20/04/2016

O Baile da Ilha Fiscal

Shot 001

Assim como a monarquia brasileira realizou o mais luxuoso baile do Império (Baile da Ilha Fiscal) com a República fungando nos seus calcanhares, em pleno fervilhar do impeachment a presidente Dilma Rousseff resolveu fazer-se à Nova York.

O motivo oficial da viagem, que decola amanhã (21) e pousa de volta no domingo (24), é participar da cerimônia de assinatura do Acordo de Paris sobre Mudança do Clima, na ONU.

Inobstante, a verdadeira motivação da viagem, que já tinha sido descartada por Dilma anteriormente, é a sustentação dos seus auxiliares próximos, que foram, aliás, responsáveis por boa parte da sua débâcle, de que Dilma tem que ir “para denunciar o golpe à imprensa internacional” e defender o seu governo na ONU. 

Como dizia a minha avó Ciló, essa é mais uma “ideia de jerico” que em absolutamente nada vai ajudar a presidente no Brasil. Antes porque a imprensa internacional está toda aqui, acompanhando o desfecho do impeachment, e diariamente repercute no mundo os eventos, e é improvável que o Conselho de Segurança da ONU vote uma resolução para invadir o Brasil, destituir o Congresso e o STF, devolvendo o poder à Dilma. 

Depois, a tática prejudicará ainda mais Dilma no que ela precisa: votos no Senado. O “golpe”, agora, está sendo processado pelos senadores da República, ou seja, Dilma vai a Nova York esculhambar quem ela poderia estar tentando conquistar, para mantê-la no Palácio do Planalto.

E, de saldo, sobra bílis para o Supremo Tribunal Federal, que tem ratificado todos os momentos do impeachment e, mais particularmente agora para o presidente da Corte, Ricardo Lewandowski, que deverá presidir, a partir da votação do parecer da Comissão Especial, prevista para a primeira quinzena de maio, as sessões do Senado que julgarão Dilma Rousseff.

Como dizia o meu pai, assim o boi não dança...

15 comentários:

  1. Francisco Màrcio20/04/2016 20:44

    Seu chefe anda divagando os dizeres do pai de Vossa Excelência, segundo a Folha, seu chefe citou: " Catitu fora do bando, vira comida de onça"- para justificar o desembarque do seu pupilo do Governo Dilma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz parte do nosso estoque de frases comuns. Segundo ele, o pai dele também usava o dito, que era muito usado no baixo e alto Tocantins.

      Excluir
    2. Eu acho q foi tudo combinado o PMDB sempre foi traidor

      Excluir
  2. Bobagem não tem como uma pessoa séria conquistar maioria de votos em uma assembleia de malfeitores liderada por corruptos em que se tornou (ou se revelou) o Congresso Brasileiro, o jogo é de cartas marcadas e todos conhecem o resultado, qualquer idiota sabe que o governo está ferido de morte, o que resta é resistir até o fim, não facilitar a vida dos golpistas, criar situações para Temer e devolver o presente da ingovernabilidade à oposição quase governo, que agora tem o telhado de vidro, e que telhado de vidro, um governo ilegítimo com um presidente sem voto, pessimamente avaliado antes mesmo de assumir em meio à uma crise econômica interna e global. Agora é dançar em cima de um governo que já nasce moribundo e com o PSDB em queda livre esperar 2018 com o ''Melhor presidente que o Brasil já teve'' de acordo com as pesquisas.
    É isso aí, um dia da caça e outro do caçador. Ao lulopetismo sedento de vingança somado às esquerdas e movimentos sociais preocupados com perdas de direitos se unirão em manifestações os coxinhas e cidadãos sérios e decepcionados em ver que foram ludibriados, assim como os fascistas que sonham com Bolsonaro presidente. O Gênio do mal está à solta e não tem mais como o enfiar de novo na garrafa.
    É justo devolver ao Temer, ao Cunha e ao PSDB o presente da ingovernabilidade e a execração pública. Sem dúvida o PT é bem mais eficiente como pedra do que vidraça e o PT terá à sua disposição uma imensa pedreira, a mesma que foi usada contra ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, vc que escreveu tanta asneira, é melhor pegar essa garrafa cujo gênio está perambulando por aí e enfiar no redator, como castigo, ou será prêmio.

