26/09/2013

Sob o risco do TSE não deferir a criação do partido, Marina pede apoio ao Rede na rede

Shot001

Sem assinaturas suficientes para criar a “Rede Sustentabilidade”, Marina Silva, resolveu apelar à rede: lançou hoje (26) uma campanha na qual pede que as pessoas publiquem um vídeo no YouTube, com a hashtag #EuAssinei, falando nome, Estado onde mora e afirmando que assinou a ficha de criação da Rede.

A campanha é ancorada no vídeo abaixo, gravado pelo ator Marcos Palmeira:

Embora a maioria dos simpatizantes de Marina sejam capazes de gravar e postar no YouTube, a mídia e o procedimento escolhidos torna impraticável o sucesso massivo da campanha no pouco tempo disponível.

Mais exequível seria organizar visualizações em um único vídeo ou curtições no facebook, o que também não seria plenamente confiável, pois uma só pessoa, usando o artifício de trocar o IP, pode visualizar e curtir quantas vezes quiser.

Nada disso, não obstante, preenche a lacuna das assinaturas até agora não consideradas pelo TSE, que se mantiver a postura de não validar 95 mil assinaturas do total protocolado, deve indeferir a criação do partido.

3 comentários:

  1. Mаrvelous, what a wеb ѕite it iѕ!
    Thіs blog giveѕ valuable facts to us, keep it up.



    Look at my blog pοst gigi lelo

    ResponderExcluir
  2. Um pena! Pois fui informado que as assinaturas foram conseguidas...Tomara que Marina possa sair candidata. Sem dúvidas elevará a qualidade da campanha. Rasga-se um pouco essa mesmice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela conseguiu. O problema é que o TSE alega que um lote de 95 mil assinaturas não estão validadas pelos cartórios e ainda julgará se as aceitas assim mesmo.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.