Pular para o conteúdo principal

Os alaridos tucanos

Shot003

A convenção nacional do PSDB no sábado, 28, foi marcada pela inflexão da sigla rumo ao senador Aécio Neves, fortalecendo-lhe a candidatura à presidência da República em 2014.

O grande derrotado foi José Serra que, rendendo-se aos panos mornos, conformou-se com um prêmio consolação: presidirá o conselho político do PSDB.

Apaziguados os ânimos as orelhas do PT passaram a arder: foi pernada para todos os pontos cardeais.

José Serra foi pra cima da escancarada intervenção de Lula na administração política do Planalto: “Em muito pouco tempo de governo aquilo que se considerava de pior já está acontecendo. Cada vez mais, na Presidência da República, a sua ocupante do cargo governa cada vez menos. E aquele que não foi eleito governa cada vez mais. Esta é a realidade”.

E prosseguiu Serra, sob os aplausos da tucanada: “Este é o Brasil do engano. Temos um governo negligente, ineficiente, omisso, incompetente e que agora de novo começa a navegar nas águas da corrupção”.

O ex-presidente FHC também não poupou adjetivos ao se referir ao governo federal: “é o governo da bazófia, do lero-lero, da intriga. É fracasso para todo o lado.”.

Derramando espuma pelos cantos dos lábios, FHC lavava a alma: “Passaram anos criticando a privatização, agora vão fazer concessão. Vai ser um puxadinho aqui, outro ali.” Ele se referia às concessões dos aeroportos que o governo anunciou.

Aos ataques ao governo, o senador Aécio Neves preferiu o vitupério, derramando autoelogios: “Ninguém inovou tanto nesse país como inovou o PSDB. Ninguém fez mudanças mais profundas nesse país como fez o PSDB. E se somos hoje um país melhor, e realmente somos, se somos um país moderno e se novamente voltamos a ser respeitados internacionalmente e se estamos diminuindo nossas diferenças regionais, tudo isso é consequência do que foi implantado pelo presidente do FHC.”

O PT deve estar uma arara com os tucanos. O troco da paga deve vir durante a semana, nas tribunas do Parlamento.

Comentários

  1. Os tucanos têm razão - o PT já era.

    ResponderExcluir
  2. Interessante é que aqui no Pará, tucanos e peemedebistas são amigos/irmãos/camaradas, diferentemente do âmbito federal, onde o Temer (PMDB) é o vice da Dilma(PT).

    ResponderExcluir
  3. Ei Parsi, grande cobertura heim! tá se preparando pra alçar vôo com os tucanos. Já avisou o sobrancelhudo?

    ResponderExcluir
  4. 03:00 ainda não se tocou que o PMDB tem um monte de cargos importantes nesse governo do Jatene, até secretarias. Te antena camarada, é esse um dos stresses do rominho.

    ResponderExcluir
  5. O PT é notícia na boca dos representantes da elite entreguista do país desde quando foi fundado. Entretanto, mudamos, para sempre, o Brasil; vencemos três eleições presidenciais, crescemos continuamente no Poder Legislativo, somos o partido mais popular do país etc etc etc. Podem apredejar...o povo nos quer.
    P.s. Quem não gostaria de ter um Lula no banco de reservas para 2014? Ai, ai, ai...inveja dói.

    ResponderExcluir
  6. Aí deputado, deu no Portal de hoje:

    "Leitor suspeita de nepotismo na Asipag. Conselheiro nega


    Leitor indignado com casos de nepotismo direto e cruzado nos quadros de órgãos públicos do Pará denuncia que a Ação Social Integrada do Palácio do Governo (Asipag), que concentra as atividades sociais do Executivo estadual, se transformou em casa de uma só família. No quadro funcional da Asipag, indica a denúncia encaminhada anonimamente ao email presidente.contracorrupcao@orm.com.br, estão abrigadas em cargos comissionados quatro pessoas ligadas a um dos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, o ex-deputado estadual Luís Cunha Teixeira, indicado ao cargo em junho de 2010 pela ex-governadora petista Ana Júlia Carepa. O PDT, partido pelo qual Luís Cunha se elegeu deputado estadual na última legislatura, apoiou Ana Júlia na campanha pela reeleição, mas passou à base de apoio do governador eleito Simão Jatene depois do pleito.


    A ligação entre o conselheiro Luís Cunha e o quadro de servidores da Asipag começa no gabinete do órgão, cuja presidência é ocupada por Rosymary Neves Teixeira, esposa dele. Rosymary, que ocupou por alguns meses de 2010 a direção geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), assumiu o cargo na Ação Social Integrada do Palácio do Governo e levou com ela Vânia de Nazaré Matos da Cunha, que ocupou a Diretoria Administrativa do Detran no período em que Rosymary dirigia o órgão.


    Vânia de Nazaré Matos da Cunha foi nomeada no dia 24 de fevereiro deste ano para exercer o cargo em comissão de diretora administrativa e financeira da Asipag, por meio da Portaria nº 2.145/2011, assinada pelo chefe da Casa Civil, Zenaldo Coutinho. Rosymary, a diretora da Asipag, assumiu no dia 1º de fevereiro.


    Ainda em fevereiro, Rosany do Socorro Ferreira da Silva, de quem Luís Cunha é padrinho de batismo, passou a integrar o quadro da Asipag. Ela foi nomeada para exercer o cargo em comissão de assessora na Ação Social Integrada do Palácio do Governo a partir de 1º de fevereiro pela Portaria nº 2.400/2011. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 14 de março."









    Faça seu comentário
    Nome:
    Email:
    Normas de publicação:

    » Este espaço possui apenas as opiniões dos internautas.
    » Não publicamos comentários de internautas com palavras de baixo calão, calúnia ou difamação, além de mensagens consideradas em desacordo com os temas tratados nesta editoria e/ou página.
    Notícias

    ResponderExcluir
  7. Um partido que tem em suas lides um senadorzinho "pinóquio" como o contraventor do jogo-do-bicho Mário Tapioca Couto, deveria primeiro, depurar seus quadros e expurgar esse tipo inútil de político burro intelectualmente, e que não infui, não contribui e não serve para ajudar o País em coizíssima nenhuma (qual o grande projeto dele?), porque não tem cultura, não conhece os problemas do País e está ocupando um Mandato de Senador indevidamente tão somente para falar asneiras na tribuna e achar que impressiona com seus gritinhos chulos, quando em verdade, não serve sequer para ser um simples vereador! O passado dele e que ele quer a qualquer custo apagar, fala por ele!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo dàs 21:27:00

    Vc esqueceu de mencionar os escândalos desse senador mixuruca na ALEPA. Lá é que tá a caveira política dele, que confirma todo o passado sujo dele, que vai de contraventor dono de cabaré, à senador da republiqueta chamada Brasílis! Aliás, o Ministério Público precisa chegar na compra por R$2 Milhões de reais que Mário Tapioca Couto fez quando era presidente da ALEPA e que com mêdo de ser descoberta a origem dos recursos, vendeu-a logo que assumiu o senado, é o que se ouve lá pelas corredores da corrupção mariana!Ele ficaria melhor se ficasse caladinho da silva.

    ResponderExcluir
  9. O Tucano Aércio Neves é o próximo adversário do PT que terminará igual o SERRA. Derrotado, Gagá, Sem Cabelo e sem cargo algum.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.