20/02/2015

De como o enredo virou folhetim e o costume do carnaval ser patrocinado pelo crime

Shot 009

Diante da péssima repercussão nacional e internacional do patrocínio recebido pela Beija-flor, o ministro da Informação da Guiné Equatorial, Teobaldo Matomba, escreveu uma nota oficial.

Diz um trecho da nota:

“A iniciativa de realizar esta homenagem à Guiné Equatorial não partiu do governo e nem da Presidência da República. É uma iniciativa que surgiu das empresas brasileiras que operam na Guiné Equatorial”.

Para ratificar o cordel, o carnavalesco da Beija-Flor, Fran-Sérgio, afirmou que os R$ 10 milhões recebidos “saíram de empresas brasileiras que têm obras no país africano” e deu nomes aos bois: “Queiroz Galvão, Odebrecht e o grupo ARG”.

Matomba e Fran-Sérgio esqueceram de combinar o estribilho: a Odebrecht foi a primeira a desdizer ambos, em nota publicada ontem (19):

“A Odebrecht não patrocinou o desfile do Grêmio Recreativo Escola de Samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro. A Odebrecht esclarece ainda que nunca realizou obras na Guiné Equatorial”.

A Queiroz Galvão o e grupo ARG emudeceram. Como quem cala consente, é possível que ambas, além de libidinagens domésticas, metam-se com ditaduras de além mar.

O embaixador da Guiné Equatorial no Brasil, Benigno-Pedro Tang, contou outro conto: o dinheiro foi arrecadado na própria Guiné Equatorial, por empresários daquele país e não seriam R$ 10 milhões, mas R$ 5 milhões.

O mais bizarro da nota oficial da Guiné Equatorial pode ser uma barrigada da imprensa nacional ou o modelo stalinista de supressão da realidade (Stalin executava os desafetos, apagava-lhes os registros e adulterava as fotografias nas quais eles apareciam): a nota afirma que o ditador Teodoro Mbasogoa não estava no Brasil durante o carnaval, mas “em Camarões, em viagem a trabalho”.

Shot 005

Shot 012

O fato de a notícia ter sido postada no DW em 17.02 não quer dizer que a cúpula ocorreu em 17.02. O Voice of America, o The Telegraph e muitos outros portais, dizem a data da cúpula: 16.02, pela manhã, ou seja, Mbasogoa pode ter ido à cúpula no dia 16 pela manhã e, no seu jato, ter pousado no Rio no dia 17.02 para assistir a “sua” escola desfilar. A Beija-flor desfilou em 17.02, terça-feira.

A imprensa nacional precisa confirmar ou desmentir o dito, pois é fato que a ditadura de Mbasogoa, no Brasil, só tem braços para patrocinar escola de samba e não conseguiria apagar os registros do aeroporto e da Polícia Federal, que segundo o Globo confirmou  a presença de Mbasogoa no Rio e destacou 10 policiais para fazer-lhe a segurança.

Mas não vamos levar isso a mal: tudo é carnaval. A presença, ou não, do ditador no desfile não altera o produto e o desfile, desde muito, é patrocinado pela contravenção, como lembra o artigo de Bernardo Franco, na Folha, intitulado O crime compensa na Sapucaí, trazido ao blog pelo leitor Jorge Alves.

E para fechar o imbróglio com chave de ouro, a declaração do Neguinho da Beija-Flor sobre o assunto:

Shot 011

E não se fala mais nisso!

8 comentários:

  1. parsifal tenho que parabeniza-lo plo tema levantado.o brasil se tornou o pais das maracutaias,vai chegar o dia em que, beira mar e marcola do pcc vao ter que receber pensao do estado, por tanto tempo encarcerado.como disse o cantor geronimo da bahia ;e carnaval cidade acorda pra ver.

    ResponderExcluir
  2. Esse Neguinho de Beija Flor, deveria ser preso, em qualquer país sério isso ocorreria.
    E o que é pior, é que daqui a pouco todo mundo vai esquecer esse título encharcado de sangue, e o Neguinho da Beija Flor, vai ser entrevistado no BOM DIA BRASIL, vai ensinar a fazer café da manhã na ANA MARIA BRAGA, depois vai ensinar a FÁTIMA BERNARDES a dançar samba, e vai ter a sua gloriosa infância mostrada no FAUSTÃO.
    E nós brasileiros, sendo tratados como idiotas, e aplaudindo e rede nacional esses bandidos, como se eles fossem a alegria do Brasil.

    ResponderExcluir
  3. o problema nao é o neguinho da beija-flor...ele foi o único a nao ser hipocrita! nós todos e, principalmente, os governantes do RJ que fazem vista grossa pra isso tudo

    ResponderExcluir
  4. Quanta hipocrezia, se o governo Dilma e Lula sempre doaram milhões e milhões aos ditadores africanos, agora vem esse ai e dar uma gorjetinha a escola de samba Beija Flor, só pra sambar e sorrir da nossa cara.

    ResponderExcluir
  5. http://www.ocafezinho.com/2015/02/20/carta-aberta-ao-povo-brasileiro-liberdade-de-expressao-em-risco/

    ResponderExcluir
  6. Continuo a afirmar que não fosse o teu acompanhamento com os Barbalho, sou seu fa pela oportunidade ,clareza ,conteúdo, dos seus textos Parabéns mais uma vez Você merecia estar na Camara Federal em vez de alguns energúmenos que seu partido apoiou e o povo elegeu

    ResponderExcluir
  7. Neguinho recomenda o conselho do Chico em " Acorde Amor": chame ladrão, chame o ladrão.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.