14/10/2016

Ave Bob Dylan!

Se em 2015 alguém dissesse que o rock and roll venceria o Nobel de literatura em 2016, com certeza serviria de troça, mas foi o que aconteceu: a Academia Sueca anunciou ontem (13) que o cantor e compositor norte-americano, Bob Dylan, 75 anos, um dos ícones do rock mundial, pelo conjunto da sua obra, é o vencedor do Nobel de Literatura de 2016.

dylan

Com isso, além da Academia ter elevado a música a uma forma de literatura (algo tão óbvio que muitos não atentam), o prêmio faz com que Dylan seja o artista mais premiado de todos os tempos: além do Nobel, ele é detentor de um Pulitzer, de um Oscar, de 11 Grammy, um Globo de Ouro e um Príncipe das Astúrias, além de ter recebido a Medalha Presidencial da Liberdade, uma das mais importantes comendas dos EUA e a comenda da Légion d'Honneur francesa, a principal comenda da França.

O prêmio é merecido. As letras musicadas de Dylan, desde o folks, fase que mais me agrada, ao rock, encantaram e influenciaram gerações no mundo inteiro. A mais conhecida de todas, está abaixo: Blowing in the wind.

Um comentário:

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.