19/05/2015

A Viagem à Argélia, o filme

Shot 008

A propaganda oficial do governo alardeia que a viagem do governador Jatene à Argélia traz investimentos de R$ 5 bilhões ao Pará, que serão internalizados pelo grupo Cevital, o maior conglomerado empresarial privado daquela país.

Não é verdade. O Cevital Groupe, independentemente dos salamaleques governamentais, já lavrou em seu portfolio, há mais de dois anos, os investimentos que agora se alardeiam para justificar a viagem do governador e comitiva.

Desde 2012, o Cevital Groupe decidiu fincar o brasão na estrutura de logística portuária e agroindustrial no Brasil. Com projeto básico em execução para início em 2020, o grupo adquire terrenos em Santarém e Miritituba, no Pará, Vera, no Mato Grosso e em Pecém, no Ceará.

Os investimentos no Brasil, segundo declarações de Paulo Hegg, representante do Cevital no Brasil, devem alcançar US$ 1,5 bilhão e no Pará, cerca de US$ 1 bilhão, o equivalente a R$ 3 bilhões, e não os cinco alardeados que “foram conseguidos” pela viagem de Jatene à Argélia.

Não é descabida a visita do governador ao Cevital Groupe, afinal, sem que o governo tenha colocado um grão nessa tulha – e não precisa colocar mesmo,  só precisa não atrapalhar -, a empresa internalizará US$ 1 bilhão na economia do Pará.

Desnecessária e capciosa, todavia, é a tentativa de dar ares de "O Triunfo da Vontade", propaganda nazista de Leni Riefenstahl, ufanando o Terceiro Reich, a uma mera viagem de cortesia, que como eu já me referi, não é impertinente.

As propagandas governamentais – em todo o Brasil, já que se tornaram uma desponderada praga – precisam, pelo menos, mudar a lógica da ilusão, que na mais descarada acepção marqueteira reza que vale a versão e a percepção e não o fato: isso é cinismo em estado de arte.

Na mais perfeita tradução daquela trova  lavrada pelo jovem jornalista maranhense José Cândido, que na epígrafe do seu jornal “O Farol”, na década de 20, anunciava, criticando a propaganda do governo (em 1920!):

"De circunlóquios nada sei
O caso conto, como o caso foi:
Na minha frase, da constante lei,
O ladrão é ladrão, o boi é boi."

A propaganda governamental tem que começar a respeitar os fatos.

14 comentários:

  1. O governador Jatene sempre teve como "muleta" a publicidade enganosa. Os operadores destas propaganda se dão bem e sempre vão querendo mais. Este é o perigo. Ele está nas mãos destes e vai sempre funcionar como marionete. Ninguém sabe até quando ele vai aguentar encher um conhecido "saco sem fundo" pródigo em chantagens e achaques.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente você recitou o "Beabá" da política nacional. SEM EXCEÇÃO.

      Excluir
  2. Sabe o Marcus Valério? O Jatene também tem o seu. Ele é muito competente e pródigo em acumular ben$$$.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A competência dele é apenas diretamente proporcional ao relacionamento e "negócios" com determinado grupo de comunicação, e nada mais.

      Excluir
  3. Caro ex-deputado. O Jatene foi e voltou com promessas de investimentos, vamos aguardar o que se concretiza.
    Acho que o espetáculo feito pelo Helder Barbalho é mais lamentável. Essa reunião com o BASA para assinar convênio, até um simples mortal faz. Por que foi para o IFPA para anunciar investimentos no Pará?, podia ter ido para a UEPA.
    Tem uma ideia de quanto é o que vai ser investido pelo Ministério da Pesca?, Helder nem falou $$$$$. Só bla, bla, amigo. Isso se chama dor do cotovelo.
    Veja o negocio da empresa que virá ao Pará. As empresas não viriam se o Estado não oferece uma boa infraestrutura legal e logística para se instalarem. O assunto não é só não atrapalhar.
    Essa é a grande diferença entre o Helder e o Jatene, o primeiro é apenas um candidato a algo, sem experiência nem capacidade empreendedora.
    Ele nunca teve negócios próprio nem profissão definida, sempre viveu as costas dpo pai.

    O diabo mora nos detalhes. Deputado.

