30/03/2015

Delegado aposentado da Polícia Civil de S. Paulo tinha R$ 622,7 milhões no HSBC suíço

Shot

O Swissleaks, lista de contas do HSBC suíço vazada pelo engenheiro de software Hervé Falciani, revelou que entre os dez brasileiros com maior saldo em conta, entre 2006 e 2007, está um delegado da Polícia Civil do estado de São Paulo.

Trata-se de Miguel Gonçalves Pacheco e Oliveira, que manteve no banco, no período indicado, US$ 194,9 milhões, o equivalente hoje a R$ 622,7 milhões.

Segundo Fernando Rodrigues, Miguel Oliveira, que foi delegado-assistente do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo, órgão responsável pelas 93 delegacias da capital paulista, está hoje aposentado e ganha R$ 10 mil.

Oliveira não é o único servidor público na lista do HSBC suíço. Ele se faz acompanhar de um inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, um engenheiro da Secretaria Municipal de Obras carioca, um conselheiro da concessionária do Aeroporto de Cabo Frio e um ex-diretor da antiga concessionária do metrô do Rio, a Opportrans.

Conta Rodrigues que Oliveira é notícia desde 1998, quando foi publicado que ele possuía duas empresas privadas de segurança, três incorporadoras de imóveis e, em 2011, passou a operar no ramo de limpeza.

Oliveira é também proprietário de 5 imóveis em São Paulo. Um deles fica no mesmo prédio onde mora a senadora Marta Suplicy, nos Jardins, cujos apartamentos têm 633 m². É esse o endereço que consta nos documentos do HSBC. Há 12 anos Oliveira declarou ter pagado R$ 1,1 milhão, no apartamento, mas tal metragem nos Jardins, hoje, não tem preço menor que R$ 10 milhões.

Entre os imóveis de Oliveira a joia da coroa é um chalé em Montagnola, uma cidade suíça perto da fronteira com a Itália onde, segundo Fernando Rodrigues, Miguel Oliveira passou uma temporada sabática entre 2010 e 2012.

De tudo o que foi visto, hei de propor dois questionamentos:

1. Para que um empresário de tamanho quilate queria ser delegado da Polícia Civil?

2. Como um delegado da Polícia Civil pode angariar tamanha fortuna?

Sem demérito aos delegados da Polícia Civil.

6 comentários:

  1. ....Corre nas veias destes, o sangue ruim o Marginal Legítimo, imagine a geração que foi educada por eles.....!!!

    ResponderExcluir
  2. Com esta tal de segurança privada, feitas por agentes públicos, é possível fazer fortuna. Dai, que durante os anos, a segurança publica vem piorando para facilitar o trabalho destes heróis da nação. Essas empresas milicianas, são do conhecimento de todos, e todo mundo finge que não vê.

    ResponderExcluir
  3. Francisco Márcio30/03/2015 10:24

    Altruísmo excelência, altruísmo, ora pois, pois...

    ResponderExcluir
  4. Figuraça o tal delegado. No meu conhecimento só um otário coloca o sue nome na conta lá fora, a não ser que tenha que guardar a parte de outro socio, aí não tem outro jeito vai o nome dele e não da Dilma, Lula e Dirceu. Uma coisa convenhamos dinheiro honesto não é mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Deputado,
    Engraçado depois que saiu o nome da Marinho da Globo na lista de quem tem $$$$$ no exterior esqueceram a Presidente o que será aconteceu?

    ResponderExcluir
  6. se for a fundo oque deve ter de policiais de todas as esferas vao se impressionar policia sao todos calhordas,canalhas e porque nao dizer ladroes.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.