15/11/2013

Desmatamento na Amazônia sobe após 4 anos de queda e Planalto endurece fiscalizaçao

Shot001

Em virtude do aumento do índice do desmatamento da Amazônia em 2013, a presidente Dilma Rousseff determinou providências para ampliar o número de municípios na Amazônia que recebem fiscalização, e torna-la mais rígida para todos.

O Ministério do Meio Ambiente monitora hoje 52 municípios na Amazônia e o incremento no desmatamento em 2013, após 4 anos seguidos de queda, acende a luz amarela no Planalto.

Dos 52 municípios observados, 11 foram os responsáveis pelo ápice da curva do desmatamento, e todos eles estão no Pará e no Mato Grosso.

Em 2013, o desmatamento na Amazônia foi 28% maior em relação a 2012, o que faz com que o Planalto tenha perdido essa batalha, pelo menos em 2013, para os desmatadores.

8 comentários:

  1. E querem fechar o ibama em tucurui

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvidas. Afirmo que o controle do desmatamento na Amazônia só teve um responsável a atitude de Marina Silva a frente do MMA..Depois de sua saída começou o retrocesso. Não há na minha opinião como reverter isso.E lamentável
    .

    ResponderExcluir
  3. O Estado precisa imitar o que qconteceu em Paragominas.

    Felix dos Santos Morais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chamar os madeireiros, derrubar a floresta toda ao redor, escravizar os trabalhadores e depois dizer que é município verde?

      Excluir
  4. O que o Simão preguiça, está fazendo para diminuir o desmatamento no pará.? Com certeza porra nenhuma.

    ResponderExcluir
  5. Eis a conta enviada pelos ruralistas para o povo pagar.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.