17/12/2015

Ministro do STF, Teori Zavascki, revoga a prisão do banqueiro André Esteves


Acolhendo os argumentos da defesa, o STF revogou hoje (17) a prisão do banqueiro André Esteves, preso desde 25.11, na mesma operação que prendeu o senador Delcídio Amaral (PT-MS).

Esteves, antes da prisão, era presidente do BTG Pactual e, segundo a Forbes, com uma fortuna pessoal de US$ 2,5 bilhões, o equivalente a R$ 10 bilhões, o 628º homem mais rico do mundo e 13º do Brasil. A prisão, todavia, dissolveu as posições do Pactual na Bolsa de Valores e fez o banco liquidar seus principais ativos para cumprir a corrida de saques que se seguiram.

O ministro do STF, Teori Zavascki, que decretou a prisão e agora a revogou, determinou que Esteves não volte à direção do banco BTG, não mantenha contato com outros investigados, recolha o passaporte à Polícia Federal e que se apresente a cada 15 dias à Justiça.

O senador Delcídio Amaral não teve a mesma tinta: ele, o seu chefe de gabinete Diogo Ferreira e o advogado Edson Ribeiro, tiveram os pedidos de revogação da prisão negados.

3 comentários:

  1. Deputado,volte ao formato anterior do blog,este ficou muito aberto sem delimitações,ainda não me acostumei.

    sds,

    Gilberto Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdi o outro modelo. Creio que tentaram novamente hackear o blog e o código foi todo embaralhado.
      Esse é um modelo básico do próprio blogger que eu estou tentando customizar, mas sou autodidata nisto e leva tempo. As divisões, todavia, já estão resolvidas.

      Excluir
  2. Essas decisões são totalmente sem sentido, por que um é menos perigoso que o outro?
    Será que os "embargos auriculares" do Kakai são mais eficientes?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.