23/07/2014

Ibope: Dilma venceria em 1° turno e aumentaria a vantagem caso houvesse 2° turno

Pesquisa Ibope divulgada ontem (22) à noite não traz novidades sobre a corrida presidencial: os resultados de 1° turno, guardadas as margens de erro, não se diferenciam da duas outras (Datafolha e Sensus) já publicadas na semana passada.

> Intenção de votos espontânea dos três principais candidatos

Shot 007

> Intenção de votos estimulada em todos os candidatos

O percentual obtido pela presidente Dilma (38%) é 3 pontos percentuais maior que a soma dos percentuais obtidos pelos demais candidatos na disputa. Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma poderia vencer a eleição em 1° turno, pois sua vantagem está 1 ponto percentual acima da margem de erro.

Em havendo um eventual 2° turno, o Ibope difere do aperto dos resultados obtidos pelo Datafolha e Sensus, que colocaram a presidente Dilma praticamente empatada com Aécio Neves.

> Cenário de 2° turno com Aécio Neves

Shot 005

> Cenário de 2° turno com Eduardo Campos

Shot 006

A maior taxa de rejeição é a da presidente Dilma Rousseff e a menor a de Eduardo Campos.

> Taxas de rejeição

Shot 010

> A avaliação do governo da presidente Dilma

Shot 012

O Ibope ouviu 2.002 pessoas em todo o Brasil de 18 e 21 de julho. A pesquisa pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e está registrada no TSE sob o número BR-00235/2014. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

3 comentários:

  1. Deputado, como estão as pesquisas para consumo interno aqui no Pará?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é possível revelar números, mas estamos bem melhor do que imaginaria eu nessas alturas do campeonato.

      Excluir
    2. Também com um cabo eleitoral chamado jatene. assim fica fácil. dilma lá e helder aqui. fora tucanada.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.