08/07/2014

7 x 1 - Eu nunca pensei acabar tudo assim…

Shot 008

20 comentários:

  1. Deputado,
    Simples. Diziam que a copa era comprada ou quem sabe o cheque estava sem fundo. Porque a outra pagou em euro.

    ResponderExcluir
  2. 7 X 0 é marca registrada do Paysandu. O pessoal do remo ia ter a companhia da selemerda do filipão.

    ResponderExcluir
  3. Caro dep. Parsifal , foi amador contra profissional, em uma escala 30 % se ganha com emoção e 19% na raça, dentro da probabilidades, 51 % nunca será vencido guando aplicado com responsabilidade e determinação isso chama se profissional , como um tecnico campeão do mundo faz experiencia em plena copa ? explicação, ja está cansado não possui mais a mesma gana , observe o tecnico da Alemanha, jovem treinador com gana de fazer conquista, isso tudo que falo tranpostor para a Política do Pará, já esta na hora de trocarmos esse governador, já está cansado, e o que é pior, admite que ´só será candidato, pq o grupo políticonão possui outro nome, que possua musculatura política, bem, agora efetivamente começa as eleições 2014 !!!! indeciso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seleção não é amadora. Chegou onde chegou com talento. Devo considerar, na minha ignorância futebolística, que uma singularidade excepcional desmilinguiu o time. Talvez a falta do Neymar... Há coisas que são a liga de uma composição...

      Excluir
    2. Deputado, quem fez falta foi o zagueiro Tiago Silva. Todos os sete gols foram feitos de dentro da área e com troca de passes. O Neymar depois do jogo foi visto agradecendo ao Zúñiga pela joelhada, esta que o tirou da copa e evitou de estar em campo ontem e fazer parte do que até agora não tem e nem terá explicação. Também foi visto o goleiro Júlio Cesar reclamando ao Zúñiga que a joelhada podia ter sido nele.

      Excluir
  4. O que aconteceu entre uma seleção pentacampeã ser derrotada em seu campo por outra tricampeã pelo placar de 7X1 não se explica.... só o Sobrenatural de Almeida personagem literário de Nelson Rodrigues...explica!








    ResponderExcluir
  5. E deputado, e com certeza o jovem tem planejamento, não se levando com a coxa. E com isso se tem grandes resultados como o jogo vexatório que acabamos de ver.

    ResponderExcluir
  6. Simples, o Aercio foi ao estádio, diga-se, saiu antes do final, grande torcida....
    Pé frio do c.....

    ResponderExcluir
  7. Parsifal;

    Desde que chegou ao Brasil a Alemanha vem demonstrando uma excelente preparação para a copa. Noventa e nove entre cada 100 brasileiros ficaram impressionados com o incrível toque de bola deles. Ouvi em uma entrevista alguém comparar (errado) este time da Alemanha com algumas seleções brasileiras do passado. Naturalmente esqueceram que os menos emotivos também são menos instáveis.

    O Felipão preferiu manter um esquema de jogo que já vinha demonstrando ser ineficiente com seleções abaixo do nível da Alemanha; o Brasil escapou por pouco da desclassificação com o Chile. Falta de jogadores? Conflito de interesses em jogo? O certo é que o time vinha ganhando em função da empolgação e da dupla de zagueiros, desfeita ontem.

    Quando começou a 'chuva de gols', cheguei a imaginar um placar de 10 a zero ou mais - menos ruim para nós paraenses, acostumados a ver o Paysandu pegar de nove a zero dos times de São Paulo.

    ResponderExcluir
  8. Parsifal;

    A respeito daquele 'projeto secreto' que vinha sendo engendrado na Santa Casa, ficamos sabendo de tudo. O assim chamado 'pacto entre os entes públicos' foi mais uma barretada aplicada pelo governo Simão Jatene em cima dos servidores públicos estaduais; ou seja: Jatene inspirou-se na 'contabilidade criativa' para reinventar um novo método de distribuição da verba da GDI, por entre meandros contábeis que ao final deverá reduzir em 20% o montante a ser pago aos servidores.

    Digo 'reinventar', porque desde a sua origem, o regulamento da GDI tentou inculcar na cabeça de alguns, que ao deslocar generosos percentuais - para poucos - e ao mesmo tempo limitar os quanta individuais a um percentual do vencimento, as corcovas do camelo seriam aplainadas a menos da metade. Novidade!

