29/08/2014

Eles não vêm a Belém

Shot 003

Eu avisei que simplesmente subsidiar voos internacionais, sem a implementação de opções receptivas e a ausência de uma política consequente de turismo no Pará, seria mera propaganda de empresa aérea e pura conveniência emissiva.

Na verdade, a primeira escala do voo é quem fica com a maior fatia do bolo. O “para depois vir a Belém” é uma quimera.

Da forma como as coisas foram feitas, estava escrito na estrelas que o Pará estaria subsidiando turismo no Amazonas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.