17/01/2015

O sertão vai virar mar, dá no coração o medo que algum dia o mar também vire sertão…

Shot 002

O colapso dos reservatórios que abastecem a Grande São Paulo é visto a olho nu, mas o governo do Estado e o Governo Federal continuam a fazer vista grossa para o problema.

A Sabesp exaure os seis reservatórios do sistema e todos registram queda acentuada, mesmo com as chuvas que desabam sobre São Paulo, mas infelizmente em locais que não alimentam o fluxo.

> Eufemismos

O emblemático Sistema Cantareira opera hoje com 6% da sua capacidade, depois de sangrado duas vezes e o governo anunciou, no meio da semana passada, que usará o terceiro e último volume morto, o que, na verdade, é um eufemismo, pois o único volume morto do Cantareira foi o primeiro: os outros dois são derivações de fora do sistema, que canalizam volumes mortos diversos para lá.

> O fluxo das chuvas

Consideremos um ponto a considerar sobre o Cantareira: a média histórica de chuvas sobre o sistema, em janeiro, é de 271,1 mm, mas nessa primeira metade de janeiro o sistema só recebeu 60,1 mm. O sistema de chuvas mudou na região de forma tão temperamental que foi impossível à Sabesp prever isso e elaborar um plano de contingência? Ou o mais rico e populoso estado do Brasil nunca deu a devida atenção ao seu fluxo de águas?

> Imprensa conivente

A conivência da imprensa com o governo de São Paulo é burra, pois não trata o grave problema com as devidas tintas, deixando-o à cavaleiro para esgotar todas as suas irresponsáveis possibilidades.

Imagine se o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que eu reputo o melhor governador que São Paulo já teve, fosse do PMDB ou do PT: o Ministério Público já teria pedido a sua cassação e a imprensa já o teria pintado de belzebu por tamanha irresponsabilidade ambiental.

O título da postagem é trecho da canção “Sobradinho”, de Sá e Guarabyra.

6 comentários:

  1. Parsifal...Coloque o calendario 2015 com os devidos feriados ai ao lado...O que esta é de 2014...Obgado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O calendário atualiza automaticamente. Está em janeiro de 2015.

      Excluir
  2. O lamentável episódio da morte de Tayla Silva, de apenas 3 meses de idade, cujos pais precisaram pedir socorro nas redes sociais é mais uma tragédia, transformada num simples número na sequência de óbitos de bebês e crianças dentro da Nova Santa Casa, apontada pela propaganda oficial como uma das 'grandes obras' do governo Jatene, o que em se tratando de custo, 190 milhões (inicialmente seriam apenas 80 milhões) unanimemente concordaremos que foi grande (até demais), porém em se tratando de prestação de serviços à comunidade - principalmente como hospital de retaguarda para agravos neonatais, do lactente e do bebê, tornou-se um 'elefante branco', que nunca tem vagas para receber crianças em estado grave transferidas de outras unidades, demora esta que tem ceifado muitas vidas inocentes.

    O responsável por esse descalabro é o próprio governador do estado, que não investe um centavo em seleção de técnicos competentes através de concurso público, colocando em vez disso um monte de gente ociosa na atividade administrativa daquela fundação, contratada com o aval de parentes e políticos. A julgar pelos números - tome-se em primeiro lugar o de funcionários, que já ultrapassou 4 mil; a Santa Casa é hoje o maior desperdício orçamentário do estado. Outro problema que tem tudo a ver com a incorrigível prática de recusar pacientes tem a ver com o preciosismo de alguns médicos que chegam a ganhar mais de 35 mil reais por mês e limitam muito o acesso de novos pacientes para não perder tempo com outros empregos lá fora.

    ResponderExcluir
  3. em todo o lugar que leio sobre o assunto me entristece a olitização que fazem, e a ausencia de sugestoes para minorar o problema, parece que o povo brasileiro é muito egoista e nao quer resolver os problemas coletivos.
    eu penso que a regiao metropolitana de sao paulo deveria parar de trazer agua de pontos cada vez mais distantes.
    para começar, deve usar a agua dos piscinoes para abastecimento, com tratamento. Deve captar aguas pluviais, mesmo que contenham algum esgoto. Suponho que la tambem as aguas pluviais sejam misturadas com esgoto.
    So para comparar, a capital da namibia reaproveita a agua dos esgotos desde 1968.

    Outrossim, caro Parsifal, os politicos que nao lutam para que o brasil tenha milhares de bancos bem pequenos, locais, estao cometendo uma falha lamentavel.

    ResponderExcluir
  4. Vc tem razão...bgado Parsifal...vou ja imprimir o calendario 2015...

    ResponderExcluir
  5. Reparem como estão as casas/terrenos de São Paulo, de Belém e de outras metrópoles. Só cimento. Já está muito difícil vermos quintais com gramados, com flores ou simplesmente com a terra. Com a dificuldade de se infiltrar, a água corre - soberana - pelas ruas e calçadas, causando as inundações . E conta com o apoio inestimável da população irresponsável que joga o seu lixo em qualquer lugar.

    Acho uma temeridade as autoridades terem deixado os reservatórios chegarem a níveis tão baixos, sem terem tomado providências para diminuir os gastos de água da população. Melhor ficar sem água em dias alternados do que ficar completamente sem água. Quiçá tenham se omitido pela proximidade das eleições.

    Kenneth Fleming

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.