27/09/2013

Eufemismo, falácia, metonímia, metáfora e catacrese

Shot007

Sua excelência poderia esclarecer quais são as partes dessa sociedade que leva alguns ungidos às cadeiras dos tribunais? Não vale responder que a sociedade "é o povo", pois o povo é o sujeito indeterminado que nada tem a ver com isso. 

Apesar de todas as figuras que couberam no título, pensando bem, acho que a frase se acaba por resumir em outras duas: ironia e anafóra.

A caricatura que ilustra o cartaz é de autoria do artista Luciano Meskyta.

39 comentários:

  1. Parsifal;

    Que tal uma "antonomásia"? Nesse caso "a sociedade" passou a ser usada no sentido do próprio governador, seu fidelíssimo amigo, as vagas de assessor, os filhos daquele e os deste, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, eu não lembrei da antonomásia. Se formos analisar com profundidade a fala, acabamos concluindo que nela cabe todas as figuras de linguagem: sua excelência é um verdadeiro anacoluto.

      Excluir
    2. Não o trataria como Sua Excelência. Com tanta palavra "desconhecida" para a grande maioria, para o Sr, Jatene ficaria melhor Sua Excrecência.

      Excluir
    3. O "prestigio" do governador virtual, que precisou até de político que não tem mandato para ser recebido por Ministro. Paulo Rocha "empastelou" o que poderia ser mais uma jogada ensaiada pelos marqueteiros do governador da "sociedade". Tudo estava preparado para a enganação. O assunto já havia sido discutido há algum tempo por lideranças políticas com o Ministro dos Transportes sobre ferrovia e outras reivindicações do Estado do Pará, mas o governador virtual tentou aparecer para a plateia abanando com o chapéus alheios. Governador ficou com "cara de tacho", enquanto o Paulo Rocha, agiu com bastante desenvoltura junto ao Ministro César Borges.

      Excluir
  2. Governador virtual não sabe o que é povo. Por não saber naturalmente mistura alhos com bugalhos. Talvez esteja confundindo sociedade com o sócio. Segundo o poeta o que dá pra rir dá pra chorar. Por isso mesmo só tomando uma Cerpa bem gelada.

    ResponderExcluir
  3. Questão de Português
    A palavra Cerpa atualmente representa uma marca de cerveja paraense, mas no caso em tela no futuro pode representar uma maracutaia.
    Esse recurso de alteração de sentido denomina-se
    A) metáfora.
    B) metonímia.
    C) antítese.
    D) eufemismo.
    E) ironia.

    ResponderExcluir
  4. Deputado o Jader indicou o Antonio José e o mundo não acabou! O Governador pode ter preferencias tambem quanto ao indicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mundo também não vai acabar se o governador indicar o Sérgio Leão e claro que o governador pode ter suas preferências e eu ter as minhas, e não é disso que a postagem fala e sim dessa conversa cínica do governador, que tentou tratar a questão com um diversionismo dispensável.
      Não seria contra a lei, a ética ou a moral ele dizer que tem preferências pelo Sérgio Leão para a vaga e que vai pedir ao PSDB que o indique, e trabalhar para que ele seja o eleito, como, de fato, ele vai fazer.

      Excluir
    2. Quem seria o o sócio majoritário nesta "sociedade"? Alguns afirmam que é tudo igual supermercado "meio a meio". Os dois são oriundos de famílias "batriças".

      Excluir
  5. Que tal, realizar audiências públicas e plebiscitar para saber quem realmente a "sociedade dona da vaga" quer. De uma coisa, tomo por absoluto, não seria o SÉRGIO LEÃO.

    ResponderExcluir
  6. Parsifal, o Marcelo Bacana publicou o seguinte em seu Blog que repõe a verdade sobre a obra da Santa Casa:
    “- Jatene foi correto comigo. O projeto da Santa Casa foi feito no meu governo e iniciado nele. Fiquei feliz com o conviete
    Publicado por Marcelo Bacana em Destaques.

    Ä frase é de Ana Júlia, referindo-se ao convite do governador para estar na inauguração da Santa Casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 19:31;

      A Ana Júlia tinha um projeto de hospital geral com suporte tecnológico para vários serviços prestados pela Santa Casa; enquanto que o Jatene fez foi uma maternidade do térreo à cobertura. Diferenças entre o original e o atual? Centenas.

