02/05/2016

O Adonia vai a Cuba

Shot

Deixou ontem (01) a barra de Miami e singrou rumo a Cuba, o primeiro cruzeiro a realizar a rota entre os EUA e Cuba, desde 1959, quando o Congresso estadunidense estabeleceu os embargos comerciais à ditadura castrista.

O Adonia-Fathom, da empresa de cruzeiros Carnival, a primeira a conseguir a licença para a rota, após o acordo assinado por Raúl Castro e Barack Obama, na recente visita deste à Cuba, chegou a Havana na manhã de hoje (02) e foi recebido com pompas e circunstâncias.

Shot 001

Depois de Havana, o Fathom, que viaja com todas as cabines ocupadas e 700 passageiros, fará paradas em Cienfuegos e Santiago de Cuba, duas belas e tradicionais cidades turísticas da ilha.

"Sempre quisemos ir para Cuba antes do McDonald's chegar por lá", declarou ao “Sun Sentinel” o norte-americano Joe Dillard, que faz a viagem com a esposa.

Bem, quem quiser conhecer Cuba antes do McDonald's chegar lá, apure-se. Não tardará.

2 comentários:

  1. Quantos agrados devem ter rolado para obtenção de licença tão rapidamente???

    ResponderExcluir
  2. O Adonia vai a Cuba, mas as carcaças dos bois não saem de Barcarena.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.