22/12/2013

Cientistas reconstroem o rosto de Robespierre, um dos expoentes da Revolução Francesa

Os cientistas forenses Philippe Charlier e Philippe Froesch, reuniram pinturas de retratistas da época, depoimentos de testemunhas lavrados em livros históricos e a máscara mortuária de um dos expoentes da Revolução Francesa, e lhe reconstruíram o rosto com a ajuda de um potente software de elaboração de retratos falados.

Shot007

> O Tirano

Trata-se de Maximilien de Robespierre, o implacável líder revolucionário jacobino, chamado pelos seus adversários de “o tirano”, por ter despachado à guilhotina milhares de pessoas. A saga para consolidar o processo revolucionário foi tão insana que o próprio Robespierre veio a ser vítima da lâmina, depois de Danton e Marat, em 1794, aos 36 anos, no período mais sanguinário da Revolução, conhecido como o Reino do Terror.

Os opositores de Robespierre, principalmente localizados no Comitê de Segurança Geral, aliados aos seus adversários na Convenção, patrocinaram um golpe que o arrestou.

Shot008

A Comuna de Paris, pasto dos seus aliados, tentou debalde um contragolpe: no fatídico 10 thermidor do ano II, que correspondia a 28 de julho de 1794, Robespierre, seu irmão Augustin e mais 17 membros da Comuna foram sumariamente guilhotinados. Entre estes estava Saint-Just, um dos idealistas da Revolução.

> Sarcoidose

Lendo os depoimentos de pessoas que conviveram com Robespierre, Charlier e Froesch concluíram que quando ele foi guilhotinado já estava em avançado estágio de uma condição conhecida como sarcoidose, “em que o sistema imune passa a atacar tecidos e órgãos das vítimas”.

Shot006

Explicaram Charlier e Froesch que os principais sintomas da doença que acometia Robespierre são constantes sangramentos nasais, icterícia, ulcerações nas pernas, espasmos nos músculos dos olhos e da boca, fadiga e sensação de mal-estar crônicos.

Em sendo isso uma verdade, a guilhotina, longe de uma pena, fez-se um alivio para Robespierre, pois além de portar sintomas tão agressivos, a sarcoidose pune o acometido até a morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.