      Excluir
    2. Quando constatamos a "educação" dos fascistoides e as suas grosseiras e patéticas tentativas de ofender quem tem a audácia de ter e expor idéias próprias, não segue a manada e não se esconde na covardia do anonimato, percebemos que estamos certos em nosso ponto de vista, e constatamos mais uma vez a sabedoria de Jesus contida no EVANGELHO – Mt 7, 6. Por isso vamos seguir o conselho bíblico encerrando o assunto neste ponto. Um abraço!!!

      Excluir
    3. Va ai da Folha de Tucurui: Vc esta coberto de razão.

      Excluir
  3. Vingança, doce vingança, que pode até fazer mal, mas como um bom Whisky e um bom charuto dá um grande prazer. Não quero ir ao inferno, mas se for quero ir na companhia dos meus inimigos, pois seu sofrimento será um bálsamo para os meus...

    ResponderExcluir
  4. Acredite se quiser. Olha o que um dos parceiros de Temer disse:
    Romero Jucá @romerojuca Porque a postura do governo e da presidente Dilma no fundo está comprometendo a imagem do país
    --------------------------------
    Se não é golpe...porque a preocupação?
    ---------------------------------------------
    Se o golpe passar, vai ser bonito ver a maioria do plenário da ONU se retirar na hora do discurso do Temer. Se o representante dos EUA ficar no plenário da ONU para o discurso do Temer, denunciará mais ainda que os EUA estão por trás do golpe
    ------------------------------------------
    Existe uma preocupação muito grande nesse momento. Se o golpe passar, é possível que vários países boicotem a Olimpíada. Vale lembrar que estão previstas as presenças de cerca de 60 chefes de Estado nos Jogos. Entre eles os mandatários da França, François Hollande; da Alemanha, Angela Merkel; da Rússia, Vladimir Putin; e do Reino Unido, David Cameron. Além deles, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também deverá vir ao Rio. Se um desses chefe de Estado apertar a mão de Temer ou de quem Temer designar, estaria concordando com o golpe? Qual será o comportamento de Rússia, China, Índia e Africa do Sul, todos dos BRICS, na Olimpíada sob um governo golpista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bebeu, mau amigo. Os países que podem boicotar alguma coisa seriam Venezuela e Bolivia. olhe lá.

      Excluir
    2. Osorio ...se o tempo te permitir,verás. porque gaga tá claro q estas.

      Excluir
  5. o bom disso tudo é que agora tenho argumento pra não votar .meu voto não vale nada mesmo, um bando de velhaco safados e ladrões me tiraram até isso.

    ResponderExcluir
  6. Como disse uma vez a Marta Suplicy: No caso do estupro inevitável, relaxa e goza... Eu acrescentaria neste caso: Relaxa, goza, bate panela e vai pra rua, só que desta vez com razão e pelo motivo certo já que cairão as mascaras e já dá para identificar sem erro os verdadeiros meliantes...
    Tenha coragem, denuncie o golpe ao mundo e chuta o pau da barraca querida!!!

    ResponderExcluir
  7. Pelos meus filhos, pela minha família, pela minha pátria, por Deus e pelos anjos, santos e potestades celestes eu digo SIM para você Folha... Kkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Como a imprensa mundial vê o Golpe de Estado no Brasil? Em Portugal: Assembléia de bandidos...
    Em Portugal. https://youtu.be/M0Dc6YF0_FE
    Nos Estados Unidos - https://youtu.be/V0z_kbn08 - https://youtu.be/FMb9TLyCgU8

    O STF no mínimo se omite e se acovarda diante de Cunha e do Golpe, é só verificar que apesar das denuncias e das provas apresentadas na denuncia do MP, não afastam Cunha da Presidência da Câmara dos Deputados e protelam o julgamento do impedimento do Lula como Ministro para impedir a reação do governo.

    Os Ministros do STF reagem vigorosamente quando chamam o Impeachment de Golpe já que admitir o golpe é admitir a omissão e a covardia do próprio STF.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.