25/01/2016

Gorverno do Pará, de 2011 a 2015, gastou com propaganda R$ 216 milhões

shot 006

Matéria da jornalista Ana Célia Pinheiro publicada no Diário do Pará reporta que o governador Simão Jatene “torrou R$ 216 milhões em propaganda, entre janeiro de 2011 e dezembro do ano passado”.

shot 002Os dados são oficiais, colhidos dos Balanços Gerais do Estado e do portal Transparência Pará.

Mas o oficial nem sempre é o factual, pois há outras formas de fazer propaganda mascarando a dotação. Despesas com propaganda são iguais àquelas de campanha eleitoral: declara-se 1 para cada 3 efetivamente gastados.

Para 2016, o Orçamento Geral do Estado prevê gastos de R$ 38 milhões em propaganda, portanto, é possível apostar, sem medo de perder, que a conta fecha em R$ 100 milhões no final do ano.

Revela a matéria que os R$ 216 milhões já gastossuperam o que foi investido pelo Governo em projetos de infraestrutura de vários municípios, e de incentivo financeiro a empresas, por meio do Fundo de Desenvolvimento do Estado do Pará (FDE)”, pois no mesmo período (2011 e 2015) aqueles investimentos ficaram em R$ 174 milhões.

shot 003Quando se compara o gasto com propaganda do governo do Pará com o ICMS arrecadado pelos municípios do Pará, desvela-se que apenas a capital, Belém (R$ 345 milhões) e Parauapebas (R$ 329 milhões), recebem de ICMS, em um ano, o que o estado desperdiçou com propaganda em cinco.

A segunda maior cidade do Pará, Ananindeua, leva dois anos para receber valor similar e Abaetetuba “levaria quase 22 anos para ver tanto dinheiro quanto o que o governador torrou em publicidade”.

Para fechar a matéria, a reportagem revela a sandice que são os gastos com propaganda no governo do Pará, o que, como já tenho dito, não é exclusividade do Pará, mas uma maldade do Brasil:

shot 009

Tudo bem que a propaganda é a alma do negócio, mas governos não deveriam ser vistos como um negócio tão perdulariamente cínico pelos propagandistas.

4 comentários:

  1. o dia que houver uma verdadeira investigação...o que nunca haverá...desvelaria as chantagens do tal do quarto poder.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho certeza presidente que a cdp de 2011 pra cá tb já gastou muito mais. mas não em propaganda!! Nº 16, segunda-feira, 25 de janeiro de 2016 COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO No
    - 2/2016/CDP - SRP
    Objeto: Registro de Preços para aquisição de materiais de lim- peza para suprir o estoque do almoxarifado da Companhia Docas do
    Pará - CDP, por um período de 12 (doze) meses de acordo com termo de
    referência e demais condições estabelecidas no edital e seus anexos
    Data: 15/02/2016
    Horário: 08: 00h (horário de Brasília).
    Local: www.licitacoes-e.com.br.
    Os interessados poderão obter outras informações e/ou o Edital na sede da Companhia das Docas do Pará - CDP, sito à
    Avenida Presidente Vargas, n.º 41, Centro, CEP 66.010-000, Belém/PA,
    Sala de Licitações -CDP, tel: (91) 3182-9160/9085, das 08:00
    às 12:00 e das 13:00 às 17:00 (de Segunda a Sexta feira), no site
    w w w. l i c i t a c o e s - e . c o m . b r.
    Belém, 22 de janeiro de 2016 INÊS ALVES
    Pregoeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que não foi com propaganda.

      Excluir
  3. Imagina se o TRE-Pa daqui tivesse a mesma firmeza do TRE-Am, a esta hora teria muita gente comprando o estoque do lexotan nas farmácias de Belém.
    Até mesmo gente que faz parte do tal "quarto poder".

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.