31/08/2014

Ibope: Helder e Jatene empatam no 1° turno e Helder vence Jatene no 2° turno

Em menos de 15 dias o Ibope realizou a sua segunda pesquisa eleitoral sobre a corrida para o governo do Pará.

O instituto, que sempre aponta uma margem de erro de apenas 2 pontos percentuais até mesmo nas pesquisas para a eleição presidencial, cujo universo de amostragem é mais amplo, continuou com margem de erro superior na pesquisa do Pará: 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em ambos os resultados o Ibope aponta empate entre os dois principais candidatos ao governo:

> Espontânea

Shot 002

> Estimulada

Shot 001

Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, e em se tomando como verdadeira a sondagem, é possível afirmar que pode não ter havido mudança significativa no quadro eleitoral paraense no que se refere aos dois principais candidatos, já que ambos oscilaram para cima dentro da margem de erro desde a primeira pesquisa, que mostrou Helder com 38% e Jatene com 37%, ou seja, o Ibope passeia dentro da margem de erro que se autorizou em ambas as sondagens.

O Ibope mediu o percentual de rejeição dos candidatos. O candidato mais rejeitado pelo eleitorado é Simão Jatene (PSDB). O menos rejeitado é Marco Carrera (PSOL).

> Rejeição

Shot 006

Embora “O Liberal”, que publicou a pesquisa, tenha ocultado, o Ibope fez simulação de 2° turno entre Helder e Jatene. Nesse cenário, o candidato do PMDB, Helder Barbalho, vence a eleição.

> 2° turno

Shot 010 

 

 

 

 

 

 

Em uma clara faciosidade, “O Liberal” preteriu os resultados do Ibope na chamada de capa, para evidenciar o resultado de outro instituto, com menos envergadura, o Sensus, que dá vantagem de 1 ponto percentual para Simão Jatene em 1° turno (37,9% x 36,9%) e de 1,7% em 2° turno (40,5% x 38,8%).

A margem de erro da pesquisa do Sensus é maior que a do Ibope (3,1 pontos percentuais para mais ou para menos), o que indica que os resultados de ambas encontram-se no limbo do indefinido e não foram publicados com intento de aferir eventual intenção de voto, mas de confundi-lo ou induzi-lo.

Pesquisas de opinião são verdades matemáticas e não falham se as amostras colhidas em campo seguirem as regras estatísticas cientificamente definidas, mas faz parte do jogo eleitoral contaminar amostras para auferir resultados que induzam votos úteis entre os que ainda não definiram o sufrágio.

Como há maneiras de esconder o rabo do gato, não é de boa dialética discutir resultados estatísticos tendo como fundamentos meras percepções coloquiais, por mais que essas se sustentem em experiências de fato.

Quem deseja, portanto, avaliar intenção de voto por pesquisa, deve esperar a segunda quinzena de setembro, quando os devidos ajustes se vão acomodando para que as reputações se mantenham.

> Senado Federal

O Ibope mediu a intenção de votos para Senador, onde Paulo Rocha (PT) lidera com confortável vantagem sobre o segundo colocado, o senador tucano Mario Couto.

Shot 016

O Ibope entrevistou, de 24 a 27 de agosto, 812 eleitores paraenses. A pesquisa está registrada no TRE-PA-00008/2014.

Os 4 primeiros infográficos foram elaborados por Vicente Crispino e publicados no DOL. O último gráfico foi publicado em “O Liberal”, na edição de 31.08.2014.

31 comentários:

  1. Dilma Presidente, Helder Governador, Paulo Rocha Senador e Federal é Priante! Deputado Estadual ainda não tenho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai ganhar nenhum desses; quem viver verá.

      Excluir
    2. Agora passa lá na Mundurucus pra receber o trocado.. Kkkk

      Excluir
    3. Maioranas status: "Mudou-se"

      Excluir
    4. vote no chamon amigo já que vc não tem dep estadual um homem serio, honesto e cumpridor de suas obrigações.

