26/05/2015

Furto de energia elétrica na região metropolitana do Rio de Janeiro abasteceria o Espírito Santo

Shot 006

A declaração é da própria Light, que tem a concessão para a distribuição de energia elétrica na região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro: se as ligações clandestinas da área de sua concessão fossem suprimidas seria possível reduzir a tarifa em 17%.

A Light publicou as suas perdas comerciais por conta dos gatos: R$ 2 bilhões em 2014. E declarou que esse valor é o que se arrecada, com pagamento de tarifa de energia elétrica, em todo o estado do Estado do Espírito Santo.

Já tratei de furto de energia, em uma postagem sobre os dados de 2010, quando, segundo a ANEEL, 13% da energia gerada no Brasil foi furtada, causando um prejuízo de R$ 7 bilhões ao sistema, e isso, é claro, é pulverizado na conta de quem não mia.

Em 2013, o prejuízo causado pelos felinos subiu para R$ 12 bilhões, e a conta de perdas e danos, causados por furtos, roubos e desperdícios na área referente foi de R$ 18 bilhões.

Todo esse pessoal que cria os bichanos deve estar indignado com o escândalo da Lava Jato. 

Mas eu continuo insistindo que o Brasil tem jeito. É só todo mundo começar a fazer a coisa certa, sem usar o crime alheio como desculpa para cometer o seu próprio, como faz essa turma que sonega imposto, que diz que furta o erário para que o erário não seja furtado por políticos.

Nesses casos, segundo o dito popular típico do malandro, a única vantagem deles é que cumprirão 100 anos a menos de pena, caso sejam condenados.

Um comentário:

  1. não entendi as duas ultimas linhas.

    "é só todo mundo começar a fazer a coisa certa"

    não é um desejo um pouco ambicioso?
    na minha opinião, isto é por demais utopico.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.