14/04/2016

Interlocutores do Planalto afirmam que o governo tem 205 votos para barrar o impeachment

Shot

Em reunião com os seus mais próximos auxiliares, no final do dia de ontem (13), a presidente Dilma Rousseff determinou que o Gabinete Civil providenciasse as demissões, até segunda-feira, de todos os ocupantes de cargos em confiança na estrutura do governo, em todos os estados, apontados pelos partidos e deputados que deixaram a base aliada e declararam votos a favor do impeachment.

Vai acabar o estoque de canetas do Planalto: são cerca de 23 mil cargos que a presidente da República tem comando direto e desses, cerca de 6 mil deverão, segundo a determinação, receber a portaria de exoneração até segunda-feira.

Coisa que jamais fez nos anos pretéritos, nem quando comandava a Casa Civil na era Lula, a presidente Dilma foi para o varejo e recebe, um por um, os deputados que a procuram.

Por conta disso, a tarde do Planalto ontem (13) foi movimentadíssima: Dilma recebeu 7 ministros e pelo menos 50 deputados.

À noite, interlocutores reportaram que foi feita uma recontagem dos votos a favor do governo e o resultado foi que, apesar de os placares da imprensa mostrarem o contrário, Dilma tem 205 votos para barrar o impeachment.

8 comentários:

  1. E ai Parsifal, a Dilma caindo e o teu chefe caindo com ela, vocês irão mendigar junto ao novo Presidente (como vc mesmo diz: o Aloprado do PMDB- Michel Temer) para permanecerem no cargo? Ou agirão como homens e entregarão o posto por não terem reipeitado a determinação do Partido tomada no final de março?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espere um pouco para saber. Não deve demorar muito.

      Excluir
  2. Ex-presidente Lula deixou claro que não pretende dar trégua a um eventual governo capitaneado pelo vice-presidente Michel Temer. A pergunta que não quer calar: com Lula e Dilma fora da baralho, Parsifal e Barbalhos continuarão no Baralho, ou seguirão orientação do Lula, haja vista que não cumpriram orientação Partidária?

    ResponderExcluir
  3. Francisco Marcio14/04/2016 12:31

    Se V.Exa e seu grupo não tiverem prestígio junto ao Temer, lhe sugiro seguir o Capitão Nascimento: pede pra sair. Jaz D.Dilma...

    ResponderExcluir
  4. COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    AV I S O S
    CONCORRÊNCIA No
    - 2/2016 - CDP
    ESPÉCIE: Modalidade: Concorrência n.º 02/2016/CDP
    Objeto: Construção de muro limítrofe entre o Terminal Petroquímico
    de Miramar e o Porto de Tocantins.
    A Companhia das Docas do Pará - CDP, por meio da Comissão
    Permanente de Licitação - CPL/CDP, torna público, a todos os
    interessados na licitação em epígrafe, cujo objeto é a contratação de
    empresa para construção de muro limítrofe entre o Terminal Petroquímico
    de Miramar e o Porto de Tocantins, que após análise do
    recurso interposto pela empresa: CONSTRUTORA CARIPI LTDAEPP,
    CNPJ: 21.382.376/0001-88, decide manter a mesma inabilitada,
    a decisão foi submetida à apreciação da autoridade superior, conforme
    determinação legal, e está no exercício de sua competência, ratificou
    totalmente o entendimento da Comissão julgando totalmente improcedente
    o recurso.
    Dessa forma, a reunião para abertura do envelope "Proposta
    de Preços" será dia 19 de abril de 2016 às 9 horas na sala de reunião
    da CPL. Informamos, ainda, que o inteiro teor da resposta do Recurso
    Administrativo encontra-se disponível na Comissão de Licitação - na
    Av. Presidente Vargas nº 41, centro, Belém/PA.
    PREGÃO ELETRÔNICO No
    - 9/2016 - CDP
    ESPÉCIE: Modalidade: Pregão Eletrônico n.º 09/2016/CDP
    A Companhia das Docas do Pará - CDP, por meio da Pregoeira
    Oficial da CDP, torna publico, a todos os interessados na
    licitação em epígrafe, cujo objeto é a contratação de empresa para
    prestação de serviço de administração e gerenciamento na intermediação
    de concessão do benefício de vale-alimentação aos empregados
    da CDP, com fornecimento de cartões magnéticos com chip,
    que após análise do recurso interposto pela empresa: SODEXO PASS
    DO BRASIL SERVIÇOS E COMÉRCIO S/A, CNPJ:
    69.034.668/0001-56, que decide manter a HABILITAÇÃO da empresa
    POLICARD SYSTEMS E SERVIÇOS S.A, CNPJ:
    00.904.951/0001-95, a decisão foi submetida à apreciação da autoridade
    superior, conforme determinação legal, e esta no exercício de
    sua competência, ratificou totalmente o entendimento da Pregoeira,
    julgando totalmente improcedente o recurso e adjudicando o objeto da
    licitação à empresa POLICARD SYSTEMS E SERVIÇOS S.A, pelo
    valor global de R$ 6.000.500,00 (seis milhões e quinhentos reais).
    Informamos, ainda, que o inteiro teor da resposta do Recurso Administrativo
    encontra-se disponível na Comissão de Licitação - na Av.
    Presidente Vargas nº 41, centro, Belém/PA.
    Belém, 13 de abril de 2016
    INÊS ALVES
    Presidente da Comissão

    ResponderExcluir
  5. segundo uma repórter da rede globo,com afastamento de Dilma , provavelmente Eduardo cunha , esposa e filha devem ser presos,já na segunda feira . ele por obstrução das investigações

    ResponderExcluir
  6. nem nesses países africanos e do oriente médio se vê algo do tipo kkkkk eta Brasil.. sera que nunca vamos ser sérios. ver um Eduardo cunha como herói francamente.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.