30/09/2013

Prefeito de Curionópolis recusa carona do governador

Shot012

Copiado e colado do “Blog do Zé Dudu”, um dos mais lidos do Sul do Pará:

“No último sábado o governador Simão Jatene esteve no sudeste paraense para entregar a revitalização da PA-275. Por telefone a assessoria do governador solicitou ao prefeito de Curionópolis, Chamonzinho, que o mesmo aguardasse Jatene à beira da rodovia pois assim que terminasse a cerimônia em Eldorado este seguiria para Curionópolis.

Chamonzinho, que na hora entregava mais 50 casas do Programa Municipal Casa Nova, Vida Nova, devolveu o recado ao interlocutor mandando o mesmo dizer ao governador que não estaria precisando de carona pra ficar à beira da rodovia, que tinha mais o que fazer. O recado foi transmitido ao vivo pela Rádio Liderança FM, de Curionópolis, que cobria ao vivo o evento. Jatene foi à Curionópolis, discursou e não viu Chamonzinho.”

Em tempo, o prefeito Chamonzinho (PMDB) está todo prosa. Reeleito, ele colocou Curionópolis entre os 10 municípios do Pará com melhor gestão fiscal (2° lugar), e entre os 100 melhores do Brasil (92°).

41 comentários:

  1. Nada diplomático a postura do prefeito, porém deu uma resposta a altura do governador que além de ser ridículo, não merece nossa hospitalidade. Parabéns ao prefeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui ele não merece nada.

      Excluir
  2. Meu caro deputado, tive a oportunidade de em outra postagem mencionar este fato de grande relevância para o mundo político, principalmente para os que vivem no Sul do Pará. Repito que foi uma resposta na bucha, para um governador "presepeiro" e quem não respeita não merece respeito. A propósito deputado corre noticia em vários blogs, a saída do deputado federal Nilson Pinto do PSDB para o novo partido chamado Pros, que no Pará será capitaneado pelo prefeito de Marabá, João Salame. Segundo as matérias ele está saindo atirando em Jatene, falando em traição. Teria afirmado que quando conseguiu R$ 300 milhões para a educação no Pará, através de Paulo Rocha(PT), simplesmente o governador fez com que ele pedisse demissão da Seduc. Sendo este anúncio confirmado o PSDB vai ficar com apenas um deputado federal pelo Pará. Caso possível por favor apure esta noticia e nos avise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fato que houve desgaste na relação entre o governador e o deputado Nilson Pinto, mas apesar dos boatos, não creio que o deputado saia do PSDB.

      Excluir
  3. Isso é lenda urbana.

    ResponderExcluir
  4. Tremenda falta de respeito com o Governador, e nem me prestaria em ficar publicando isso ne pau mandado dos barbalhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somente no anonimato tens coragem de dizer que o deputado é pau mandado.
      Covarde de puxa saco.E esse governador merece respeito?????

      Excluir
    2. Onde não há governo não pode haver governador. Quem não respeita não pode ser respeitado. Por enquanto existe apenas o cargo. Por enquanto!

      Excluir
    3. Aqui no sul do Pará, não é qualquer mequetrefe fantasiado de "por enquanto governador", que vem contar lorota aos nossos ouvidos. Concordo com o prefeito, aqui nós temos mais o que fazer do que ouvir conversa de pescador. A sua turma é outra.

      Excluir
    4. Em Curionópolis só os paus mandados do Lorota foram. Em pequeno número porque a maioria "adoeceu" e levou falta.

      Excluir
  5. Caro Parsifal, a bem da verdade, Simão não discursou em Curionópolis. Em sua chegada para descerramento de uma placa a beira da rodovia Pa 275, não havia mais de 10 pessoas. Ato contínuo, Simão descerrou a placa entrou no micro-ônibus e rumou para Parauapebas. Evidente, sem ver o prefeito e nenhum dos 11 vereadores.
    E.T. - meu anonimato se justifica pelo fato de ser eu uma servidora da Seduc lotada aqui em Curionopolis, e, uma das 10 que forçosamente estava a beira da PA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha cabôco, vou te dizer uma coisa. No Palácio dos Despachos, a situação está igual a de bezerro que não conhece a mãe no curral.

