22/11/2013

À mestra, com carinho

Shot001

A professora doutora em ensino especial Irene Rodrigues, coordenadora do Campus XIII da Uepa, em Tucuruí, lança hoje (22), o livro “A Inclusão de pessoas com necessidades especiais no processo educativo escolar: uma experiência inversa”.

O livro resulta da sua pesquisa de doutorado, baseada na “Escola Municipal de Ensino Fundamental Odinéia Leite Caminha”, construída quando fui prefeito de Tucuruí, para atender alunos com deficiência.

As merecidas loas que teço à professora Irene são por dois motivos:

1. Filha de um ferreiro da extinta Estrada de Ferro Tocantins, que educou os filhos moldando, na bigorna e na marreta, o ferro em brasa que puxava da fornalha, que depois de torneado fazia-se em peças de reposição para as locomotivas,  e de uma dedicada dona de casa que os mantinha sob rédeas curtas, ela dedicou, e ainda dedica, ao magistério, a sua vida.

2. O ferreiro e a dona de casa eram os meu avós maternos, portanto ela é minha legítima tia, e ajudou-me a educação, assim como a das minhas três filhas.

Esse povo, cujos ascendentes se fizeram ao Mediterrâneo, atravessaram o Atlântico, e não sei porque desígnios, e nem fugindo de quem, meteram-se no Rio Tocantins, em cujas beiras fizeram morada, tinha algo em comum: ou  a meninada estudava ou berrava nas bordoadas e ainda ficava de joelhos no milho. A maioria preferiu estudar, pois doía menos.

Abaixo o currículo da tia Irene:

Shot005Irene Elias Rodrigues é Licenciada Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará, Especialista em Metodologia de Ensino do Excepcional pela Universidade Federal do Pará, Especialista em Orientação Educacional pela Universidade Federal do Pará, Especialista em Fonoaudiologia pela Faculdades Integradas Estácio de Sá, Especialista em Estimulação Essencial ao Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre e Doutora em Educação Especial pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Integra o Grupo de Pesquisa Educação Popular na linha de Educação Inclusiva e Diversidade, na rede Educação Inclusiva na Amazônia Paraense.

Desculpem pela tietagem, mas ela merece. Parabéns, tia Irene.

Parsifal, Ann, Lulu, Lalá e Lili

11 comentários:

  1. Jorge Caddah22/11/2013 09:48

    Parabéns, tia Irene.

    ResponderExcluir
  2. Uma mulher que colaborou(secretaria de Educação) e colabora(UEPA) com a educação de Tucurui. Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Wilson e Edileuza22/11/2013 12:30

    Acrescente nossos nomes ao grupo dos que, incondicionalmente, tietam a "fessora" Irene. Parabéns, minha querida mestra!

    ResponderExcluir
  4. Eu estou longe de Tucuruí, mas parabéns para a professora Irene. Arthur

    ResponderExcluir
  5. Francisco Marcio22/11/2013 19:01

    Pelo seu comentário, Tia Irene é digna das oblações, hoje cada vez mais é raro pessoas destinarem seu ofício aos mais necessitados.

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Como eu já lhe disse, o único na família que resolveu sair da linha e entrar na política fui eu, para o revolver do meu pai no túmulo e a desaprovação de todo o resto da prole.

      Excluir
  6. Francisco Marcio22/11/2013 20:21

    Então reveja Nobre Deputado. Atenda o anseio de toda a prole, abandone a política.
    Tem coragem?!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem tem medo não entra em política. Não tenho, por enquanto, nenhum motivo para sair dela e quando eu tiver, não fico um minuto mais nela.

      Excluir
  7. vera.pastoral@bol.com.br22/11/2013 22:50

    Parabéns D.Irene e muito sucesso com seu livro

    ResponderExcluir
  8. Estivemos no lançamento do Livro para também tietarmos a Professora Irene e por acreditarmos que essa obra é um presente para a Sociedade. A noite foi pura emoção com depoimentos sinceros e em especial destaco o da Professora Elvira que tornou realidade o processo de inclusão na Escola Odineia. Parabéns!!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.