16/12/2011

Jader Barbalho: carreata, diplomação e posse

shot009

Um festival de coincidências no aeroporto de Belém, que recebeu mais de 3 mil pessoas que aguardavam a chegada do senador Jader Barbalho, causou algumas lendas urbanas.

No aeroporto estava o ex-governador Almir Gabriel, a espera da sua filha. No mesmo voo em que Jader chegou, também veio a ex-governadora Ana Júlia, os deputados federais Beto Faro e Lucio Vale e o arcebispo de Belém Dom Alberto Taveira.

Havia, também, no meio da multidão, um espirituoso senhor que se vestiu e maquiou-se, portando uma peruca, que se dizia a quase ex-senadora Marinor.

Rapidamente se espalhou pela multidão que Almir, Ana Júlia, Beto Faro, Lucio Vale, o arcebispo e, “até” a Marinor, estavam no aeroporto para recepcionar Jader.

Na chegada, Jader se pronunciou à multidão e seguiu em carreata até o Diretório Municipal do PMDB. No trajeto, o senador foi muito saudado por pessoas que saiam às ruas para acenar.

shot010

Como toda liderança de grande envergadura política divide águas entre os que a amam e os que a odeiam, foi possível ver pessoas isoladas manifestando desaprovação.

A diplomação de Jader ocorrerá às 8H30M do dia 19.12. De posse do diploma ele voa para Brasília para tomar posse.

O regimento do Senado determina que, no caso específico, a Mesa aguarde cinco sessões para empossar o portador do diploma a ela apresentado.

Cinco sessões, não significam, necessariamente, 5 dias. Jader terá com o presidente Sarney um encontro para definir o dia da posse.

Fotos: Thiago Correa/Diário do Pará

19 comentários:

  1. Deputado procure coisas mais interessantes para postar, não apequene mais ainda seu blog. Gente da laia de Jader é da pior qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Já O Liberal surtou! KKKKKKKKKKKKKKK
    E o Rominho ainda ganhou um fogueteiro particular KKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  3. Prezado Parsifal,

    Parabéns pelo seu blog, indiscutivelmente o melhor blog político do nosso estado.

    Nunca votei em você, até porque não conhecia suas idéias, contudo tenho que render homenagens a sua verve (embora as vezes transpareça falsa intelectualidade).

    Nunca também votei em Jader Barbalho, embora o conheça e sei da sua imensa capacidade de convencimento. Quando se conversa com Jáder em geral se sai encantado com seu poder de sintese e lógica.

    Jader seria um homem rico sem ter necessiade de falcatruas. Muito mais do que ser rico, Jáder poderia ter sido Presidente do Pais se desejasse.

    Contudo uma condição lhe tirou essa condição: A probidade, o furto que (as evidencias apontam)fez do dinheiro publico também lhe furtou a sua própria glória.

    Faço essa introdução para dizer que mesmo com todos esses defeitos de conduta e caráter, Jáder estava também estava sendo vitima de um crime. Neste caso que no mundo Jurídico já se tornou jurisprudência como "Caso Jader - Lei da Ficha limpa" Jáder Barbalho foi vitima da soberba e despotismo de falsos moralistas, que por força do televisionamento dos julgamento desejavam apresentar-se como romanticos defensores do clamor popular, esquecendo da constituição brasileira e da justiça a ela inerente.

    Creio, que das vitórias justas que Jáder possa ter na vida essa em minha opinião será a que o mais honrará. Venceu a soberba de Rômulo e seu falso poder, venceu Joaquim Barbosa e sua empafia de botequim e por fim venceu o mais dificil, o desânimo que muitas vezes torna-se o maior inimigo dos homens.

    Por essa vitória, que salvou da desonra a justiça brasileira, devemos todos dar parabéns a Jáder e sua bravura.