      Excluir
  2. Bom dia...a minha percepção como cidadão que sente a importãncia da política para nós todos sobre esta eleição e principalmente aqui em Belém...é de que este formato de programas televisivos,bandeiras nas esquinas acenadas com enfado, carreatas e distanciamento do candidato com o seu eleitor..pois os comícios é apenas falar e ser ouvido...está esgotado..ninguém aguenta mais carro de som entrando pela sua janela... se o voto não fosse obrigatório...a abstenção seria assustadora...as eleições desta forma são apenas para os correligionários...,gráficas, postos de gasolinas, locatários de veículos e pouco mais...

    ResponderExcluir
  3. Dr. Parsifal, Acredito que a eleição pra Governo está mesmo indefinido, mas pra Senado qual sua avaliação. O Senhor acredita que o Paulo Rocha de destaca mesmo como favorito ou Mário Couto ou até mesmo Helenilson Pontes que tem a máquina a seu favor pode mudar este cenário? Desde já agradeço, caso dê a sua analise as minhas interrogações. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A disputa para o Senado está entre Couto e Paulo Rocha e a vitória de Rocha depende mais do resultado do julgamento do seu pedido de registro pelo TSE do que da vontade do eleitor, que já o galvanizou na faixa dos 20%, o que lhe garante sucesso em face do grande número de candidatos.
      Helenilson não conseguiu em agosto romper os 5% e portanto, com a eleição para governo polarizada, dificilmente conseguirá visibilidade em setembro para romper a polarização do Senado.

      Excluir
  4. concordo! e difícil chutar um palpite Jatene e helder ta pau a pau. parsifal na tua visão vai ter segundo turno?

    ResponderExcluir
  5. Vai dar Jatene na cabeça!!!! A Barbalhada vai enfiar a viola no saco e, nunca mais vai se meter a besta; e a PTralhada vai junto!

    ResponderExcluir
  6. Virgilio aqui no prédio o pessoal pega gorda com essa bagunça geral. Dilma, Helder, Paulo Rocha, Edmilson e legenda.

    ResponderExcluir
  7. Deputado Parsifal, na sua opinião o que levou e está levando o vice Governador Helenilson a ter uma pífia performance na corrida senatorial? Gosto das suas análises.

    ResponderExcluir
  8. Deputado Parsifal, na sua opinião o que levou e está levando o vice Governador Helenilson a ter uma pífia performance na corrida senatorial? Gosto das suas análises.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não é possível fazer uma avaliação correta sobre o tema. O "candidato do governador" é desconhecido e o governo pode estar preparando uma massificação da imagem dele. Lembre-se de que quando Luis Otávio venceu a eleição como "candidato do governador" durante o mês de setembro.

      Excluir
    2. Mas nesse caso o Governador Jatene não estaria dando um tiro no pé? pois Helenilson têm apenas 2,3% na pesquisa do IBOPE, em Jatene massificando o nome de Helenilson não poderia Jatene contrariar Mário Couto 17%, Jeferson Lima 13% e Duciomar 7%, fazendo que eles migrassem para Helder? Será que Jatene ariscaria tudo por Helenilson?

      Excluir
    3. Não creio que o faça, principalmente em uma eleição disputadíssima como essa. Mas Helenilson usa toda a estrutura de governo para se vender como tal. Se Jatene conseguir descolar a sua campanha da mesma área de envergadura do Helder, poderá dar torque a Helenilson; se não, os dois fazem água. Creio que esse ponto de inflexão se dará a partir do dia 10 de setembro, quando então será possível fazer análise menos aleatórias.

      Excluir
    4. Deputado, essa eleição senatorial de 1998 até hoje é controversa. Almir tinha boa parte dos prefeitos na mão, um fração significativa dos votos eram em papel e durante quase toda a apuração, a Ana Júlia liderou as parciais e a diferença foi ínfima...

