07/01/2017

De brincadeira…

Shot 003

As chacinas referidas, além de renderem corpos esquartejados, rendem o maior Febeapá (Festival de Besteira que Assola o País) que se tem notícia em tão curto tempo.

Nomeado pelo presidente Michel Temer (PMDB) desde junho de 2016 para o cargo, Bruno Moreira Santos tem certo histórico de truculência: é investigado por agredir a mulher em Belo Horizonte e, de acordo com a Polícia Civil, em outras duas investigações é acusado de lesão corporal pela ex-mulher e de assédio sexual por uma funcionária.

Eu sempre digo que qualquer cidadão tem o direito de falar o que pensa, mas quando esse cidadão detém um cargo de relevância na República, precisa contar até três antes de falar, pois aí não é ele, mas a República que é repercutida.

Depois da repercussão negativa da fala, Bruno disse “que estava brincando” e, ato contínuo, não lhe restando outra coisa a fazer a não ser acabar com a brincadeira,  resolveu levar o país a sério e entregou a carta de demissão, que já foi aceita pelo presidente Temer.

3 comentários:

  1. No Brasil morrem 70 mil inocentes por ano , vítimas da violência, e esse caos não recebe atenção das autoridades e nem é debate público, e nem entra na pauta das campanhas eleitorais.
    Agora a morte de uma centena de marginais, traficantes, estupradores, homicidas, etc causa uma comoção na imprensa nacional e formenta o discurso do politicamente correto, e vira prioridade do governo.
    Morte em hospitais por falta de atendimento, falta de remédios, falta de segurança, reforma da previdência, segurança, educação, saneamento são as verdadeiras prioridades. Vamos colocar o bem estar de assassinos no fim da fila das prioridades.
    O Foro de SP que tem as FARC, e como membro Honorário e fundador o LULA poderia ordenar o fim das matanças nos presídios

    ResponderExcluir
  2. Queria ver o Bruno dentro de uma prisão defender as mesmas idéias.

    ResponderExcluir
  3. acho que uma chacina por semana é pouco, talvez 2 ou 3 dessem resultado...

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.