28/10/2013

Fulanos, beltranos e cicranos

Shot003

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), juntamente com a neo-pragmática-socialista, Marina Silva, em ato realizado hoje (28), em São Paulo, lançaram “as bases para a construção de um programa para o Brasil.

> Uma nova jornada

A dupla teceu críticas ao establisment: aquelas que todos tecem, mas continuam praticando quando montam o alazão.

Para uma plateia seleta - pouco mais, ou pouco menos, que 150 pessoas – Campos disse que o compromisso do PSB "não é ganhar a qualquer preço" e que ali iniciavam “uma jornada”.

> Lula, o inatacável

Tentado afastar da neurologia popular a ideia de que são adversários de Lula (segundo os marqueteiros, opor-se a Lula mais tira do que dá votos), ambos afirmaram que preservarão as conquistas econômicas e sociais iniciadas por Lula, mas opinam pela necessidade de novas práticas políticas e econômicas.

> Marina Silva por Marina Silva

Marina Silva fez o papel de Marina Silva, ao afirmar que “por mais que a estabilidade econômica tenha sido alcançada durante o governo de Fernando Henrique Cardoso e os avanços na área social sejam fruto das iniciativas do ex-presidente Lula, esses ganhos já não podem mais ser fulanizados, para evitar uma institucionalização predatória das conquistas da sociedade".

> Marina Silva por Eduardo Campos

Eduardo Campos explicou Marina Silva: “as conquistas dos governos anteriores correm o risco de serem perdidas e chegou o momento de iniciar um novo ciclo e colocar em prática a nova política reclamada nas ruas pela população”.

> Ambos por mim

Frigindo os ovos: Eduardo Campos e Marina Silva ratificam o que os tucanos e os petistas fizeram pelo Brasil, mas para que esse legado seja mantido, nem os tucanos, que iniciaram, e nem o petistas, que continuaram, dão conta de protagonizar, e para que os feitos do pretérito e do presente se potencializem, devemos chamar Eduardo Campos e Marina Silva para a proa.

A outra opção é continuarmos fulanizados entre os beltranos, que são os tucanos, e os cicranos, que são os petistas.

5 comentários:

  1. SOCIALISMO DE RESULTADOS

    Parte I

    Meu caro Parsifal

    Realmente a palavra chave é discurso, discurso que em termos político não passa de um palavreado , palavreado de uma pragmática , não uma que tenha em conta a relação entre os interlocutores e a influência do contexto mas uma nas formalidades de uma boa sociedade, sectária quanto a inteligência de alguém ao pinturilar um programa por temer ser digna de tocar na verdade que é expor as mazelas do Lula!

    Seu socialismo é o que salvara o Brasil enquanto o meu é o da Margaret Thatcher, que dura até acabar o dinheiro dos outros, será que não era correto ela dizer é impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem a classe media pela prosperidade, que cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber, que o governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém.

    Devia era perder o medo e falar que o que está acontecendo no Brasil, se alguém vai transar, o governo dá camisinha, se já transou, o governo dá a pílula do dia seguinte, se já teve filho,o governo dá o Bolsa Família, ta desempregado,o governo dá Bolsa Desemprego, não fez planejamento familiar e teve um filho com cada pai o governo da Bolsa Escola, vai prestar vestibular,o governo dá o Bolsa Cota, não parou em emprego nenhum e por isso não tem dinheiro pra comprar os remédios o governo dá remédio de graça não quis trabalhar e agora não tem onde mora o governo livra do aluguel fazendo sorteio de casa própria, não tem terra e invade uma alheia produtiva o governo dá o Bolsa Invasão para e ainda te aposenta, no Brasil não existe plano serio de capacitação para manter essa dependência, devia diz isso e perguntar de onde veio o dinheiro!

    Devia colocar que desde janeiro de 2012 o governo incentiva todo tipo de criminalidade quando instituiu o AUXÍLIO RECLUSÃO no valor de R$ 915,05 "por filho" para sustentar a família, que isso incentiva porque um pai de quatro filhos que ganha o salário mínimo (base da pirâmide populacional que trabalha) vai entrar para o crime pois caso seja preso ganhara R$ 3.660,20 e economizara comendo fora!

    Informa a população que fazer bolsa de couro de jacaré, onça, cobra etc é crime federal , mas dar todos esses tipo de auxílios e bolsas tirando o couro de quem trabalha não é nem curral eleitoral antecipado!

    Fim da parte I
    Segue

    ((((MCB))))

    ResponderExcluir
  2. SOCIALISMO DE RESULTADOS

    Parte II

    Lembro de uma historia onde um professor resolveu mostra para uma classe de socialista o que era realmente o socialismo e convocou os alunos para tal , mas em invés de dinheiro, usariam suas notas nas provas." Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam 'justas'. Isso quis dizer que todos receberiam as mesmas notas, o que significou que ninguém seria reprovado. Isso também quis dizer, claro, que ninguém receberia um "A"!

    Depois que a média das primeiras provas foram tiradas, todos receberam "B". Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.

    Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos - eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Portanto, agindo contra suas tendências, eles copiaram os hábitos dos preguiçosos. Como um resultado, a segunda média das provas foi "D". Ninguém gostou.

    Depois da terceira prova, a média geral foi um "F". As notas não voltaram a patamares mais altos mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por 'justiça' dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. Portanto, todos os alunos repetiram o ano... Para sua total surpresa.
    O professor explicou que o experimento socialista tinha falhado porque ele foi baseado no menor esforço possível da parte de seus participantes.

    Esse é o socialismo político que Eduardo e Marina estão usando, o do menor esforço em não ataca nem e só elogiar o PSDB do Aécio por parte do Eduardo e o PT do Lula por parte da Marina!

    Alguém disse “É impossível multiplicar riqueza dividindo-a”, só não foi o Adrian Rogers, em 1931, ele nasceu em West Palm Beach, Flórida em 1931, e por tal não tinha idade para isso só se fosse via portal!

    ((((MCB))))


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto preconceito. Escreveu muita coisa para dizer nada, apenas preconceito de classe. Parabéns ao nobre deputado pelo espirito democrático contribuindo para nosso conhecimento dessa infeliz postagem. Credo!

      Excluir
    2. Realmente muito preconceito, uma pena sua origem não se concretize em meras mentiras!

      Excluir
  3. Essa aconteceu no comitê do PSOL após as eleições municipais, um dos eleitos gritou: a partir de hoje todos terão, terra, trabalho e pão. Uma das eleitas então gritou: eu quero meu pão com manteiga Regatas.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.