22/02/2016

Que tenham voz os idiotas e os imbecis

Shot 009

Umberto Eco foi um renomado intelectual de uma geração que se finda na primeira metade do século XXI, pois o mundo ficou demasiadamente avesso para sorver intelectualidade, antes porque ela é, mormente, indigesta.

Eco tornou-se conhecido como escritor, mas era filósofo, linguista e semiólogo titular da cadeira de Semiótica da Universidade de Bolonha, além de professor colaborador das universidades de Yale, Columbia e Harvard, nos EUA e do Collège de France.

O meu interesse pela obra de Tomás de Aquino fez-me ler Eco pela primeira vez: uma coletânea de textos sobre a “estética medieval”, com análises críticas dos textos de Aquino, “por não empreenderem reflexões estéticas”.

Das suas obras literárias, sugiro que se aproveitam as duas mais conhecidas: “O Nome da Rosa”, levada ao cinema por Jean-Jacques Annaud, com Sean Connery no papel principal (imperdível) e “O Pêndulo de Foucault”, para mim o melhor. Os outros quatro, a não ser que você queira dizer que “leu todos os livros de Eco”, não passam do mediano.

Eco era colaborador de vários jornais europeus e seus mais repercussivos textos carregavam rabugices com a incapacidade do ser humano moderno com a abstração, pois o elaborar raciocínios complexos, sustentava, com razão, é um importante propulsor do progresso humano.

Eco desancava as redes sociais como meio de propagação de “bobagens”. Com o seu falecimento na sexta-feira (19), resgatou-se-lhe uma frase que resumia a casmurrice com o tema: “a internet deu voz aos imbecis”.

A frase completa foi dita em entrevista ao jornal italiano, “La Stampa”:

"As redes sociais dão o direito de falar a uma legião de idiotas que antes só falavam em um bar depois de uma taça de vinho, sem prejudicar a humanidade. Então, eram rapidamente silenciados, mas, agora, têm o mesmo direito de falar que um prêmio Nobel. É a invasão dos imbecis".

A opinião de Eco foi preconceituosa. Antes porque aos idiotas e imbecis cabe o direito de manifestação tanto quanto aos vencedores do Nobel. Se as manifestações deles repercutem a ponto de “prejudicar a humanidade”, então essa está tão desprovida de senso crítico que passa a ser culpada do prejuízo.

A popularização da internet como fato social de comunicação é uma das maiores conquistas do século XX e o mal, ou o bem, não estão nela, mas em quem a usa para o mal, ou para o bem. Querer cerceá-la como instrumento, se não é uma idiotice é uma imbecilidade.

Mas eis que a terra deve ser leve sobre Eco, pois uma das suas maiores virtudes era a tolerância com as diversidades: ele, definitivamente, não era um fundamentalista.

Shot 013

4 comentários:

  1. Nº 34, segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016 COMPANHIA DOCAS DO RIO DE JANEIRO
    EXTRATOS DE TERMOS ADITIVOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO
    EXAMES PRÉ-ADMISSIONAIS
    2ª CONVOCAÇÃO
    A COMPANHIA DOCAS DO RIO DE JANEIRO - CDRJ,
    considerando a realização do Concurso Público para o emprego de
    Guarda Portuário, cuja homologação ocorreu através do resultado
    publicado em 29/06/2010, no Diário Oficial da União, convoca, por
    determinação judicial, pela segunda vez, o candidato abaixo relacionado
    para comparecer no Serviço Médico do Sindicato dos Portuários
    do RJ (Av. Rodrigues Alves, 129, fundos, Centro - Rio de
    Janeiro - RJ, tendo opção de entrada também pela Av. Venezuela, ao
    lado do nº 110), dia 22 de fevereiro de 2016, as 8h30h, para realização
    de exames médicos pré-admissionais. É necessário estar em
    jejum de 12 horas; levar um recipiente contendo o segundo jato da
    primeira urina do dia e, outro recipiente contendo fezes.
    Nesta mesma data, solicitamos comparecer às 10h, à Gerência
    de Gestão de Carreira (Rua Acre, 21, 2º andar - Rio de Janeiro
    - RJ), para apresentação de documentos - original e cópia, conforme
    especificados na relação de documentos exigidos para admissão, a
    qual se dará em data ainda a ser definida.
    Ressaltamos que, tanto os exames médicos, quanto e a entrega
    dos documentos solicitados para admissão, possuem caráter
    eliminatório, conforme previsto em edital.
    Emprego: GUARDA PORTUÁRIO
    CLASSIFICAÇÃO INSCRIÇÃO NOME
    10º 186531 STENIO ABREU DE LIMA
    Rio de Janeiro, 18 de fevereiro de 2016.
    ALEXANDRE PORTO GADELHA
    Diretor-Presidente

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Eco, pois as asneiras ditas pelos idiotas produzem vítimas de crimes de injúria, calunia e difamação em grande escala e afora os linchamentos. Na mesa do bar o dano ficava restrito e menos difuso e agora.....Mas é o ônus de se viver nesta época em que cada vez mais cada um é por si.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um raciocínio, no mínimo, controverso, pois, se colocarmos os pontos nos is, os inteligentes e articulados já causaram mais prejuízo à humanidade do que os idiotas e imbencis.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.