    ResponderExcluir
  4. Parsifal,
    Me programei para ir a posse de sua filha e dar os parabéns ao vivo, porém , passei mal no iterpa, e não deu para ir.
    Os Procuradores empossados terão reunião comigo no dia 29.12, e lá darei um abraço fraterno em todos
    Acho que passei mal, pois, foi muita emoção na chegada de Jader em Belém (rssss)
    Um abraço e não precisa publicar este comentário

    ResponderExcluir
  5. Devemos reconhecer que Jader , gostemos ou não dele, é o político de maior liderança no Pará.
    Seus adversários tiveram toda a liberdade de pregar que o voto em Jader seria anulado. Tiveram, inclusive, depoimentos de presidentes dos tribunais eleitorais, federal e estadual, corroborando suas idéias.
    Qualquer outro teria sucumbido diante dessa camapanha negativa, mas Jader saiu ainda mais fortalecido.
    Agora tem um mandato longo, é aliado do governador e da presidente da república e ainda posou como vítima de injustiça do Supremo. Até Reinaldo Azevedo, da Veja - quem diria?- defendeu seu direito de posse como senador escolhido pelo povo paraense.

    ResponderExcluir
  6. Caro Persifal, a Ana Judas estava antes da chegada do Dr. Jader no aeroporto para recpcionar este lider a quem ela deve a sua eleição. A nota triste no meu entendimento foi a barração dela vir junta com ele na carreata, barração feita por alguem da coordenação. A verdade tem varias versões, a minha, a sua e da Ana Judas.

    ResponderExcluir
  7. Caro Parsifal, agradeço pelo apoio a aprovação das leis de reestruturação do DETRAN e lei orgânica do fisco. Contamos com seu apoio para a aprovação do PCCR do DETRAN.

    ResponderExcluir
  8. "ONDE NÃO FALTA VONTADE EXISTE SEMPRE UM CAMINHO." (O Senhor dos Anéis).

    A chegada do Líder JÁDER BARBALHO e a calorosa acolhida no aeroporto de Belém sequenciada de grande carreata até o Diretório Regional do PMDB nos remete ao sentimento externado na bela poesia da letra da música "DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO", obra da genialidade de DOMINGUINHOS e NANDO CORDEL, abaixo transcrita:

    "DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO"

    Letra: Dominguinhos e Nando Cordel

    "Estou de volta pro meu aconchego
    Trazendo na mala bastante saudade
    Querendo
    Um sorriso sincero, um abraço,
    Para aliviar meu cansaço
    E toda essa minha vontade
    Que bom,
    Poder tá contigo de novo,
    Roçando o teu corpo e beijando você,
    Pra mim tu és a estrela mais linda
    Seus olhos me prendem, fascinam,
    A paz que eu gosto de ter.
    É duro, ficar sem você
    Vez em quando
    Parece que falta um pedaço de mim
    Me alegro na hora de regressar
    Parece que eu vou mergulhar
    Na felicidade sem fim."

    A felicidade não está no fim da jornada, mas sim em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la.

    Creio que a providência divina reservou ao Líder JÁDER BARBALHO, após quase um ano de angústias e incertezas, ter um dos momentos mais gloriosos e felizes da sua vida.

    Por isso, peço-lhe, Deputado PARSIFAL, que transcreva, pra reflexão do Senador JÁDER BARBALHO, o comentário que postei às 20:35:00, de 14 de dezembro de 2011, que refere-se ao POST “Jader Barbalho vence no STF e será empossado Senador da República”.

    “Um homem forte é também paciente.”
    (S. Tomás de Aquino).

    A missão precípua de JÁDER BARBALHO: desempenhar o mandato de SENADOR DA REPÚBLICA inspirado na retribuição da confiança que sempre teve dos paraenses.

    A trajetória política, que o povo do Pará outorga a JÁDER BARBALHO, há mais de 40 anos de vida pública e de exercício de eminentes postos políticos, lhe destaca como a mais expressiva e longeva liderança da história política do Pará.

    Para compreendermos o valor da âncora, temos necessidade de enfrentar uma tempestade.
    (Eleonor L. Dolan).

    JÁDER BARBALHO acaba de atravessar uma tempestade, cujo ajuste das velas lhe deu o aprumo pra vencer as tormentas.

    Não tendo mais músculos pra remar contra as forças da natureza, JÁDER BARBALHO recorreu ao velho amigo e experiente capitão JOSÉ SARNEY, que, mesmo não tendo dirigido o vento, teve musculatura pra ajustar as velas, manter o navio acima das tormentas e atravessar a tempestade.

    "Não abandones um velho amigo, visto que o novo não é igual a ele. Vinho novo, amigo novo: deixa-o envelhecer, e o beberás com prazer." (Livro do Eclesiástico).

