02/08/2013

Em seis meses prefeitura de São Paulo gasta R$ 37,7 milhões com propaganda

prop

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) assumiu em janeiro e até o final de junho de 2013 (seis meses) já tinha pagado R$ 37,7 milhões em publicidade.

Apenas para dizer aos paulistanos o que ele fez nos primeiros 60 dias de governo, Haddad gastou R$ 7,8 milhões e com a propaganda da “Virada Cultural”, um evento que de cultura não tem nada (a Secretaria de Cultura do Pará está exportando o modelo para São Paulo), a prefeitura gastou R$ 7,4 milhões.

> Menos que Kassab

Mas Haddad ainda se gaba que gastou menos que o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), que no primeiro semestre de 2012 meteu no bolso dos publicitários paulistanos R$ 56,1 milhões.

Esta disputa de quem jogou menos milhões no esgoto é igual réplica de torcedor eleitoral quando dizem que o candidato dele roubou e ele, incontinenti, rebate: “mas o teu roubou mais”.

Na pisada, ao final de 2013, a prefeitura de São Paulo terá despendido com propaganda R$ 75,4 milhões, mas se precisar cortar despesas, com certeza deverá ser em asfalto, drenagem, saúde, educação...

5 comentários:

  1. Dr. parsifal, Parauapebas com 185 mil habitantes, é que deu referencia a São Paulo com gastos de publicidade em apenas 6 meses gastaram mais de 12.5 ilhões, o prefeito sendo do PSD, deve ter aprendido com o ex-prefeito de SP. kASSAB que é o presidente nacional do PSD. Haddad, é fichinha em releção ao prefeito do interior do Pará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, se puder, passe-me a empresa que recebeu esse valor.

      Excluir
  2. Dr. Parsifal, o povo de Parauapebas espera com ansiedade a sua atitude em relação o sua cabrança no MP, e na tribuna da câmara para falar ao Povo Paraense, o que acontece com o dinheiro do municipio mais rico do nosso Estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Farei o ofício ao MP na próxima semana.

      Excluir

  3. Olhando a charge, traduz realidade da sem-vergonhice da Bob's e Macdonalds em suas propagandas enganosas, quando vendem sanduíches mixurucas e nada parecidos com as imagens plastificadas estampadas em suas paredes. Viva o Corujito, Paraense, Milleo, Ceará, Esther, Rosário...! Ai meu estomago!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.