29/09/2015

Nasa anuncia descoberta de água corrente em Marte

Shot 005

Tem-se como evidente que a única coisa que poderia indicar vida em Marte seria a descoberta no planeta de água em estado líquido e sob a composição de um átomo de oxigênio e dois de hidrogênio (H2O), como ela se apresenta na Terra.

Ontem (28), a Nasa revelou que “há provas de água líquida e corrente no planeta”. 

A certeza veio das análises dos espectros enviados pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), em órbita de Marte desde 2006, que localizou “leitos de 100 metros de comprimento e menos de 5 metros de largura”, escorrendo por escarpas do planeta.

Inobstante, a descoberta destas estrias não são absolutos indícios de vida no planeta, pois é alta a probabilidade de a água ser uma salmoura, por conta da provável presença de “perclorato de magnésio, clorato de magnésio e perclorato de sódio”, em sais hidratados encontrados no local.

A salmoura explicaria o estado líquido da água em um ambiente em que ela deveria, em CNTP presentes em Marte, mesmo nos períodos mais “quentes” (−17.2°), ser obrigatoriamente sólida. Nas condições apresentadas nas estrias, a salmoura estaria líquida a -70° o que tornaria próximo de zero a probabilidade de vida em ambiente líquido tão salobro e gelado.

Mas esse raciocínio de proliferação de vida é com base nos conhecimentos que temos da formação desse fenômeno na Terra, portanto, é possível que:

1. Marte, há bilhões de anos, quando o ambiente era menos insólito, possa ter abrigado vida,

2. No interior do planeta, pode haver água em estado líquido em composição menos salobra e em temperaturas mais altas;

3. Mesmo sob água em composição tão adversa, a vida tenha florido em Marte através de ligações químicas totalmente diversas daquelas que conhecemos ou podemos imaginar.

Como essas evidências não serão aquilatadas sem inspeções locais, a certeza da presença de água apressou a missão Rússia/EUA, que enviará, já em 2016, uma sonda que confirme a composição das estrias.

Em 2018 e 2020, uma segunda e terceira sonda seriam enviadas especificamente para pesquisar matéria orgânica e caso isso se confirme, um consórcio de países preparariam a primeira missão tripulada ao planeta vermelho, inaugurando a presença da raça humana em outro planeta.

3 comentários:

  1. Com o Helder no Ministerio dos Portos e Parsifal na CDP, podemos dizer que o Pará vai ficar igual Shangai, Hong Kong ou Singapura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se todos os portos do Pará e do Brasil forem rapidamente concedidos à iniciativa privada poderemos pensar que pegamos o rumo.

      Excluir
  2. Podem encontrar até um rio Amazonas em Marte, mas se não estiver no plano de Deus que haja vida em qualquer outro lugar desse universo, não haverá.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.