      Excluir
    2. A diferença é que diminuiu a obra e aumentou o dinheiro. O custo do projeto original para um hospital geral seria de 80 milhões de reais. Os mágicos do governo tucano, transformaram a obra de uma maternidade em custo de 170 milhões.Passarinho e Tucano voam juntos.

      Excluir
  7. Deixa o homem não trabalhar!!!!

    ResponderExcluir
  8. Deputado parsifal...Gostaria que fazer uma denuncia grave contra o comandante geral do corpo de bombeiro Sr João Hilberto...Sou irmão do bombeiro assassinado em assalto na auto escola no dia 25/09/2013, o ex soldado Otavio farias gonçalves, Informo que durante o velório foi solicitado junto ao Comando dos Bombeiros uma ambulância medica para dar atendimento de emergência aos familiares que vieram de tucurui e Parauapebas e alguns passaram mau e tiveram que ser socorrido em carros de passeio uma vez que o Comandante dos Bombeiros deu a ordem para não liberar a viatura de socorro para a igreja dos capuchinhos e no dia seguinte a mesma ordem foi dada para não liberar o ônibus para transportar os familiares para o sepultamento uma vez que no momento nós da família precisava da ajuda do Comando e o mesmo ser negou em prestar auxilio mais na imprensa ele declarou que daria todo o auxilio aos familiares, pois tudo não passou de uma propaganda enganosa. Nós da família estamos indignados com o descaso por parte do Sr Coronel João Hilberto, gostaríamos que Vossa senhoria levasse a público e conhecimento dos seus pares deputados em plenário, a revolta da família e cobrar uma explicação junto ao Comandante dos Bombeiros. Sou filho do seu Otavio Pirarará, ex presidente da colonias dos pescadores de tucuruí. Edian Gonçalves Farias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que o comandante geral do bombeiros,orgão que esta preparado para salvar vidas e presar pela vida,não tenha um pouco de sentimentos com a familia do Otavio Bombeiro...Maus sentimentos com a familia do otavio.

      Excluir
  9. O IMAME SOB O MIRABE DE COSTA PARA ANACOLUTO

    Parsifal

    Alguns podem captar de maneira errônea sua mensagem, lendo o escrito e sem dominar a língua vai pensar que vossa pessoa advinha a morte do governador, não uma morte política, prevê sua morte de mortal, como a esposa do governador se chama Ana e um familiar quando morre o outro usa luto, os desavisados no português ginasial pensaram que você juntou as palavras na hora de escrevinhar .

    Pois Anacoluto também se refere a uma construção gramatical que começa de uma forma e acaba por outra.

    O que lhe salva e que sendo D.Ana viúva e a palavra Anacoluto se refere a um elipse que emprega um relativo sem o seu antecedente, como Anacoluto também se refere a uma construção gramatical que começa de uma forma e acaba por outra, o leitor terá fica em duvida se a morte do governador que você faria referencia seria então a política!

    Para dirimir dificuldade de acreditar no correto, suspeita de manipulação da língua , dificuldade em acreditar não existir um erro de escrita, receio de você como vidente, suspeita de uso para influenciar uma pesquisa, objeção a vidência ou credo em ceticismo, solicito que por educação você explique que nem a tal palavra morreu sob o mirabe do ultimo acordo dos países de língua portuguesa !

    ((((MCB))))

    ResponderExcluir
  10. Parabéns ao nosso Governador!

    ResponderExcluir
  11. Ele está aniversariando? Então com certeza vai ter muita Cerpa gelada.Pecado é pedir outra.

    ResponderExcluir
  12. Da sociedade que frequenta o restaurante Benjamin.

    ResponderExcluir
  13. Da sociedade amarela

    ResponderExcluir
  14. Da sociedade que vive do compadrio e do nepotismo deslavado, que tá mamando nas tetas da ALEPA, TCE, TCM, Prefeitura de Belém, de Ananindeua, das Super secretarias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esqueceu o inpoluto TJE (com n mesmo).

      Excluir
  15. Do jeito que a sociedade é tapada e interesseira, se tivesse de escolher, ainda assim poderia ser o Sergio "Benjamin" leão.

    ResponderExcluir
  16. Cerpa gelada com peixe frito.

