24/12/2013

Morreu Mikhail Kalashnikov, o inventor do AK-47

Morreu ontem (23), aos 94 anos, em Ijevsk, capital da República da Udmúrtia, na Federação Russa, um dos gênios da corrida armamentista mundial, o russo Mikhail Kalashnikov, inventor do mais popular, letal e resistente fuzil de assalto: o AK-47.

Shot009

O AK-47 ainda é o rifle de assalto padrão da infantaria russa e seguramente o mais usado em todo o mundo: adotado pela infantaria de mais de 80 países, o AK-47, já vendeu mais de 100 milhões de unidades até hoje.

Nas aparições que Osama bin Laden fazia antes de ser executado pelos EUA, ele sempre portava um AK-47.

Pelo desenho e elaboração da arma, Kalashnikov recebeu as maiores honrarias da então União Soviética e depois da Federação Russa.

Shot010

O sucesso do AK-47 é sua rusticidade: é pau para toda obra. Trabalha sujo de lama, dispara molhado de agua, sujo de poeira e não exige manutenção. Seu alcance, cerca de 300 metros, é curto, mas mortal. Por ser usado na infantaria, não precisa de alcance longo.

Quem o porta tem que ser como ele, rude e corajoso, pois é uma arma pesada e de coice forte, por disparar munição de 7,62 x 39 mm. Por pouca precisão, o combatente tem que chegar perto para disparar e chegar atirando, pois a rusticidade da mira é compensada pela velocidade da propulsão bélica, que o permite cuspir 600 tiros por minuto. Faz também às vezes de baioneta quando exaure a munição e o infante já está mano-a-mano. 

Em uma entrevista à BBC, ao ser perguntado se não se arrependia de ter desenhado uma arma que já matou mais de 10 milhões de pessoas, Kalashnikov respondeu: “inventei para a proteção do nosso país e não carrego nenhum arrependimento. Também não tenho responsabilidade sobre como os políticos a utilizam”. Sobrou para os políticos…

Kalashnikov afirmou que jamais quis receber qualquer valor pela invenção do AK-47 e que vivia dos royalties da venda de uma vodca que também leva seu o nome.

2 comentários:

  1. Deputado Parsifal,

    Realmente, o AK-47 apresenta uma eficiência fantástica. A acoplação de sua estrutura longa com seu carregado impõe uma portabilidade mecânica ideal a quem manuseia este armamento. Muitos assaltas de banco preferem o AK-47 ao Fuzil 7.62 mm, devido sua portabilidade e leveza, no entanto o que é oportuno frisa foi a evolução deste armamento no decorrer do tempos, que remonta desde a segunda grande guerra.

    Att.

    Arthur Anaissi

    ResponderExcluir
  2. Wow - that’s all I got to say after reading this.

    Not sure if I agree with all of the finer point in the post but I do
    like what you have to say overall. How long
    did it take you to research this topic? You should consider
    being a guest writer on some other platforms.

    Feel free to surf to my web-site: OilHeatIsSafe.tumblr.com/

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.