22/06/2015

Folha antecipa eleição presidencial em três anos para alentar Aécio Neves dentro do PSDB

Shot 015

A três anos para a eleição presidencial de 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deslancha uma escancarada corrida interna para ser o indicado dos tucanos para disputar a presidência.

José Serra, mais discreto, corre por fora, mas já avisou que está no páreo, enquanto o senador Aécio Neves resmunga que a disputa é extemporânea e, em se acirrando, serve para tirar o foco que interessa à oposição, que é o desgaste do governo.

No meio da liça, para dar alento ao senador Aécio Neves, a “Folha de S. Paulo” publicou, na sua edição de ontem (21) uma pesquisa eleitoral que coloca o ex-candidato tucano em primeiro lugar, na frente do ex-presidente Lula, que costumava ser imbatível nessas simulações.

A Folha deixou o senador José Serra de fora dos dois cenários pesquisados, o que quer dizer que ele precisa urgentemente fazer uma visita aos irmãos Frias.

> No cenário 1 o senador Aécio Neves seria o candidato do PSDB:

Shot 002

> No cenário 2 o governador Geraldo Alckmin seria o candidato do PSDB:

Shot 003

divisoria

Na pesquisa, o Datafolha colheu a avaliação pessoal da presidente Dilma Rousseff e mostrou que ela está, como afirmou o Lula há três dias em reunião com religiosos na sede do Instituto Lula, “no volume morto”, amargando 65% de avaliação ruim e péssimo:

Shot 013

Em nenhuma região do país a presidente tem uma avaliação minimamente positiva. Em todas seu percentual de ruim e péssimo está acima dos 60%: 

O Datafolha fez 2.840 entrevistas na quarta-feira (18) e na quinta (19).

3 comentários:

  1. muito me admira o norte e nordeste. nunca um governo fez pelo povo pobre da regiao como o pt.mas deixa voltar os herdeiros de fhc para eles sentirem saudade. so lembram de ajudar banqueiros

    ResponderExcluir
  2. Com o título “O valor do Datafolha pode ser resumido em duas sílabas: zero” o jornalista Paulo Nogueira sintetiza o assunto. Da crônica retiramos um texto interessante –“Editorialmente, é um disparate fazer uma pesquisa daquelas quando sequer se passaram seis meses das eleições que deram um segundo mandato a Dilma. Há uma frase primorosa de Keynes que se aplica a este tipo de futurologia obtusa: “A longo prazo estaremos todos mortos”. O próximo passo poderia ser especular sobre as eleições de 2022”.

    ResponderExcluir
  3. Ô cara pálida, em que país você vive? Tá falando asneira. Moro no norte e o custo de vida só cresceu nos últimos anos. Vem pagar conta de energia aqui pra você ver. Vai botar a culpa no FHC do aumento da conta de luz, combustíveis, alimentação, moradia, et, etc? Eu fui um dos primeiros a me inscrever nesse Minha Casa Minha Vida e sabe o que acontece? Vejo pessoas que não precisam desse benefício usufruir do mesmo. Uma roubalheira sem tamanho nesse governo e você faz que não vê? Só sendo muito cego por um partido pra defendê-lo desse jeito.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.