09/08/2015

Feliz dia dos pais

Shot 012

O meu pai era um caboclo de poucas letras, mas fino gosto. Uma de suas músicas preferidas era o choro “Naquela Mesa”, que Sérgio Bittencourt compôs, em homenagem post mortem, a seu pai, o grande Jacob do Bandolim.

A composição tornou-se um clássico, foi gravada pelos principais intérpretes da MPB e a sua melodia surtiu arranjos para orquestras internacionais como a de Paul Mauriat.

Mas uma das mais belas defesas de “Naquela Mesa” eu vi no “Samba Social Clube”, quando Hamilton de Holanda rouba a cena com o bandolim, acompanhado de Nilze Carvalho no cavaquinho e, rendida, Zélia Duncan faz o vocal.

A todos aqueles que, como eu, sentem saudades de um pai já ido:

7 comentários:

  1. Parsifal, conheci seu pai, Ismael Pontes. Me lembro que, de noite, ele costumava ficar sentado em sua cadeira na porta de sua casa, que ficava em frente a Praça Jarbas Passarinho, ouvindo o rádio e conversando com os amigos. Era uma pessoa muita benquista na sociedade Tucuruiense.

    .

    ResponderExcluir
  2. Parsifal, as lágrimas teimaram em cair, lendo o belo post em homenagem ao teu pai Perdi meu pai, falecido precocemente aos 49 anos de idade. Hoje, aos 77 anos, sinto cada dia mais, sua falta. O Sérgio Bittencourt, com letra simples, mas de extrema qualidade poética, disse o que todos queriam dizer à seus pais, se possível fosse:" naquela mesa té faltando ele, e a saudade dele, tá doendo em mim" No dia de hoje, peço sua benção, meu pai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu amigo Ronaldo. Há uma peculiar coincidência aí: meu pai, idem, faleceu aos 49 anos.

      Excluir
  3. Francisco Márcio10/08/2015 18:13

    "O meu pai era um caboclo de poucas letras, mas fino gosto". Entretanto, contribuiu para a formação de V.Exª, que a contrário senso, é um homem letrado, que também já criou 3 filhas letradas. O que é digno de elogios, e digo mais, apesar de ser um político profissional ( eu sempre disse isso, e recentemente o Repórter 70 anuiu ) mantém um casamento por longos anos, o que também merece elogios. Tirando a falta de netos, ( ninguém tem tudo ) é um felizardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Faltam os netos. Mas falta de apelos não é. Inclusive ontem, foi um dos assuntos da minha "homilia" do dia dos pais.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.