23/02/2016

Acarajé

Shot 016

O 23º ato da tragédia Lava Jato, denominado "Acarajé", em cuja esteira foi decretada a prisão do marqueteiro João Santana, não poupou contingentes: 300 policiais federais marcharam para cumprir 38 mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva, seis de prisão temporária e cinco de condução coercitiva.

João Santana, o marqueteiro responsável pela propaganda eleitoral da reeleição de Lula (2006) e pelas duas eleições de Dilma Rousseff (2010 e 2014), é investigado pela Polícia Federal por suspeita de ter recebido cerca de US$ 7 milhões da empreiteira Odebrecht, no exterior, como parte de pagamento dos serviços de marketing prestados ao PT, no Brasil.

1O caso é um dèjá vu do que ocorreu com Duda Mendonça, no Mensalão, que foi absolvido pelo STF, mas agora, embora haja similaridade na acusação, e independentemente dela mostrar-se afinal provada, ou não, o objetivo oculto é outro: carrear ao TSE, que aprecia ação do PSDB para cassar Dilma Rousseff e Michel Temer, mais indícios de que a campanha de reeleição da presidente usou meios ilícitos.

É o impeachment, que naufragou no Congresso Nacional, transferido para a Justiça Eleitoral.

Eu sempre repito que na Terra não há santos: eles estão todos no céu e alguns notórios até compraram a canonização, e o sistema político é pasto fértil para simonias de toda ordem. Portanto, nem por Duda eu queimei a mão e nem por Santana pretendo incinerá-la.

contro

Mas a Lava Jato, para o bem de todos e felicidade geral da nação, tornou-se uma kafkiana engenharia jurídica reversa, na qual a certeza do ato ilícito é elemento suficiente para substituir a prova, pois pelo que li até agora, as argumentações que autorizaram a decretação da prisão de Santana, foram documentos levados aos autos demonstrando que ele é “muito amigo” e “influencia” a presidente da República, inclusive sendo ponte para marcar audiências com ela.

Mas antes que eu seja enviado pelo distinto público para queimar no quinto dos infernos, não, eu não acredito que Santana seja inocente assim como eu nunca acreditei que Duda inocente era.

13 comentários:

  1. Nobre amigo não seja injusto com os marqueteiros políticos. Afinal de contas o rei da mídia e marqueteiro do PSDB no Pará é de uma honestidade irretocável comprovada em todas as campanhas eleitorais. Por favor separe o joio do trigo. Ele recebe recursos somente dos fundo partidário e doações de empresas afastadas de qualquer ilegalidade e que fazem por amor aos tucanos.

    ResponderExcluir
  2. Os politicos que se preparem para quando chegar aqui o "japones" com a operação "tucupí".

    ResponderExcluir
  3. Os politicos que se preparem para quando chegar aqui o "japones" com a operação "tucupi".

    ResponderExcluir
  4. Alguém poderia me explicar uma coisa? Se o Senador Jader Barbalho já foi condenado em segunda instância porque o MP ainda não pediu a sua prisão ao STF?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Independentemente de ele merecer ou não ser condenado ou absolvido, alguém lhe passou informação errada, pois o senador Jader Barbalho nunca foi condenado sequer em primeira instância.

      Excluir
  5. Como meu Pai sempre diz: Não existe virgem em puteiro!

    ResponderExcluir
  6. Parece que, desta vez, a coisa é valendo mesmo. Caso o TSE venha a cassar o mandato de Dilma/Michel, deverão ser convocadas eleições gerais no País. Se dinheiro de origem ilícita, usado em campanha política for motivo para perda de mandato, então, não fica um meu irmão.

    ResponderExcluir
  7. ''Mas antes que eu seja enviado pelo distinto público para queimar no quinto dos infernos, não, eu não acredito que Santana seja inocente assim como eu nunca acreditei que Duda inocente era.''
    Essa é nova, o Parsifal tem medo de coxinhas... Rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Parsifal, o presidente do PT disse que o Partido não tem marqueteiro. Então vamos ficar combinados assim: o João Santana não é marqueteiro do PT, tem Santa na zona, tinha armas químicas no Iraque, Hitler não promoveu o holocausto, a Igreja Católica não implantou a Inquisição, pimenta no acarajé dos outros é refresco e o Lula não sabia de nada... Como trocadilho infame é bobagem, por ironia ou capricho do destino, o baiano Santana nasceu na cidade de Tucano... Mas deixemos isso pra lá. Tucanos não fazem essas traficâncias horríveis...

    ResponderExcluir
  9. se houve iregularidade nas verbas da campanha eleitoral, nada mais justo que os elitos percam o mandato. Prá acabar com isso, a justiça terá que trabalhar muito, prender muita gente, o jeito é começar.

    Nóisch num somo çidadon di çegunda klassi, noich merecemu puliticu mió.

    sobre a legalidade ou nao, não podemos opinar, mas o povo anseia pela expulsão dos politicos corruptos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, nós merecemos políticos melhores e só o teremos quando tivermos eleitores melhores.

      Excluir
    2. Francisco Márcio24/02/2016 11:08

      "O 23º ato da tragédia Lava Jato". Tragédia?!? Tragédia pra quem cara-pálida ( com todo respeito, é claro )?!?

      Excluir
  10. A Operação Lava Jato é necessária e tem punido a corrupção no entanto perde muito em credibilidade por falta de isenção já que dependendo da filiação partidária a corrupção é investigada e punida com rigor e dependendo do partido do corrupto, como disse o Show Men Juiz Sérgio Moro: Nâo vem ao caso. Desta forma fica parecendo que o real objetivo não é combater a corrupção mas sim substituir os corruptos por outros corruptos. Exemplo: Enquanto tem corrupto comprovado na cadeia tem corupto comprovado presidindo o congresso porque sabe demais...

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.