    ResponderExcluir
  9. Jogadores vendidos precocemente como mercadoria ao estrangeiros e que ninguém conhece (ou alguém conhecia escrete canarinho antes da convocação para a copa das confederações?). Negociados em tenebrosas transações com de dinheiro de origem duvidosa (ou alguém pode explicar a origem dos milhões administrados pelo pai do Neymar? Ou dos 172 milhões que vale o passe do Hulk?). Jogadores vilipendiados em seus caráter, que perderam a brasilidade e o amor pela camisa, que jogam muito mais com um controle de playstation nas mãos, que preferem valorizar suas contas bancarias milionárias e posantes carrões; que vivem mais na frente do espelho cultuando suas tatuagens, brincos de diamantes e a qualidade do tingimento de seus cabelos.
    Técnicos e assessores ultrapassados e burros. Dirigentes da FIFA e CBF que teriam que estar cumprindo penas em penitenciárias de segurança máxima por um longo período.
    E ainda tem parte de imprensa omissa e bajuladora dos interesses desse esquema fraudulento. Tudo isso corrói e afunda o evento da copa do mundo, entristece e afasta cada vez mais os sofridos torcedores.

    ResponderExcluir
  10. E ainda tem essa múmia que preside a federeação paraense e afunda o nosso futebol há decadas.

    ResponderExcluir
  11. Parsifal, pra que querer entender? Já acabou mesmo. Vamos pensar agora em como derrotar o Barbalho, isso sim é importante para a sociedade paraense.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso deve ser você, pois eu estou pensando em vencer.

      Excluir
    2. Para vencer é só contratar o Parreira e o Felipão. Tá dado a dica.

      Excluir
  12. Para refletirmos:

    "Isso representa mais que um simples jogo! Representa a vitória da competência sobre a malandragem! Serve de exemplo para gerações de crianças que saberão que pra vencer na vida tem-se que ralar, treinar, estudar! Acabar com essa história de jeitinho malandro do brasileiro, que ganha jogo com seu gingado, ganha dinheiro sem ser suado, vira presidente sem ter estudado! O grande legado desta copa é o exemplo para gerações do futuro! Que um país é feito por uma população honesta, trabalhadora, e não por uma população transformada em parasita por um governo que nos ensina a receber o alimento na boca e não a lutar para obtê-lo! A Alemanha ganha com maestria e merecimento! Que nos sirva de lição! Pátria amada Brasil tem que ser amada todos os dias, no nosso trabalho, no nosso estudo, na nossa honestidade! Amar a pátria em um jogo de futebol e no outro dia roubar o país num ato de corrupção, seja ele qual for, furando uma fila, sonegando impostos, matando, roubando! Que amor à pátria é este! Já chega!!! O Brasil cansou de ser traído por seu próprio povo! Que sirva de lição para que nos agigantemos para construirmos um país melhor! Educar nossos filhos pra uma geração de vergonha! Uma verdadeira nação que se orgulha de seu povo, e não só de seu futebol!!"
    CurtirCurtir · · Promover · Compartilhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este textinho estava pronto para ser publicado, assim que acabou o jogo foi jogado na internet. Tá facinho ver dedo de oposição nele tentando associar a incompetência do Felipão ao governo, né?

      Excluir
    2. o trecho "população transformada em parasita por um governo que nos ensina a receber o alimento na boca e não a lutar para obte-lo" só vale para pobre, né? quando se trata renuncias fiscais, empréstimos a longuíssimo com taxas amigáveis de banco publico, não s eaplica à classe alta brasileira pois empresariado brasileiro não tira do próprio bolso.

      Excluir
  13. A seleção alemã, pode até não ser campeã do mundo, mas já algum tempo venho observando que essa seleção segue a sina das campeãs. Em sua base tem 7 jogadores do campeão Bayern, que não precisam nem olhar: já tocam a bola sabendo que o jogador vai estar lá. Lembram das grandes seleções brasileiras do passado ? Tinham suas bases sustentadas por Santos, Fluminenses, Vasco da Gama e até Cruzeiro.
    Hoje nossa "seleção" é uma colcha de retalhos. Os jogadores jogam em diversos times do exterior. Não existe uma base como a da Alemanha, da Espanha campeã em 2010, da França etc, e por aí vai. A saída de qualquer seleção é jogar com uma base de jogador de um time, com no mínimo 5 jogadores que se conhecem.

    ResponderExcluir
  14. Luiz Mário de Melo e Silva09/07/2014 22:17

    antigamente a grande maioria dos jogadores de futebol brasileiro morria alcoólatra e miserável. hoje, isso já não acontece mais. que bom, afinal eles se tornaram milionários, e, não só, por serem atletas, como também garotos-propaganda, é exigido que possuam total perfeição física. logo, onde já se viu milionário e estrelas de comerciais trabalhar como "pião"? lembrem que suas pernas, sobretudo, são suas ferramentas de trabalho e seu ganha-pão e que jamais serão colocados em risco. ou seja, se der para ganhar uma partida, tudo bem. se não, fica-se na expectativa da próxima, mas sempre com muita propaganda. afinal, a propaganda é a alma do negócio....mas isso não é problema dos jogadores de futebol, compra ilusão quem desejar.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.