      Excluir
  6. A postura do Prefeito de Curionópolis é louvável, não se manda uma autoridade esperar na beira da Estrada. Se esse governador quiser falar com um prefeito, que marque audiência ou chame para uma audiência no palácio.
    Um governador que responde processo por desfalque nos cofres públicos é péssima companhia. Diga com quem andas, que te direi quem és. Parabéns Chamonzinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Osório;

      É muita palhaçada da parte de governador Jatene fazer um prefeito largar seus afazeres para ir esperar por ele num ramal. Jatene! manda o Adnan te esperar lá no "12" quando passares na BR010. Tem um boteco lá que serve kibes com uma cerpinha bem gelada.

      Excluir
    2. Pede para ele não esquecer o violão e a vara de pescar, pode ter por perto um pesque e pague.

      Excluir
    3. Pelos padrão da educação, o visitado espera o visitante em sua casa ou na Prefeitura. Já pensou o presidente da República, mandar o Jatene esperar na entrada da Candangolândia em Brasília, ou na esquina da ponte JK, no lago Paranoá. Isto é falta de respeito bem acentuada.

      Excluir
  7. To nem ai pras vaidades politiqueiras, de prefeitos que querem aparecer, eu quero mesmo é trabalhar por estas estradas recuperadas, sem ta me lascando como era antes, não vamos nessa onda de cegueiras politicas, vamos ver e aplaudir o que estar certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estás "viajando" na realidade, mas com certeza em algum mundo virtual. É cara não vamos nesta "onda", a nossa "onda" é outra.è "nós" na parada mano, vamos todos "ligados". Vamos meter o "bicho". Cuidado com este governo por que ele pode dizer "perdeu, perdeu playboy entrega logo que esta "parada" é nossa. Só com muita "nóia" a gente está vendo essas estradas "legaaaaais". Ei mano deixa eu ir, que eu ainda quero dá na "carreirinha". Pô mano, muita estrada legaaaaal.

      Excluir
  8. postura deselegante do prefeito chamon,plo que eu sei curianopolis fica dentro do estado do pará portando jatene tambem e governador de curianopolis,eles podem ate divergir nas ideias,mais todos tem que convergir no mais importante que e o bem esta de todo o estado do pará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, onde fica Curianópolis? Pelo jeito no mapa do mundo virtual do desgovernador.

      Excluir
    2. Antes de dizer suas bobagens, venha conhecer a atuação do "seu" governador aqui no sul e sudeste do Pará. Tudo que é estadual por aqui só funciona porque as prefeituras bancam. E se voce não sabe onde fica Curionópolis, passou seu atestado de burrice ou total alienação.

      Excluir
    3. Curionópolis todos sabemos. Não sabemos onde fica Curianópolis. A não ser que mudou de nome e não ficamos sabendo.

      Excluir
  9. é né osorio..... andas com jader barbalho, e quem és pra falar de alguem,ridículo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Osório bem acompanhado. O Político de maior prestígio, nos últimos 40 anos no Pará,, que transformou o sul do Pará, levando o binômio do desenvolvimento de qualquer região, energia elétrica e asfalto da antiga Pa 150, do Araparí até Santana do Araguaia, Mais de mil quilômetros de estrada asfaltada, maior que a metade da Belém Brasilia. O mesmo que que o Jatene adulou por muitos anos, o mesmo que fez Almir, Não há neste estado nem um município que não tenha obras e serviços do Governo de Jader. O resto é simplesmente dor de cotovelo e para isto infelizmente não existe remédio.

      Excluir
    2. Osório diga sempre: O Jader é igual ao Rei Roberto Carlos, tem mais de 1 milhão de amigos

      Excluir
    3. Sinto-me muito bem acompanhado quando um anônimo me anuncia borra botas de Jader, o maior político que este Estado já teve. Obrigado ao anônimo das 18:48 horas que saiu em minha defesa e do meu ídolo Jader Barbalho.

      Excluir
    4. Osório;

      Meeenos... não posso ouvir falar muito do Jáder que eu choro... de arrependimento por um dia ter votado nele.

