27/08/2015

Tráfico de roteiros na Globo

15238447

A corrupção não é uma prerrogativa de políticos e nem viceja apenas nos campos do erário.

A sonegação de impostos, cujos valores anuais fazem dos desvios da Petrobras mero troco e as diversas faces do jeitinho brasileiro, que vai desde furar filas, passando por subornar o guarda e sustentar a indústria pirata de todo gênero, somados, ultrapassam o PIB da Argentina.

Ontem, a Folha de S. Paulo, em matéria de Chico Felitti, reportou mais uma das muitas que corroboram a máxima de que ninguém vira corrupto porque se elege: já era antes e foi eleito.

Diz a matéria que dentro da Globo há um mercado negro que há muito é praticado no seu maior estúdio de gravação de novelas, o famoso Projac, que é o furto e a venda de roteiros de novelas, por funcionários que trabalham na emissora.

Como onde há corruptos há corruptores e para todo furto ou roubo há receptadores, quem recepta os roteiros furtados são revistas e sites afins, que pagam de R$ 1 mil a R$ 3 mil pelos papéis e os usam para confeccionar matérias de como será o desenrolar da trama.

Conta Felitti, que foi ao Rio de Janeiro fazer a matéria, que um técnico da emissora confessou, com um certo ar de vantagem, pedindo anonimato, é claro, que “que repassa os roteiros há cinco anos” a um receptador externo que cuida da negociação do material com os receptadores".

A reportagem também declarou os nomes dos principais receptadores: a revista "Tititi", da editora Caras e o site "Notícias da TV", hospedado no portal UOL, que pertence ao Grupo Folha.

A Globo esclareceu à reportagem que "os funcionários sabem que não podem divulgar ou comercializar informações internas da emissora, a prática fere o contrato empregatício e é passível de demissão por justa causa".

2 comentários:

  1. A corrupção não está no cargo, mas no ser humano. Talvez seja o pecado original que tentam expurga com o batismo. Sempre ouvi "a ocasião faz o ladrão" e, sinceramente, posso dizer que conheci apenas (01) uma pessoa que tenha ocupado posição de destaque e que essa posição o possibilitasse facilidades para se beneficiar do cargo e não o fez. Apenas (01) uma. Claro que o meu círculo é bastante limitado.

    ResponderExcluir
  2. eu disse aqui em outro post: temos que explodir todos os brasileiros...só começando do zero pra dar jeito! somos safados, em regra geral, por natureza!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.