosse contratado para gerir qualquer gerigonça pública em Pindorama.
      Quanto a O Liberal, a resposta não está em nenhuma das opções sugeridas, eles estão apenas cobrando faturas atrasadas.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.