14/04/2015

Sergio Canavero é o Victor Frankenstein italiano

O russo Valery Spiridinov, 30 anos, sofre de uma doença rara chamada Síndrome de Werdnig-Hoffman, que lhe atrofia os músculos. Em um ou dois anos, o seu cérebro não mais será obedecido pelo corpo, por inatividade do sistema muscular.

O neurocirurgião italiano Sergio Canavero, do Grupo de Neuromodulação Avançada de Turim, anunciou que Spiridinov foi qualificado para ser a primeira pessoa no mundo a se submeter a um transplante de cabeça, que deverá ser realizado em 2017.

Shot 003

O transplante, que teve todos os procedimentos detalhados em um trabalho científico publicado em fevereiro de 2015, usará o corpo “sadio” de uma pessoa que teve morte cerebral, para receber a cabeça de Spiridinov, que será retirada horas antes de ser implantada no “novo” corpo.

Spiridinov, selecionado dentre uma lista de voluntários com problemas similares, declarou ao MailOnline aceitou o desafio porque "não tem escolha” e se não tentar, o seu destino será triste, já que seu estado “piora a cada ano".

A comunidade médica está dividida e alguns afirmam ser impossível a empreitada no atual estágio da medicina. O Dr. Hunt Batjer, presidente da Associação Americana de Neurocirurgiões, declarou à CNN, retrucando a  afirmação de Spiridinov que o seu estado “piora a cada ano”, que “existem muitas coisas piores do que a morte”.

Um comentário:

  1. Parsifal,com relação ao carro do Detran que foi flagrado fazendo serviços extras em um motel da cidade...Dizem as mais línguas que foi o ex ouvidor do Detran Jose eurico o dono desta proeza... E que o mesmo ja foio estruído por seu advogado a falar que o filho pegou o carro...Um absurdo isso.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.