24/12/2011

Prefeito do Sul do Pará concede abono natalino de R$ 5 mil a docentes

curion

O município de Curionópolis, no Sul do Pará (famoso por ter sediado o maior garimpo a céu aberto do mundo, a “Serra Pelada”), tornou-se uma referência administrativa na microrregião de Parauapebas, desde que passou a ser administrado pelo prefeito Wenderson Chamon (PMDB).

Com um ambicioso programa de saneamento, executado com os próprios recursos da prefeitura, Chamon está mudando o perfil urbano da cidade.

Ao final deste 2011, Curionópolis foi uma das finalistas do “Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar”, conferido pela “Ação Fome Zero”, conforme as informações do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), aos municípios que se destacam na gestão e na qualidade da merenda escolar.

shot013

Mas o que mais chamou atenção da microrregião de Parauapebas foi a reunião feita ontem, 23, com os professores da rede municipal de ensino de Curionópolis, ocasião em que o prefeito Chamon anunciou o pagamento de um abono de final de ano, aos docentes municipais, no valor de R$ 5 mil para cada um. O valor total do abono alcança R$ 1,2 milhão.

shot012

O valor do abono é inédito no Brasil.

25 comentários:

  1. Onde está com o MPF que não acaba com esta farra? Essa grana daria pra construir, como diria o Jatene, uma bela duma escola.

    E nãome venha com a lorota de que esse abono é legal e blá blá blá. Pode até ser legal mas é não é ético, além do mais, ano que vem tem eleções municipais, com 5 mil no bolso qual barnabé vai mudar o voto? Acorda MPF.

    ResponderExcluir
  2. Ele está pagando o piso nacional ?

    ResponderExcluir
  3. E no detran deputado,mesma sendo um orgão arrecadador,essa turma do Mario couto,não deu um centavo de abono para os servidores,a grita de inconformismo e geral no detran com essa administração,uma vergonha e uma falta de respeito com os servidores do orgão que tanto se empenham para a arrecadação do estado,não teve um simples café da manhã se quer,imagine festa de confratarnização.
    Estamos esperando hora para que o PMDB e Joercio Barbalho assuma a direção geral do DETRAN,pois foi sem sombra de duvida um dos melhores diretores que passaram pelo detran.

    ResponderExcluir
  4. Outros prefeitos do sudeste do Pará poderiam tomar esse exemplo.
    Parabéns Chamonzinho!!!

    ResponderExcluir
  5. Não fez mais do que obrigação dele pois esse dinheiro veio para educação , isso é sobra, do que não foi investido na educação do municipio. Se veio para educação então e dos professores por direito , não deixa de ser investimento na educação , pois professores bem pagos e felizes com certeza trabalha melhor , e os resultados serão visto no melhor rendimento do próprio aluno . Professor bem pago educação melhor .

    ResponderExcluir
  6. O jovem Prefeito dá o exemplo de que quando se administra com ética e honradez, quando se prestigia a dignidade, a consciência cidadã e a moral pública, se atinge a excelência da gestão pública, que põe a educação como caminho essencial, viável e salvador das misérias humanas.

    Esse "garoto" Prefeito se destaca, ao lado do Prefeito de Paragominas, como um político e administrador com a antevisão de ideias que até podem ser vistas, por alguns, como visionárias, porém, pra ele são realizáveis, tanto é que as concretiza, com atitudes firmes, virtuosas e de ampla e notável visibilidade.

    O Estado do Pará precisa desse talentoso e brilhante JOVEM ADMINISTRADOR PÚBLICO!

    PARABÉNS AO POVO QUE TEM A HONRA DE SER GOVERNADO POR TAL GRANDE PREFEITO!

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá.

    Um Feliz Natal deputado.

    ResponderExcluir
  8. Viu como é questão de vontade e compromisso do gestão municipal? Quando se pensa, e prioriza, o bem estar da população, o resultado é esse. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Olá Arminio,

    Feliz Natal pra você também.

    ResponderExcluir
  10. Mas um fato concreto que mostra que o problema do Pará é a gestão e não o tamanho do território.

    ResponderExcluir
  11. Tenho uma família de professores, acho a classe muito desprestigiada e sofrida, mas me causa muita estranheza tamanha "bondade".
    Um município pequeno como Curionópolis pagar o maior abono do Brasil as vésperas de eleições municipais não me parece apenas boa gestão ou boa vontade política.
    Espero que o salário dos professores de lá também reflitam a ótima gestão, assim como a qualidade do ensino.
    Fico feliz pelos professores, mas a muito tempo que não caio nessas ações de bondade excessiva.

