06/01/2014

Luxo e riqueza

Reportou a “Folha de S. Paulo” ontem (6) que o Governo Federal paga um aluguel de US$ 23 mil mensais (R$ 54 mil) em um apartamento em Nova York, para residência do embaixador adjunto do Brasil na ONU, Guilherme Patriota.

A vizinhança é de ricos e famosos. Ali moram, por exemplo, os cantores Madonna e Bono, o diretor Woody Allen e os atores Al Pacino e Bruce Willis. No quarteirão também está uma das mais exclusivas residências de Nova York, o Edifício Dakota, onde morou, e foi assassinado, John Lennon.

Shot001

Guilherme é irmão do embaixador do Brasil na ONU, Antonio Patriota, que também mora no mesmo prédio, o Apthorp,  no Upper East Side, um edifício renascentista tombado pelo Registro Nacional de Lugares Históricos dos EUA.

Shot002

A Folha fez comparações entre os alugueis pagos pelo Brasil na representação da ONU e o que pagam as grandes corporações privadas do mundo para residirem os seus executivos na Big Apple: os alugueis do Brasil são o dobro e até o triplo.

Não se trata aqui de superfaturamento de aluguel, pois o local e o apartamento valem. É claro, idem, que os plenipotenciários do Brasil na ONU não devem morar no Hotel Pensilvânia, mas US$ 23 mil de aluguel é esnobação que país nenhum no mundo, exceto o Brasil, se dá ao luxo.

Por US$ 6 mil aluga-se um ótimo apartamento no Westside, onde está a classe média alta e onde reside a maioria dos diplomatas dos países com assento na ONU.

2 comentários:

  1. guilherme de marabá06/01/2014 21:37

    com a pólvora dos outros o cara atira em lambu ,anum ,ósga, nágua, no vento....
    fliz ano novo

    ResponderExcluir
  2. Os brasileiros diplomatas quando em missão fora do Brasil fazem questão de demonstrar este estilo.Sempre foi assim! Que fazer?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.