23/10/2013

A Viúva Branca: Osama Bin Laden de saias

Shot003

A jovem do centro da foto acima é Samantha Lewthwaite, quando era estudante em Aylesbury, uma pacata cidade inglesa.

Depois de sair da Inglaterra Samantha radicou-se na África do Sul e adotou o islamismo quando se casou com o terrorista Jermaine Lindsay, que praticou um dos maiores atentados terroristas da Inglaterra, ao se explodir em uma estação de Londres, em 2005, matando 52 pessoas.

Hoje, aos 29 anos, segundo a Interpol, Samantha é a mulher mais procurada do planeta. Sob o codinome de “Viúva Branca”, comanda, a partir de algum lugar do continente africano, uma das maiores redes de terrorismo da atualidade.

Shot001

Inspirada na Al Qaeda, Samantha, que chegou a encontrar-se com Bin Laden no Afeganistão, organiza eventos terroristas para a Jihad Islâmica, tendo participado, pessoalmente, da série de explosões em embaixadas e hotéis no Quênia, em 2011, e estaria por trás do recente atentando no centro comercial de Nairóbi, onde foram executadas dezenas de pessoas.

A Interpol opina que a Viúva Branca já faz franquia no Médio Oriente e na África: seria uma prelazia dela o al-Shabaab, o mais incisivo e crescente grupo terrorista somaliano.

O mais perto que a Interpol chegou dela foi em 2011,quando uma força tarefa comandada pelos EUA, possivelmente com o seu endereço em Nairóbi descoberto na pilhagem da fortaleza de Bin Laden, no Paquistão, invadiu-lhe o apartamento.

Mas a Viúva Branca já se havia evadido, deixando para trás apenas um computador, cujo único arquivo relevante, talvez propositadamente deixado, era um poema oferecido a Bin Laden, executado dias antes, no qual adverte Barack Obama que o assassinato do líder fortaleceu a al Qaeda, “mais do que nunca”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.