09/07/2015

Dia 20 de julho Cuba reabrirá a sua embaixada nos EUA

cuba

A cerca de seis quadras da Casa Branca, em Washington, o governo cubano acelera a reforma de uma mansão de três andares, construída em estilo neoclássico.

O imóvel pertence ao governo de Cuba, que lhe iniciou a construção em 1916 para sediar a sua embaixada nos EUA, que começou a funcionar em 1923. Em 1959, em sua visita aos EUA, depois de depor Fulgencio Batista, Fidel Castro se hospedou na mansão.

Com a cisão diplomática dos EUA e Cuba, em 1961, devido à Guerra Fria, a embaixada foi encerrada e a mansão abandonada. Em 1977, depois de um acordo entre os governos, a mansão passou a abrigar um escritório de interesses cubanos nos EUA, uma espécie de consulado informal, por isso todos os que passam pela rua 16, não identificam ali uma propriedade cubana.

No dia 20 de julho, após 54 anos sem relações, os presidentes Obama e Raul Castro reatam as relações diplomáticas entre os EUA e Cuba e um enorme mastro, que já foi instalado em frente à mansão, ostentará a bandeira de Cuba, fazendo história na capital norte-americana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.