    ResponderExcluir
  17. Cerpa gelada com peixe frito.

    ResponderExcluir
  18. Viva! Viva! Viva a sociedade alternativa!
    Se eu quero e você quer
    Tomar banho de chapéu
    Ou esperar Papai Noel
    Ou discutir Carlos Gardel
    Então vá!
    Faz o que tu queres
    Pois é tudo
    Da Lei! Da Lei!
    Viva! Viva!
    Viva A Sociedade Alternativa... Do Jatene!

    ResponderExcluir
  19. Francisco Márcio28/09/2013 10:23

    Deputado, como Vossa Excelência vocifera que tudo muda - o que eu concordo, parcialmente -, e com a "saída" do ( jeteiro - o homem singra os rios de nossa região de Jet Sky, como poucos ) Sérgio Leão, que tal Vossa Excelência mudar? Acompanhe seu correligionário Wladimir Costa e filie-se ao novo partido Solidariedade, assim, Sua Excelência cairá de braços abertos no colo do Governador.
    Só vejo uma dificuldade, talvez, se afastar do Governo Federal. Mas, de repente, Vossa Excelência assume o posto de 2ª pessoa do Governador.
    Pensei no partido PROS, mas nesse caso o João Salame vai atrapalhar sua amizade com o Governador. Topa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho mais idade para trocar de partido.

      Excluir
    2. Francisco Márcio28/09/2013 13:00

      Pense bem. Vossa Excelência tem até 5/10/13.

      Excluir
    3. Por falar em PROS, segundo noticiário a conversa do vice governador com o dirigente nacional desse novo partido, na tentativa de não permitir que o prefeito de Marabá, João Salame se filiasse ao mesmo e também para não permitir a filiação do dep. federal Paxiúba que está saindo do PSDB, não foi lá muito republicana.

      Excluir
    4. Meu caro deputado, nos esclareça: Conselheiro do TCM tem foro privilegiado ?

      Excluir
    5. Sim. Tanto os conselheiro do TCE quando os do TCM têm foro original no Superior Tribunal de Justiça.

      Excluir
    6. Seria a razão do "sócio" lutar por uma vaga no TCM? Por outro lado o "caso Cerpa" já está no STJ. Estaria havendo desmembramento uma vez que o governador tem este foro e o sócio não? Seria uma premeditada esperteza para procrastinar o processo da Cerpa?

      Excluir
    7. O Presidente do Pros rebateu a proposta imoral anunciada. Afirmando; Nós somos prós a moralidade partidária e contra recebimento de propinas para alugar o partido.

      Excluir
  20. na sociedade dos tucanos todos são iguais mas, obviamente, alguns são mais iguais que os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O reizinho está nu. O Diário do Pará o despiu completamente. Com documentação e tudo mais. De sobra ainda tirou também a roupa do sócio.Desvio de taxa mineral e lentidão no famoso processo sobre o escândalo da Cerpa. É simples, contra fatos não há argumentos, lorotas e outras embromações. O governado virtual falando é uma coisa, mas agindo é completamente diferente. Apenas um lobinho com capa de cordeirinho.

      Excluir
    2. Ministério Público dá parecer favorável à cobrança da taxa mineraria:
      Trecho de matéria publicada no site do governo – (Agência Pará) em 17/07/2012
      A promotora Oirama Brabo, da Promotoria de Justiça de Ações Constitucionais e Fazenda Pública, do Ministério Público do Pará, emitiu parecer favorável à constitucionalidade da cobrança da Taxa de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das Atividades de Pesquisa, Lavra, Exploração e Aproveitamento dos Recursos Minerais do Estado (TFRM), criada pelo Governo do Estado em dezembro de 2011.
      O parecer, segundo o procurador geral do Estado, Caio de Azevedo Trindade, ratifica a afirmação do governo sobre a constitucionalidade da cobrança da taxa. "É um tributo necessário e fundamental para que o Estado possa exercer o seu dever de fiscalização do setor mineral", explicou o procurador geral, após ter acesso ao parecer do Ministério Público, na tarde desta terça-feira (17).

      Excluir
  21. Parsifal, com certeza o governador, o Sérgio, e os proprietários da Cerpasa são sócios majoritários dessa sociedade. rsrsrs....

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.