      Excluir
    5. e seguro a carteira tbm, só pra garantir!!

      Excluir
    6. Tu choras de arrependimento. Nós choramos de saudades. Tuas lágrimas são de crocodilos que conseguiram DAS neste inútil governo de apenas propaganda.

      Excluir
    7. Áulicos, sabem apenas adular, bajular, não possuem argumentos, não discutem, apenas obedecem a aos que os seus patrões mandam fazer. Segura a Carteira que o novo governo é ´Trabalho. Nós éramos felizes e não sabíamos.Vai ter muito ranger de "aspones" que sugam o erário para não fazer nada.

      Excluir
  10. Esse Osório é muito ridículo: é. O maior lambe botas do Jadere em, agora, querer falar de processo.... Santa paciência....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sociedade que está dando certo, não se mexe:
      Jatene tenta emplacar no Tribunal de Contas amigo do peito acusado de corrupção. Sérgio Leão, que deixou Secretaria de Proteção para concorrer à vaga do TCM, está indiciado no inquérito da CERPASA junto com Jatene.
      Eles são acusados de receber R$ 31,2 milhões, em valores atualizados, entre propinas e dinheiro de caixa 2, em troca de benefícios fiscais à empresa. Inquérito se arrasta há 9 anos.

      Excluir
    2. Só para refrescar sua memória, o processo que está parado há 9 anos que apura os desvios de recursos identificado coso CERPASA. O Diário do Pará de Domingo 29-09-2013, noticia o assunto no primeiro caderno, página 14.
      O processo está em pauta novamente, foi desengavetado.

      Excluir
  11. Deputado,
    Esse é só o início do DESESPERO do Loroteiro, o tempo se exaure e sua Secretária de Administração não sabe mais o que fazer, e olhe que o que não falta é plástica na sua face, pensaram que iam conseguir manter os servidores sem manifestações e greves, quebraram a cara como no final de seu desgoverno em 2006.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Lorota já está carimbado como o "perseguidor dos funcionários públicos", que digam os funcionários da saúde, da segurança, da educação... e por aí vai.

      Excluir
    2. Mais novo escândalo vem à tona:
      No governo tucano é assim: “E rola pai e rola filho, eu sou da família, eu também quero mamar”. Noticia fresquinha de hoje: "Empresário quer construir shopping center no Feliz Lusitânia, na Cidade Velha, ao lado da Igreja da Sé e contrata Paulo Chaves para elaborar projeto. “Shopping de Charme” revolta internautas, que veem agressão ao patrimônio histórico de Belém. Filho de Paulo Chaves é simplesmente diretor da Seurb e responsável pela liberação de projetos desse tipo. É mais um rolo do secretário de Cultura do Pará, cuja cabeça já foi pedida pelos artistas locais".

      Excluir
    3. São tantos escândalos, que vamos colocar numeração neles. Ou se concordarem, que tal classificar por ordem alfabética?

      Excluir
    4. Estão chegando:
      POLÍCIA FEDERAL CUMPRE MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO NA DELTA

      Uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) cumpriu mandados de busca e apreensão na sede e em filiais da construtora Delta na manhã desta terça-feira, 1º.

      A ação, batizada de Saqueador, mobilizou cerca de 100 agentes da PF e foi realizada simultaneamente no Rio, em São Paulo e em Goiás. Segundo a PF, a Saqueador investiga desvio de recursos públicos e teve origem em informações provenientes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada em 2012 para investigar organização criminosa que atuava no estado de Goiás.

      Excluir
  12. coitado do povo que tem que ficar entre jaderes, jatenes, duciomares e etc... que faaaaaaaase!!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo 10:20;

    Pobre de mim. Nunca soube nem o que é uma 'função gratificada', e se você prestar atenção, tenho mais motivos para detestar esse governo atual. Como diz o Parsifal, 'a raiva mais recente é a mais influente'.

    ResponderExcluir
  14. cego politico é aquele que não quer andar de carro, de Belem a Maraba, via alça viária, pois o trecho que ainda não estão bom, as maquinas ja estão trabalhando, recomendo muito cuidado aos que dirigem virtualmente.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.