03/09/2015

Mad Max: Estrada da fúria é aclamado por 493 críticos de todo o mundo como o melhor de 2015

Shot 003

O filme "Mad Max: Estrada da fúria", sobre o qual eu falei na postagem “Mad Max: A Estrada da Fúria”. O road movie definitivamente definitivo”, foi aclamado o melhor filme do ano pelos 493 criticos de cinema de todo o mundo, que compõem a Federação Internacional de Críticos de Cinema (FIPRESCI).

O diretor australiano George Miller receberá a merecidíssima honraria em uma cerimônia especial do Festival de Cinema de San Sebastian, na Espanha, em 18 de setembro.

"Mad Max: Estrada da fúria" conseguiu agradar gregos e troianos e já arrecadou US$ 370 milhões nas bilheterias de todo o mundo, sendo o melhor resultado da franquia.

E o melhor de tudo é que, com o sucesso, Miller já prepara o quinto episódio da saga, que se chamará “Mad Max: The Wasteland", que deverá ficar pronto até 2018.

Se você não viu na telona, veja abaixo um teaser do que perdeu:

 

3 comentários:

  1. deputado, não sei se o sr. gosta, mas o jogo mad max para playstation 4 tem todos os ingredientes do filme, vale a pena...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já sou viciado em filmes e livros. Não posso ter mais esse vício, ou tenho que ser internado para desintoxicação.

      Excluir
  2. caro Parsifal, desculpe abordar um assunto diferente nessse tópico, isso acontece por causa da ansia por mudanças nesse país. Há uma coisa que todo mundo parece achar normal e eu fico indignado: é o desleixo dos bancos com os caixas eletronicos e o trabalho da policia por causa disso.

    Imagine que uma pessoa entre numa delegacia para registrar queixa contra um furto ocorrido em sua residencia. O funcionario pergunta como o larápio entrou, se há marcas, o sujeito responde que não, daí o funcionario pergunta se a porta da casa estava chaveada, o sujeito responde que não, daí ele pergunta se o portão ao menos estava chaveado, a vitima responde que a porta dá direto para a rua. O funcionario pergunta onde estava o dinheiro, a vitima responde que estava numa armario da sala (este ao menos estava chaveado). O funcionario pergunta se alguém sabia que ele guardava dinheiro em casa, a resposta é que todo mundo sabia.
    Essa situação eu acho que seria equivalente ao dos caixas eletronicos dos bancos. No caso penso que a vitima seria expulsa da delegacia com puxões e empurrões, eles diriam que não são palhaços, que lugar de louco é no hospicio.

    É inadmissivel que o banco deixe dinheiro assim desprotegido e a policia perca tempo para elucidar esses casos. As portas geralmente estao abertas, e quando não estão, basta quebrar um vidro. Alguém deveria fixar normas obrigando os bancos a não deixar dinheiro nesses caixas sem vigilancia. Não se admite tanto dispendio de recursos publicos para quem tem tamanha imprudencia.

    Eu vejo graves problemas nas relações entre vizinhos, e a policia e muitas pessoas desprezam a importancia desses problemas. Eu já fiquei sem poder registrar queixa. O funcionario dizia para as pessoas que iria demorar porque precisavam lavrar um auto de prisão e mjita gente desistia, eu fui expulso levei um puxão e leve empurrão.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.