      Excluir
  9. Senhor,
    estou assustado com o índice de rejeição do candidato do PMDB (23%). Afinal, está é a sua primeira disputa ao cargo de governador. Enquanto o candidato do PSDB (30%), disputa pela 3a vez o cargo de governador. Será que o eleitor paraense quer dar algum recado ? Será que faltou uma terceira via, eleitoralmente falando ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 16:04;

      O seu raciocínio é lógico. Acho que estes dois índices de rejeição estão epresentes em mim. Mas na hora de votar, quando so restarem estes dois candidatos, 7% a mais para Jatene (de rejeição) vai fazer toda a diferença.

      A sua premissa seria mais promissora se tivéssemos um terceiro candidato correndo por fora, como Marina está fazendo hoje na disputa presidencial. Mas a mídia local está investindo na bipolarização da campanha para governador.

      Excluir
  10. Deputado o sr. não acha que se o Helder não levar desta vez, com certeza levará daqui a quatro anos porque não temos nomes neste estado para governador?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daqui a 4 anos ele ganha de novo.

      Excluir
    2. Dep.Parsifal me desculpe, mas tenho que discordar do senhor; daqui a 4 anos ele e toda a família Barbalho estará na cadeia....porque quem estará no governo do Estado é o Jatene, e no governo Federal será a Marina.

      Excluir
  11. Aqui no Jaderlândia, onde o filho abandonou o legado do pai, tá mais ou menos assim, na pesquisa que a associação fez, Dilma, Paulo Rocha, Jatene, Edmilson e Ursula Vidal.

    ResponderExcluir
  12. Deputado, pegue a Agenda Minima do Jatene, lançada em 2011 e veja o que foi prometido e não cumprido por esse governo que está aí. Por exemplo, prometeram 4 mil PMs e só contrataram 2 mil, prometeram a UNITEC e não fizeram, prometeram 2 Hospitais regionais e só agora nas vésperas da eleição é que deram as ordens de serviço.

    Deputado, o senhor como um dos coordenadores da campanha do Helder deve intervir com os marqueteiros e colocar na TV todas essas promessas não cumpridas pelo futuro ex-governador e mostrar para a população que ele não merece mais 4 anos

    Se você for no Youtube e procurar pelos videos da campanha dele em 2010 verá que tem um monte de coisas que ele prometeu e não cumpriu, como as escolas de trabalho, o parque olimpico do mangueirão, os 75 ginásios pelo interior e a UNITEC. Todas essas promessas que ele fez nos videos falando em "DITO E FEITO".

    Vamos quebrar esse discurso DITO E FEITO do falso moralista?

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Gostei da sua resposta Deputado.

    ResponderExcluir
  14. Gostei da sua reposta Deputada. Daqui a 4 anos ele ganha de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu estás certo ao chamar o Parsifal de deputad(a); porque ele vai ter que rodar a baiana, quando o patrãozinho dele chamar ele as favas, depois que ficar sabendo da derrota acachapante!

      Excluir
  15. Ta amarrado deputado barbalho nunca mais, eles querem toda a família dominando o estado

    ResponderExcluir
  16. Ta amarrado barbalho nunca mais

    ResponderExcluir
  17. A alternancia de poder é muito importante. Espero, de coracao, que o helder nao nos decepcione pois nao teremos mais ninguém em quem depositar nossas esperanças. Pt deus me livre, psdb governa o estado há quase 20 anos e estamos cada vez com índices piores, somos sempre os laternas, educacao, saúde, segurança, sanamento, simples estadual. Precisamos de um milagre.

    ResponderExcluir
  18. Deputado, lembre durante a campanha que fabuloso modelo de privatização tucana, onde teve um momento solene para foto com o Jatene empunhando um martelo, terminou com outro momento solene com a celpa vendida pelo mísero $R 1,00 preço de uma garrafinha de água mineral.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.