25/11/2015

Mineração

Shot 024

A charge do João Bosco, publicada hoje (25) em “O Liberal”, ilustra a Operação Grand Canyon, deflagrada, na segunda-feira (23), pela Polícia Federal (PF) no Pará e nas cidades de Goiânia e Brasília, que desarticulou uma organização criminosa com atuação no Departamento Nacional de Produção Mineral do Estado do Pará (DNPM/PA).

Na operação foram presos, além do anterior e do atual superintendente do órgão, o procurador federal da Advocacia Geral da União que ali atuava e funcionários de carreira do DNPM.

Nessa esteira de operações da PF, é a primeira vez que eu vejo um procurador federal ser preso, envolvido em fraudes.

3 comentários:

  1. esse procuradr tem nome?

    ResponderExcluir
  2. Tem que sentar essa picareta que o personagem do desenho ( policial federal ) está segurando, é no butão (c...) do sapo asqueroso mula e da ordinária presidANTA!!!

    ResponderExcluir
  3. Parsifal tu que sabes das coisas dá para informar se o Priante ainda faz parte do PMDB do Jader?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.