    ResponderExcluir
  12. Finalmente se pode declinar, com absoluta segurança, o nome de um PREFEITO HONESTO e COMPETENTE.

    ResponderExcluir
  13. Como nem Deus agradou a todos , tem sempre os invejosos opositores que colocam defeito... Mas e assim mesmo, e ao meu amigo que diz que não e mais que a obrigação do Chamonzinho esse dinheiro e sim dos professores, olha la em curionopolis uma escola mal estruturada, e o no fim de semana passada foi inaugurada a maior praça do Sul do Pará, e com recursos próprios...E aquela velha conversa de que e véspera de eleição, coisa nenhuma volte la no inicio so mandato, onde foi recebida a prefeitura falida, e nesse mesmo ano foi feito todo um projeto para a ressurreição de curionopolis... Meus parabéns ao prefeito Chamonzinho...

    ResponderExcluir
  14. Enquanto isso Canaã dos Carajás amarga a desastrosa administração do prefeito Anuar Alves da Silva, nos três anos da atual gestão nem um centavo de aumento aos barnabés municipais. Em pensar, que o Sô (como é conhecido o prefeito) recebeu mais de 80% dos votos dos servidores municipais quando de sua eleição em 2008.

    ResponderExcluir
  15. Se lá em Curionopolis, que é um municipio pequeno com uma arrecAÇÃO baixa, o Prefeito consegue fazer isso, porque os outros não conseguem fazer o mesmo?

    ResponderExcluir
  16. Que exemplo hem? Principalmente para o Governador Simão Jatene que não paga nem o Piso Salarial.

    ResponderExcluir
  17. Mais dia menos dia, diante da minguada "safra" de políticos honestos, o Prefeito em questão será Governador do Estado do Pará. Fato que se constituirá uma vitória ao desenvolvimento humano dos desvalidos e esquecidos pelo Poder Público. Que bom pudermos votar num homem público que não faz da política um meio pra encher os bolsos e enriquecer a custa do erário e da extrema miséria de milhões de paraenses, abandonados nos grandes bolsões de miséria espalhados por esse Estado continental, inclusive nas periferias da Capital. Honra é um "bicho" em extinção, especialmente na política.

    ResponderExcluir
  18. Antes que me corrijam o grave erro de ortografia. "pudermos", quis dizer: "podermos". Anônimo das 18:24:00, de 24/12/2011.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  19. Não é só em Canaâ dos Carajas , em Tucuruí também os professores estão esperando o tal abono que o prefeito prometeu aos educadores .
    E ai? deputado o senhor que já foi prefeito de Tucuruí , o que me diz a respeito disso

    ResponderExcluir
  20. Parabéns prefeito ! professores tem que ser reconhecidos, nos ganhamos muto mal e não somos reconhecidos. em um comentario alguem diz: como o jatene , esse dinheiro do abono da para contruir uma escolazinhas! porque não construi com o dinheiro do estado? até hoje não se ver uma obra se quer.

    ResponderExcluir
  21. Rose Monteiro25/12/2011 12:03

    Enquanto isso, em Curionópolis...

    ResponderExcluir
  22. parabéns ao prefeito que está apenas cumprindo o que esta na lei.
    Agora imaginem o que os prefeitos corruptos não embolsam da edcuação????

    ResponderExcluir
  23. paulo.pereira1804@gmail.com27/12/2011 22:23

    Quem o povo de Curionópolis prefere eleger no próximo ano? um Chico das Cortinas, um Zé das couves?
    O povinho...!
    Gostaria de conhecer o modelo de gestão do prefeito de Curionópolis.
    Qual o seu partido?

    Paulo Pereira

    Maracanã - Rio de Janeiro - RJ

    ResponderExcluir
  24. Gente, isso é sobra dos 60%. Não pode ser gasto com outra coisa senão com o salário dos docentes. Se esse prefeito fosse bom mesmo, faria um reajuste salarial (Plano de Cargos e Salários) elevando o piso salarial no município, fato que levaria os professores terem uma vida mais digna na aposentadoria. Quando sobra muito assim, chama-se incopetência administrativa. Não soube nem gastar!

    ResponderExcluir
  25. Meu caro percebe-se que você não entende de política, muito menos de administração pública, mas, fica o convite: venha nos visitar!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.