    A bondade é o único investimento que sempre compensa.

    O coração de JÁDER BARBALHO está em paz e vê uma festa em todas as aldeias.

    Senador JÁDER BARBALHO: passe adiante o bem recebido. Faça o que lhe fez o seu velho amigo, Senador JOSÉ SARNEI: "SIRVA, COM HUMILDADE E DIGNIDADE."

    JOÃO CARLOS RUFINO E SILVA, Técnico Legislativo da Assembleia Legislativa do Estado do Pará.

    ResponderExcluir
  9. O Arcebispo estava lá tambem para se penitenciar ao Jader porque por ocasião daquela "marcha" contra a corrupção feitas por corruptos o mesmo ao empunhar o microfone teceu comentários ofensivos contra a classe politica principalmente contra o Dr. Jader. A sorte desta gente é que o Jader não é gente de pegar forra porque se fosse até jornal ele fecharia.

    ResponderExcluir
  10. DEP. GOSTARIA QUE VÇ FIZESSE UM COMENTÁRIO SOBRE O QUE A CGU ESTÁRIA FAZENDO EM TUCURUÍ? E O QUE VÇ ACHA QUE VAI DAR? ABRÇS

    ResponderExcluir
  11. Amigo sabemos que agora o Pará tará de fato um senador que olha para o Estado com carinho e sem distinção. O PMDB de Ourilândia aguarda a visita do grande líder.

    ResponderExcluir
  12. 15:24:00,

    A CGU fiscaliza o uso dos repasses do governo federal aos estados e municípios.
    Não age somente motivada por denúncias, mas, também faz isto por rotina.
    Como Tucuruí não foi um dos municípios sorteados para fiscalização de rotina, creio que a equipe deva estar apurando algum tipo de denúncia.
    Os relatório da CGU são públicos. Assim que o relatório for emitido, termos vistas dele e poderei fornecer as informações do que ele contem.

    ResponderExcluir
  13. 12:33:00,

    Obrigado pela forma de pronunciar a sua opinião e, ao mesmo tempo, reconhecer que a subtração do mandato de Jader seria ferir o Estado de Direito.

    ResponderExcluir
  14. Ainda com muitas dores uterinas, em razão das fortes contrações provocadas pelo anúncio da posse de Jader no Senado, a madame Roma dispensou seus ginecologistas que a atendiam em sua residência e no gabinete de O Liberal. À base do medicamento Cotoveloriol, que combate a doença da inveja, madame Roma chegou à conclusão de que é melhor entrar na festa de Jader e desfalcar o quadro de assessores do senador legitimamente eleito pelo povo. Madame Roma quer contratar o fogueteiro do Lago Azul. Vai levá-lo para os cassinos de Las Vegas, em seu Citation, para animar com fogos as noitadas da jogatina na cidade do dinheiro. Jader terá de contratar outro fogueteiro para suas comemorações políticas. Madame Roma encantou-se com mo fogueteiro do Lago Azul. ahahahhahahahaahahahahahah!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Madame Roma se assustou com foguetes na rua! Crueldade com a Madame...

    ResponderExcluir
  16. O que esta faltando para voce postar a foto da Ana Julia balançando a bandeira do Jader ontem no aeroporto? Por outro lado a desculpa esfarrapada do Almir ao dizer que estava esperando uma filha.

    ResponderExcluir
  17. A Mademe Roma comprou foguetes e soltou em comemoração a vitoria do Jader, foi censurado por sua genitora e agora vem com esta versão que não foi ele quem soltou estes fogos de artificio. Afinal o Jader merecia esta comemoração.

    ResponderExcluir
  18. Nao tem fusquinha nessa carreata não, só L200 pra cima. Eita povão burro!

    ResponderExcluir
  19. Madame Roma chorou, está tomando remédios controlados e vai para Brasília, nas galerias do Senado, disfarçada de fogueteira do Lago Azul, ver a posse triunfal do Jader. No fundo, madame Roma ama Jader. Os editoriais que seu jornal publica são a prova desse amor. Cada palavra que ela diz sem pensar, da boca pra fora, simboliza o amor que esta senhora tem pelo Barbalhão. A madame se rasga toda com o sucesso do Jader. De amor não correspondido. Égua, nunca vi paixão tão avassaladora.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.