03/06/2016

Delação premiada de Cerveró detalha propinas milionárias ao governo FHC

Shot 004

A imprensa sempre teve acesso à integra das delações premiadas que corriam em sigilo de justiça, do caso Lava Jato.

Mas também sempre foi seletiva nas manchetes, carregando as tintas apenas naquilo que faria sangrar o lulopetismo instalado na República.

Agora, com a suspensão do sigilo das delações, não tendo como esconder, começam a surgir manchetes escancarando as bolinagens do PSDB na Petrobras, perpetradas pelos mesmos protagonistas que elencaram a novela da Lava Jato, lá aboletados desde a era FHC.

Alguns trechos da delação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, revelam que não é só o Lula que tinha o Lulinha: o FHC também tinha o Paulo Henrique Cardoso, que era conhecido nos escaninhos do governo como PHC.

Conta Cerveró que PHC fazia e acontecia quando, no governo FHC, era o diretor de Gás e Energia da Petrobras, o ex-senador Delcídio do Amaral, inclusive passava por cima do próprio Delcídio para fechar negócios milionários com a empresa.

Shot 007

Um dos negócios fechado por PHC com a Petrobras, rendeu de propina para o próprio Cerveró, confessa ele, US$ 1 milhão, depositado em contas na Suíça.

Delatou Cerveró que em outro negócio com a Alstom, velha freguesa do PSDB na era tucana, PHC e Delcídio Amaral, receberam, pagos a Delcídio, US$ 10 milhões.

Outro tento do terço na propinaria tucana na Petrobras, segundo a delação de Cerveró, foi a aquisição, pela Petrobrás, da petrolífera argentina, Perez Companc, no final de 2002, por US$ 1,027 bilhão, transação que rendeu de propina, “US$ 100 milhões, destinada ao governo de Fernando Henrique Cardoso".

Mas essa parte da delação não deve ser verdade, pois as delações só sao de vera quando incriminam o resto do mundo, exceto o clã tucano, todo ele concebido sem pecado original.

6 comentários:

  1. na politica, acredito, que a bandidagem seja igual entre todos os partidos, mas tenho uma pequena prevalencia de simpatia pelo psdb(fhc), pois acho q sejam pouco mais qualificados para a administração...e acho esses caras(sic) do pt incompetentes ao extremo, mas, reitero, o balaio é o mesmo. abraços

    ResponderExcluir

  2. Nº 105, sexta-feira, 3 de junho de 2016COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    AVISO DE LICITAÇÃO
    PREGÃO ELETRÔNICO Nº 16/2016
    Processo CDP: 876/2016
    Objeto: Serviços de fornecimento e instalação de painéis metálicos
    alongados para defensas axiais cilíndricas no Terminal Petroquímico
    de Miramar, da Companhia Docas do Pará - CDP, de acordo com
    termo de referência e demais condições estabelecidas no edital e seus
    anexos. Data/hora da abertura: 17/06/2016 às 09h00. Local: www.licitacoes-e.com.br.
    Os interessados poderão obter outras informações
    e/ou o Edital na sede da Companhia das Docas do Pará - CDP, sito à
    Avenida Presidente Vargas, n.º 41, Centro, CEP 66.010-000, Belém/PA,
    Sala de Licitações -CDP, tel: (91) 3182-9160/9085, das 08:00
    às 14:00, no site www.licitacoes-e.com.br e/ou www.cdp.com.br

    ResponderExcluir
  3. ate o fhc se assustou com valor...Nº 104, quinta-feira, 2 de junho de 2016COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    EXTRATO DE INSTRUMENTO CONTRATUAL
    ESPÉCIE: Contrato n° 22/2016; CONTRATANTE: Companhia Docas
    do Pará - CDP; CONTRATADA: CONECTA SERVIÇOS COMÉRCIO
    E CONSERVAÇÃO LTDA - EPP; OBJETO: Serviços de limpeza,
    conservação e higienização nas dependências da CDP; PRAZO:
    180 (cento e oitenta) dias; FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei n.º
    8.666/93; VALOR GLOBAL: R$ 1.665.775,62; DATA DA ASSINATURA:
    30.05.2016; SIGNATÁRIOS: Parsifal de Jesus Pontes e Raimundo
    Rodrigues do Espirito Santo Júnior, respectivamente Diretor
    Presidente e Diretor Administrativo-Financeiro da CDP e Carlos Alberto
    Rocha do Nascimento, Representante Legal da Contratada.
    VALEC - ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES
    E FERROVIAS S.A.
    EXTRATO DE CESSÃO DE USO
    Espécie: TERMO DE CESSÃO DE USO COM ENCARGO nº
    001/2016. Cedente: VALEC - Engenharia, Construções e Ferrovias
    S.A. Cessionária: UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO
    MINEIRO (UFTM). Objeto: A CEDENTE, por este ato, com a concordância
    da ANUENTE, permite que CESSIONÁRIA, utilize as benfeitorias,
    além das pertenças e bens móveis presentes no imóvel, que
    foram edificadas para o canteiro de obras da Ferrovia Norte-Sul, no
    terreno da Prefeitura, construída em parte do imóvel constante da Matrícula
    nº. 12.299 do SRI local (61.850,99 m²), nesta área, considerada
    inservível às atividades que haviam sido executadas naquele canteiro
    como: alojamentos, escritórios, auditórios, refeitórios, áreas de lazer,
    etc. Vigência: Até dia 1º de julho de 2017. Após este prazo, será feito
    novo Termo que definirá a situação de maneira determinada. Data da
    assinatura: 31/05/2016. Processo nº: 51402.142022/2016-21.

    ResponderExcluir
  4. Fernando Henrique Cardoso, aquele que se aposentou cedo e "ferrou" com os aposentados. Aquele que "traçou" a jornalista, mesmo com d. Ruth do lado. Aquele que mandou esquecer o que tinha escrito. Aquele professor de Sociologia que só circulava por Higienópolis.

    ResponderExcluir
  5. Esse crápula socialista (FHC), bandido e dissimulado, nunca me enganou....Como também todos da "família" Barbalho !

    ResponderExcluir
  6. A que ponto essas pessoas integrantes ou simpatizantes dessa quadrilha que está no poder chegaram, por saber como todos nós sabemos que a corrupção no Brasil vem desde quando éramos colônia, com ênfase nos últimos governos da era dita republicana. Ficam extasiado quando se descobre ou divulgam roubalheiras dos outros corruptos.
    A justiça tarda mais um dia chega!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.