22/11/2013

Bravatas etílicas

Shot010

9 comentários:

  1. A Policia Federal precisa ir fundo nessa investigação. Rídiculo esse argumento do Antonio Armando sobre bebida. Deveria ir preso imediatamente. Só um bebezinho de colo ainda não sabe das tramóias perpetradas para facilitar ou prejudicar a vida de politico no TRE Paraense.

    ResponderExcluir
  2. Este cara veste calça, mas não é macho. Todos sabem que ele falou sério. Ainda bem que é um cara já riscado do mapa, liquidado e enterrado no meio político, que o digam o povo de Marituba. Mas a PF saberá conduzir este processo e encaminhar para a Justiça para as formalidades legais.

    ResponderExcluir
  3. E a mesa que o AA senta pra beber tem várias cadeiras.

    ResponderExcluir
  4. Na realidade este depoimento lembra a estória de bêbado com delegado

    ResponderExcluir
  5. Vocês notaram que em toda denuncias a desculpa é bebida, no caso Mario Couto, nesse do Antonio Armando quero ver no dia que envolver um evangélico!

    ResponderExcluir
  6. Teria vergonha de ser filho, parente, desse sem vergonha, veste calça mais é um covarde, mais uma coisa ele acabou admitindo foi ele quem falou com isso já caberia a prisão tendo em vista que primeiramente teria dito que não seria sua a voz na gravação, se sou procurador Federal pediria sua prisão. vamos ver se os procuradores terão coragem.

    ResponderExcluir
  7. Pobres de nos Marabaenses que tem um prefeito que se envolve com um tremedo pilantra dessa marca.

    ResponderExcluir
  8. Então ele já reconheceu que a voz é dele! Não esperou nem a perícia! Antes havia dito que não era ele quem estava na gravação. Alguém pode acreditar nesse meliante ?

    ResponderExcluir
  9. No Brasil, os órgãos mais enganados são: Justiça, Tribunais de Contas e Receita Federal.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.