    Suas matérias parecem aquelas do RD, pobreza e baixo nível. Lamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o detalhe da residência do diabo seja a goteira de você fingir que acredita que "as empresas não viriam se o Estado não oferece (sic) uma boa infraestrutura legal e logística para se instalarem".
      Essa logística tanto não existe que mais da metade do investimento do Cevital é exatamente para construí-la e isso está escrito no relatório de investimentos do grupo.
      E o Estado não há deve prover mesmo, pois o Cevital não é uma instituição de caridade e está fazendo os investimentos não porque o Jatene, ou qualquer outro pediu e sim porque fazem parte dos negócios do grupo e as multinacionais não esperam acontecer quando enxergam oportunidades: fazem a hora.
      Baixo nível mesmo é o governo propagandear o que não fez, tentando transformar visita de cortesia em internalização de investimentos. Dessa estrada aí eu conheço todas as milhas e não me iludo com as placas de quem quer que seja.
      Fique à vontade, todavia: se lhe apetece o paladar do gato pela lebre e a sua melhor argumentação é a resiliência do também, aí está postada a sua tese.

      Excluir
    2. A conferir, A Dilma Anunciou um trilhão de R$ em investimentos e baseou sua campanha e a do Helder nessa parceria, agora o gato subiu no telhado.
      O que sabemos até aqui é que o Ministro da Pesca vai cortar recursos alcançados por pescadores em anos de luta.
      Você está certo na sua matéria de hoje.

      Deputado, analise seriamente esse RD e me diga se tem algo a agregar.

      Excluir
  4. Esse governador(ou quase) a eleição terminou empatado ainda vai ter o 3o.turno em 2018, ai vamos se ele vai mostrar, a SAUDE, EDUCAÇÃO, ESTRADAS A PONTE DO MOJU, etc... por que o único jornal que mostrou esta viagem foi Grupo Oliberal que so falta dizer que o Pará e igual Paris tudo funciona tudo brilha, nao tem greve, esta tudo otimo...meu amigo que viver verá. povo do Para abra olho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O chefão do grupo Liberal sofreu uma grande derrota no dia de hoje na Justiça Federal em Brasíia sobre o suspeito crime de compra ilegal de jatinho nos Estados Unidos por 16 milhões de dólares denunciado pelo Ministério Público Federal; Aqui em Belém o juiz não aceitou a denúncia.Em Brasília hoje Tribunal Federal aceitou a denúncia por unanimidade. Os detalhes estão no site do MPF-Pa.

      Excluir
  5. O blogueiro é o redator do Reporter Diario? Quem acompanha o blog e lê a coluna, paira alguma duvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não chego a tanto. Não passo de um fariseu entre os escribas.

      Excluir
    2. agenor garcia21/05/2015 09:49

      Parsi, meu caro

      A parlenda do boi é boi, segundo proto-historiadores como Carlos Rocque, foi lançada no O Paraense, jornal panfletário de Batista Campos.
      Abraços,
      Garcia

      Excluir
    3. Olá Garcia,
      Eu sempre creditei a Batista Campos a autoria. Mas, em 2011, creio, quando a publiquei aqui, recebi comentário, com pedido de retificação, de um membro da Academia Maranhanhense de Letras, Luiz Phelipe, creditando a lavra ao referido jornalista. Retruquei que "O Farol" poderia ter copiado de Batista Campos, que é anterior a ele, ao que Luiz treplicou com o envio de um fac símile do jornal "O Farol" e pedindo-me um de "O Paraense" e ele mesmo retificaria a história no Maranhão. Eu jamais encontrei o fac símile do panfleto de Batista Campos, com a trova.

      Excluir
  6. Bom, infelizmente ainda somos ignorante demais para crítica nosso "políticos certinhos" né, meu caro anonimo defensor fiel do excelentíssimo governador Simão Jatene. O que eu tenho certeza que ate hoje a educação no estado esta a mínguas, jogada ao escadeio e só com proposta de melhorias e mais melhorias. A Universidade do estado é esquecida pelo governo do estado porque meu amigo, a situação é complicado nos últimos levantamento de estudos de qualidade, investimentos, e aplicações de tecnologia nas instituição de ensino superior nem apareceu. Outra coisa importante se você voto nele, foi escolha sua, agora nos como cidadãos de direitos e deveres, temos por direito cobra o que foi prometido, melhorias em todas área. Como um estado rico que é o estado do Pará, era para se ter uma infra-estrutura boa. Eu acho que esses pensamento que alguns tem de que o meu políticos é perfeito, só ele sabe as coisa, é infantil com todos respeito. O jatene governo por quatro anos e ai, o que fez e o que ainda tem continuidade e onde esta este feitos. Porque coloca "um tijolo em cima do outro" e dizer eu fiz algo não é o bastante. multinacionais querem investir pra lucra, ganhar e não para fazer caridade. Se ele foi realmente trazer investimento , Parabéns! agora é só aguarda este tal investimento e onde será colocado ele. Obs: não sou devoto de partidos, nem de políticos, sou devoto dos meus direito como cidadão !

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.