23/08/2014

Drops de banana nanica

> Delação premiada

Shot 014

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso desde 11 de junho na esteira da  “Operação Lava Jato”, aceitou na tarde de ontem (22) selar um acordo de delação premiada com procuradores que atuam no processo.

Paulo Costa é um dos arquivos vivos dos escuros escaninhos da Petrobrás: uma espécie de homem bomba que disse que se contar tudo o que sabe “não haveria eleição esse ano”.

Um dos efeitos imediatos da delação premiada seria a libertação de Paulo Costa, mas não se deve esperar muito, pois o doleiro Alberto Youssef, também preso na mesma operação que encarcerou Costa, já foi protagonista de uma delação premiada em um processo ocorrido há 5 anos, e não delatou coisíssima nenhuma, por isso os procuradores não lhe quiseram aceitar oferta similar agora.

É esperar para ver.

linha

> Acidentes aéreos

Segundo especialistas na área, com base em estatísticas, os assentos localizados na traseira da aeronave são os que os passageiros têm maior chance de sobrevivência em um acidente aéreo:

Shot 015

Segundo matéria da “Folha de S. Paulo”, edição de ontem (22), três tipos de ocorrências foram responsáveis por quase 69% dos acidentes aéreos ocorridos no Brasil, que já tiveram investigações concluídas desde o ano 2000. A principal causa é a falha humana.

Abaixo um infográfico com os percentuais das causas:

Shot 006

linha

> Marina ao quadrado

Shot 016

No pedido protocolado ontem (22) no TSE, pelo PSB, requerendo a substituição de Eduardo Campos por Marina Silva, essa se declara brasileira, casada, do sexo feminino e de cor/raça preta.

Só ontem, ao ver o ofício de pedido de substituição, soube que o nome completo da candidata do PSB é “Marina Osmarina Marina da Silva Vaz de Lima”.

Isso vai dar em troça: uma Marina pode até ser bom, mas duas já é demais. 1

linha

> Terceirização presidencial

Shot 013

17 comentários:

  1. A Luciana Genro não dá uma dentro

    ResponderExcluir
  2. Parsifal, tem muita gente no sul do Pará, inclusive cabos eleitorais e integrantes do PMDB falando que, se o Helder ganhar, ele vai criar Tapajós e Carajás sem precisar de plebiscito. Vc confirma que essa é uma das propostas dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há nenhuma possibilidade legal de dividir estados ou criar municípios sem precisar de plebiscito. A Constituição da República só permite tais ações mediante plebiscito prévio que consulte toda a população interessada.

      Excluir
    2. Eu questionei isso e falaram que ele vai conseguir a criação através de emenda, que nem foi com o Tocantins

      Excluir
    3. A criação do Tocantins não foi uma emenda constitucional. O estado foi criado pela própria Constituição, por força do Art. 13 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias de 1988.
      Outro estado só poderá ser criado dessa forma se houver uma nova Constituição no Brasil e jamais através de uma emenda.
      Esqueça isso: só é possível criar estados através de processo plebiscitário.

      Excluir
    4. Moro em Rio Maria e tb falam disso aqui, mas já vi que é potoca.

      Excluir
    5. Isso não quer dizer que ele não apoiaria a criação né?

      Excluir
    6. Boa pergunta. Parsifal, qual a opinião do Helder sobre a divisão?

      Excluir
  3. Delação premiada? ou barrigada misturada com forçada de barra em clima eleitoral da Globo e do Estadão?

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=20281

    ResponderExcluir
  4. Acho que o Aécio Neves, já se inscreve como possível candidato a ser cristianizado....

    ResponderExcluir
  5. Caso marina ganhe a presidência da republica, provavelmente a bilionaria família Setubal (dona do Banco Itau/unibanco) e alguns economistas neoliberais da era FHC, irão controlar o Banco Central e impor a chamada autonomia, deixando-o a mercê do mercado financista e transformara o Brasil num cassino a serviço do capital especulativo e volátil internacional. Lembrem que na época de FHC a taxa selic passou dos 40%, do famigerado PROER e da quebradeira de bancos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lembre, apenas, que todos os indices da epoca do FHC eram altos em decorrencia da historia e ele conseguiu abaixa-los... seria impossivel o fhc entregar uma inflação cujo teto fosse 6,5...ele recebeu com 50% ao mes...

      Excluir
  6. Deputado, tem alguma pesquisa eleitoral no forno? E quadro alterou ou continua o mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Liberal, não satisfeito com o resultado do Ibope, contratou o Sensus, talvez buscando outro resultado, ou melhor, outro instituto. Deve estar na rua.

      Excluir
  7. Basta ver onde Roberto Freire do PPS está para ver quem é a segunda via do PSDB : Marina.

    ResponderExcluir
  8. Dr, bom dia. Há um equívoco no post: o nome completo de Marina é "MARIA OSMARINA MARINA DA SILVA VAZ DE LIMA", conforme registro de candidatura (http://divulgacand2014.tse.jus.br/divulga-cand-2014/eleicao/2014/idEleicao/143/cargo/1/UF/BR/candidato/280000000121).
    Att. Cláudio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li no UOL o facsimile do pedido. Deve ter sido erro de digitação. O que vale é o do TSE. Já coloquei uma remissão na postagem para o seu comentário retificando o nome.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.